The Revenant

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Revenant
The Revenant: O Renascido (PT)
O Regresso (BR)
Pôster promocional
 Estados Unidos
2015 •  cor •  156 min 
Direção Alejandro G. Iñárritu
Produção Arnon Milchan
Steve Golin
David Kanter
Alejandro G. Iñárritu
Mary Parent
James W. Skotchdopole
Keith Redmon
Roteiro Mark L. Smith
Alejandro G. Iñárritu
Baseado em The Revenant,
de Michael Punke
Elenco Leonardo DiCaprio
Tom Hardy
Domhnall Gleeson
Will Poulter
Gênero Faroeste
Drama
Música Ryuichi Sakamoto
Alva Noto
Direção de arte Jack Fisk
Direção de fotografia Emmanuel Lubezki
Figurino Jacqueline West
Edição Stephen Mirrione
Companhia(s) produtora(s) New Regency Pictures
Anonymous Content
Appian Way Productions
RatPac Entertainment
Distribuição 20th Century Fox
Lançamento Estados Unidos 25 de dezembro de 2015
Portugal 21 de Janeiro de 2016
Brasil 4 de fevereiro de 2016
Idioma inglês
Orçamento US$ 135 milhões[1]
Receita US$ 532,950,503 [2]
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

The Revenant (O Regresso (título no Brasil) ou The Revenant: O Renascido (título em Portugal)) é um filme norte-americano de 2015 realizado por Alejandro González Iñárritu, escrito por Mark L. Smith e Iñárritu baseados no romance homónimo escrito por Michael Punke, que por sua vez foi inspirado pela história real de Hugh Glass. O filme é estrelado por Leonardo DiCaprio, Tom Hardy, Domhnall Gleeson e Will Poulter.

O desenvolvimento começou em agosto de 2001 quando Akiva Goldsman comprou os direitos do manuscrito de Punke com o objetivo de produzir o filme. The Revenant originalmente seria dirigido por Park Chan-wook com a intenção de ter Samuel L. Jackson como protagonista, e posteriormente John Hillcoat e Christian Bale em negociações para estrelar. Ambos os diretores deixaram o projeto e Iñárritu assinou para dirigir em 2011. Após vários adiamentos na produção por causa de outros projetos, as filmagens começaram em outubro de 2014 e terminaram em agosto do ano seguinte.

O filme ganhou em três importantes categorias dos Globo de Ouro de 2016: melhor filme de drama, melhor ator de drama (Leonardo DiCaprio) e melhor diretor (Alejandro González Iñárritú) e foi indicado a 12 Oscars, vencendo nas categorias de Melhor Diretor (Alejandro G. Iñárritu), Melhor Ator (Leonardo DiCaprio) e Melhor Fotografia (Emmanuel Lubezki).

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em 1823, durante uma expedição para território inexplorado no Velho Oeste, o explorador e comerciante de peles Hugh Glass (Leonardo DiCaprio) é atacado por um urso e seu companheiro John Fitzgerald (Tom Hardy) o deixou para morrer após assassinar seu filho. Glass sobrevive e parte para dentro de território selvagem durante o inverno à procura de vingança contra aquele que o traiu.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O desenvolvimento do filme teve início em agosto de 2001, quando o produtor Akiva Goldsman adquiriu os direitos do romance The Revenant, de Michael Punke.[3] David Rabe havia escrito o roteiro do novo filme.[4] Logo depois, a produção foi assumida por Park Chan-wook, tendo Samuel L. Jackson como presumível protagonista. No entanto, Park deixou o projeto.[5][6] O desenvolvimento do filme seria retomado somente em 2010, quando Mark L. Smith escreveu uma nova adaptação do romance a pedido de Steve Golin, dono da produtora Anonymous Content. Em maio de 2010, Smith revelou que John Hillcoat havia sido contactado para dirigir o filme e Christian Bale estava em negociações para assumir o papel principal.[7] Hillcoat, no entanto, deixou o projeto em outubro do mesmo ano. Jean-François Richet chegou a ser considerado para o substituir, mas Alejandro González Iñárritu foi contratado em seu lugar.[8] Em novembro do mesmo ano, a New Regency Productions juntou-se à produção e a 20th Century Fox fechou com a companhia para distribuição do filme.[9][10] Dias depois, Iñárritu anunciou a possível contratação de Leonardo DiCaprio e Sean Penn para os dois papéis principais.[11]

Ao aceitar dirigir o filme, Iñárritu passou a trabalhar com Smith nos roteiros que já haviam sido escritos. Em entrevista à Creative Screenwriting, Smith declarou não ter certeza se o novo diretor iria filmar as sequências como a equipe anterior havia escrito.[12]

A produção foi suspensa em março de 2012, já que Iñárritu fechou com a New Regency para dirigir Flim-Flam Man, um filme do gênero policial baseado em romance homônimo de Jennifer Vogel.[13] Sean Penn também foi considerado para protagonizar o filme.[14] Em dezembro de 2012, Iñárritu anunciou que trabalharia em Birdman or (The Unexpected Virtue of Ignorance), uma comédia dramática sobre um ator que já fez sucesso interpretando um super-herói no cinema. Por esta produção, Iñarritu venceu o Oscar nas categorias de Melhor Diretor e Melhor Roteiro Original e o filme vence o Oscar de Melhor Filme.[15] As filmagens de Birdman tiveram início em março de 2013.[16] O diretor concordou em iniciar a produção de The Revenant não muito tempo após o lançamento de Birdman.[17]

O filme foi orçado em 60 milhões de dólares, sendo 30 milhões da New Regency. A RatPac-Dune Entertainment, de Brett Ratner, também foi uma das agências financiadoras do filme. A Worldview Entertainment, que também co-financiou Birdman, estava cotada para dividir o orçamento nesta nova produção, deixou o projeto em julho de 2014.[17] A New Regency tentou buscar apoio da 20th Century Fox, que recusou por conta dos contratos pay-for-play de DiCaprio e Tom Hardy - que exigiam que ambos fossem pagos mesmo se o filme não fosse concluído e lançado.[18] A companhia americana Annapurna Pictures e a chinesa Alpha Animation fecharam logo depois para financiar parte do filme.[19]

Filmagens[editar | editar código-fonte]

As filmagens principais para The Revenant tiveram início em outubro de 2014.[20] Uma pausa planejada de duas semanas foi estendida para seis semanas, o que forçou Tom Hardy a desistir de atuar em Suicide Squad. Em fevereiro de 2015, Iñárritu, que fez uso de luz natural em suas filmagens,[21] afirmou que a produção duraria "até o final de abril ou maio", já que o elenco estava "atuando em locações muito distantes e os deslocamentos até o estúdio principal demandavam mais de 40% do dia".[22] Brad Weston, presidente e CEO da New Regency Pictures, afirmou que a filmagens principais foram desafiadoras devido a ambição natural envolvendo o projeto. De certa forma, as filmagens foram concluídas em agosto de 2015.[23]

O filme foi rodado em doze locações em três países diferentes: Canadá, Estados Unidos e Argentina.[24] No Canadá, as filmagens ocorreram em Calgary, Squamish e Burnaby.[24] Enquanto o plano inicial previa as filmagens somente no Canadá, o clima muito quente, fez com que a produção fosse levada ao sul da Argentina para a realização das cenas com neve.[20]

Parte da equipe também levantou questões sobre a complexidade das filmagens, resultando em muitas desistências e demissões. Mary Parent foi, então, contratada para assumir a produção.[20] Iñárritu afirmou que alguns dos membros da equipe haviam realmente deixado a produção, exemplificando que "como diretor, se identificar um violino desafinado, tem de tirá-lo da orquestra". Sobre sua experiência nas filmagens, DiCaprio afirmou que poderia contar "30 ou 40 sequências das mais difíceis de toda sua carreira".[25]

Nos estágios iniciais de produção, Iñárritu havia afirmado que pretendia filmar cronologicamente, um processo que acrescentaria 7 milhões de dólares ao orçamento.[26] Posteriormente, o diretor anunciou que o filme seria rodado em sequência,[27] apesar de Hardy defender que uma filmagem cronológica seria impossível devido às condições climáticas.[28]

Em julho de 2015 foi divulgado que o orçamento do filme havia passado dos 60 milhões previstos para 95 milhões, tendo sido encerrado com orçamento total de 135 milhões.[1]

Música[editar | editar código-fonte]

A trilha sonora de The Revenant foi composta pelo músico japonês Ryuichi Sakamoto e pelo músico alemão de música eletrônica Alva Noto, com trilhas adicionais de Bryce Dessner.[29] O conjunto principal da obra foi gravado nos estúdios Seattlemusic Scoring Stage, na região metropolitana de Seattle, Washington, por músicos da orquestra Northwest Sinfonia. Sakamoto conduziu estas sessões principais. A participação de Bryce Dessner foi performada pela orquestra alemã "S T A R G A ZE" sob a regência de André de Ridder.[30] Música adicional licenciada para o filme inclui "Become Ocean", de John Luther Adams, gravada pela Orquestra Sinfônica de Seattle sob a regência de Ludovic Morlot, e trechos de "Jetsun Mila", da compositora francesa Eliane Radigue.[31]

Um álbum contendo a trilha sonora foi lançado em plataforma digital em 25 de dezembro de 2015, e em CD em 8 de janeiro de 2016. A Milan Records encarregou-se de lançar uma mídia em vinil em abril de 2016.

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Oscar 2016[editar | editar código-fonte]

Categoria Indicado Resultado
Melhor Filme Alejandro G. Iñárritu, Arnon Milchan, Steve Golin, David Kanter, Mary Parent, James W. Skotchdopole, Keith Redmon Indicado
Melhor Diretor Alejandro G. Iñárritu Venceu
Melhor Ator Leonardo DiCaprio Venceu
Melhor Ator Coadjuvante Tom Hardy Indicado
Melhor Edição de Som Lon Bender e Martin Hernandez Indicado
Melhor Mixagem de Som Chris Duesterdiek, Frank A. Montaño, Jon Taylor e Randy Thom Indicado
Melhor Direção de Arte Jack Fisk Indicado
Melhor Fotografia Emmanuel Lubezki Venceu
Melhor Maquiagem e Penteados Siân Grigg, Duncan Jarman e Robert Pandini Indicado
Melhor Figurino Jacqueline West Indicado
Melhor Edição Stephen Mirrione Indicado
Melhores Efeitos Visuais Rich McBride, Matthew Shumway, Jason Smith e Cameron Waldbauer Indicado

Globo de Ouro 2016[editar | editar código-fonte]

Categoria Indicado Resultado
Melhor Filme - Drama Venceu
Melhor Diretor Alejandro G. Iñárritu Venceu
Melhor Ator - Drama Leonardo DiCaprio Venceu
Melhor Trilha Sonora Ryuichi Sakamoto e Alva Noto Indicado

BAFTA 2016[editar | editar código-fonte]

Categoria Indicado Resultado
Melhor Filme Venceu
Melhor Diretor Alejandro G. Iñárritu Venceu
Melhor Ator Leonardo DiCaprio Venceu
Melhor Trilha Sonora Carsten Nicolai e Ryuichi Sakamoto Indicado
Melhor Maquiagem Siân Grigg, Duncan Jarman e Robert Pandini Indicado
Melhor Som Lon Bender, Chris Duesterdiek, Martin Hernández, Frank A. Montaño, Jon Taylor e Randy Thom Venceu
Melhor Edição Stephen Mirrione Indicado
Melhor Fotografia Emmanuel Lubezki Venceu

Prémios Screen Actors Guild 2016[editar | editar código-fonte]

Categoria Indicado Resultado
Melhor Ator em cinema Leonardo DiCaprio Venceu

Referências

  1. a b Waxman, Sharon; Donnelly, Matt (16 de outubro de 2015). «'The Revenant' Budget Soars to $135 Million As New Regency Foots the Bill (Exclusive)». The Wrap. Consultado em 22 de dezembro de 2015 
  2. «The Revenant (2015)». Box Office Mojo. Consultado em 11 de fevereiro de 2016 
  3. Vejvoda, Jim "Stax" (9 de agosto de 2001). «Akiva Goldsman Mauled by Grizzly!». IGN 
  4. Kit, Borys (15 de abril de 2014). «Leonardo DiCaprio, Alejandro Gonzalez Inarritu Team Up for 'Revenant'». The Hollywood Reporter 
  5. Han, Angie (4 de junho de 2014). «Tom Hardy in Talks for Alejandro González Iñárritu's 'The Revenant'». /Film 
  6. Franklin, Garth (30 de junho de 2014). «"Revenant," "Orphanage" Dropouts». Dark Horizons 
  7. Miska, Brad (25 de maio de 2010). «'Vacancy' Writer Pens 'Martyrs', Latest John Hillcoat Thriller!». Bloody Disgusting 
  8. Weinstein, Joshua L. (17 de agosto de 2011). «Alejandro Gonzalez Inarritu Attached to Direct Warner's 'The Revenant' (Exclusive)». The Wrap 
  9. McNary, Dave (11 de julho de 2014). «Leonardo DiCaprio's Survival Drama 'The Revenant' Attracts Megan Ellison's Annapurna». Variety 
  10. Abrams, Rachel (1 de novembro de 2011). «New Regency boarding The Revenant». Variety 
  11. Fleming, Jr., Mike (4 de novembro de 2011). «Leonardo DiCaprio, Sean Penn Wanted Men For New Regency's 'The Revenant». Deadline 
  12. McKittrick, Christopher (27 de janeiro de 2016). «"I think he wanted to toss me off the cliff." Mark L. Smith on The Revenant and Martyrs'». Creative Screenwriting 
  13. Kroll, Justin (8 de março de 2012). «New Regency backing Inarritu pic». Variety 
  14. Brodesser-Akner, Claude (15 de março de 2012). «How Leonardo DiCaprio Flirted With a Bear But Committed to a Wolf». New York 
  15. «'Birdman' leva 4 prêmios no Oscar; veja ganhadores». BBC Brasil. 23 de fevereiro de 2015 
  16. Fleming, Jr., Mike (7 de dezembro de 2012). «A Departure For Alejandro Gonzalez Inarritu: He'll Next Direct A Comedy». Deadline 
  17. a b Kay, Jeremy (15 de abril de 2014). «Leonardo DiCaprio to star in Alejandro González Iñárritu's The Revenant». Screen International 
  18. Masters, Kim; Siegel, Tatiana (11 de julho de 2014). «Megan Ellison in Talks to Rescue Leonardo DiCaprio's 'The Revenant' (Exclusive)». The Hollywood Reporter 
  19. Patrick Brzeski (29 de fevereiro de 2016). «China Clears 'The Revenant' for Release, Cuts Expected». The Hollywood Reporter 
  20. a b c Masters, Kim (22 de julho de 2015). «How Leonardo DiCaprio's 'The Revenant' Shoot Became 'A Living Hell'». The Hollywood Reporter 
  21. «Alejandro Gonzalez Inarritu On The Universal Themes Of 'Birdman' And His Next High Wire Act, 'The Revenant'». Deadline. 3 de fevereiro de 2015 
  22. Chitwood, Adam (3 de fevereiro de 2015). «Alejandro González Iñárritu Explains Why The Revenant Is Taking 9 Months to Shoot». Collider 
  23. «New Regency Slams Leonardo DiCaprio 'Fleas in Beard' Rumors Amid The Revenant Filming». Daily Mail. 16 de maio de 2015 
  24. a b Humphreys, David (5 de gosto de 2014). «Leonardo DiCaprio To Film 'The Revenant' In British Columbia». Entertainment Tonight Canada  Verifique data em: |data= (ajuda)
  25. Zakarin, Jordan (19 de outubro de 2015). «Leonardo DiCaprio on Fighting a Bear in 'The Revenant' and Film vs. TV». Yahoo! 
  26. Chitwood, Adam (18 de julho de 2014). «The Revenant, Starring Leonardo DiCaprio and Tom Hardy, Gets Christmas 2015 Release Date; Iñárritu Hoping to Shoot in Sequence». Collider 
  27. Lee, Ashley (24 de outubro de 2015). «'The Revenant' Producers, Alejandro G. Inarritu Defend Budget, Sequential Shoot at Produced By: NY 2015». The Hollywood Reporter 
  28. Weintraub, Steve. «Tom Hardy Talks Mad Max: Fury Road, The Revenant and Splinter Cell». Collider  Parâmetro desconhecido |daa= ignorado (ajuda)
  29. Henry, Dusty; Geslani, Michelle (20 de outubro de 2015). «The National's Bryce Dessner composing soundtrack for Leonardo DiCaprio's The Revenant». Consequence of Sound 
  30. Gordon, Jeremy (21 de outubro de 2015). «The National's Bryce Dessner and Alva Noto Joined Ryuichi Sakamoto on The Revenant Score». Pitchfork Media 
  31. «The Revenant (2015)». Soundtrack.Net 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme do cinema dos Estados Unidos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.