Babel (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Babel
Babel
Cartaz do filme
[1]
2006 •  cor •  143 min 
Direção Alejandro González Iñárritu
Roteiro Guillermo Arriaga
Elenco
Género drama · suspense
Música Gustavo Santaolalla
Idioma

Babel (prt/bra: Babel)[2][3] é um filme méxico-estadunidense de 2006, dos gêneros drama e suspense, dirigido por Alejandro González Iñárritu, com roteiro de Guillermo Arriaga.[4]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O casal americano Richard e Susan viaja pelo Marrocos num ônibus repleto de turistas. Quando passam por uma região montanhosa, um tiro, vindo das montanhas, atravessa a fuselagem e atinge Susan, o que desencadeia uma série de eventos afetando a vida de diferentes pessoas em várias partes do mundo.[5]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Marrocos
México
Japão

Recepção[editar | editar código-fonte]

No consenso do agregador de críticas Rotten Tomatoes diz: "Em Babel , não há vilões, apenas vítimas do destino e das circunstâncias. O diretor Alejandro González Iñarritu tece quatro de suas tristes histórias neste filme maduro e multidimensional." Na pontuação onde a equipe do site categoriza as opiniões da grande mídia e da mídia independente apenas como positivas ou negativas, o filme tem um índice de aprovação de 69% calculado com base em 205 comentários dos críticos. Por comparação, com as mesmas opiniões sendo calculadas usando uma média aritmética ponderada, a nota alcançada é 6,8/10.[6]

Em outro agregador, o Metacritic, que calcula as notas das opiniões usando somente uma média aritmética ponderada de determinados veículos de comunicação em maior parte da grande mídia, tem uma pontuação de 69/100, alcançada com base em 38 avaliações da imprensa anexadas no site, com a indicação de "revisões geralmente favoráveis".[7]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

A trilha sonora ficou a cargo de Gustavo Santaolalla e inclui ainda as canções:

  • "Para que regreses" (Gabriel Ramírez), interpretada por El Chapo[4]
  • "Oh My Juliet" (Tommy), executada por Takashi Fujii[4]
  • "Masterpiece" (Ryo-Z, Ilmari, Pes, Su, DJ Fumiya), interpretada por Rip Slyme[4]


Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Evento/Prêmio Categoria Recipiente Resultado
Festival de Cannes 2006 Prêmio de direção Alejandro González Iñárritu Venceu[8]
Grande Prêmio Técnico (edição) Stephen Mirrione Venceu[carece de fontes?]
Palma de Ouro Indicado[8]
Prêmio François Chalais (júri ecumênico) Venceu[carece de fontes?]
Golden Globe 2007 Melhor filme - drama Venceu[9]
Melhor direção Alejandro González Iñárritu Indicado[9]
Melhor ator coadjuvante Brad Pitt Indicado[9]
Melhor atriz coadjuvante Adriana Barraza Indicada[9]
Melhor atriz coadjuvante Rinko Kikuchi Indicada[9]
Melhor roteiro Guillermo Arriaga Indicado[9]
Melhor trilha sonora Gustavo Santaolalla Indicado[9]
Oscar 2007 Melhor trilha sonora Gustavo Santaolalla Venceu[10]
Melhor filme Indicado[10]
Melhor direção Alejandro González Iñárritu Indicado[10]
Melhor atriz coadjuvante Adriana Barraza Indicada[10]
Melhor atriz coadjuvante Rinko Kikuchi Indicada[10]
Melhor roteiro original Guillermo Arriaga Indicado[10]
Melhor edição Stephen Mirrione, Douglas Crise Indicado[10]
BAFTA 2007 Melhor filme Indicado[carece de fontes?]
Melhor direção Alejandro González Iñárritu Indicado[carece de fontes?]
Melhor fotografia Rodrigo Prieto Indicado[carece de fontes?]
Melhor som José Antonio García, Jon Taylor, Christian P. Minkler, Martín Hernández Indicado[carece de fontes?]
Melhor montagem Stephen Mirrione, Douglas Crise Indicado[carece de fontes?]
Melhor roteiro original Guillermo Arriaga Indicado[carece de fontes?]
Melhor trilha sonora Gustavo Santaolalla Venceu[carece de fontes?]
Satellite Awards 2006 Melhor trilha sonora Gustavo Santaolalla Venceu[carece de fontes?]
Melhor filme dramático Venceu[carece de fontes?]
Melhor direção Alejandro González Iñárritu Indicado[carece de fontes?]
Melhor ator coadjuvante Brad Pitt Indicado[carece de fontes?]
Melhor atriz coadjuvante Rinko Kikuchi Indicada[carece de fontes?]
Melhor roteiro original Guillermo Arriaga Indicado[carece de fontes?]
Melhor edição Stephen Mirrione, Douglas Crise Indicado[carece de fontes?]
Melhor som (edição e mixagem) José Antonio García, Jon Taylor, Christian P. Minkler, Martín Hernández Indicado[carece de fontes?]
Screen Actor Guild Awards 2007 Melhor performance de elenco Indicada[carece de fontes?]
Melhor atriz coadjuvante Adriana Barraza Indicada[carece de fontes?]
Melhor atriz coadjuvante Rinko Kikuchi Indicada[carece de fontes?]
Prêmio Eddie 2007 Filme dramático mais bem editado Venceu[carece de fontes?]
Prêmio Bodil 2007 Melhor filme americano Venceu[carece de fontes?]
Prêmio César 2007 Melhor filme não francês Indicado[11]

Referências

  1. «Babel» (em inglês). Consultado em 9 de novembro de 2022 
  2. «Babel». Portugal: SapoMag. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  3. «Babel». Brasil: AdoroCinema. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  4. a b c d «Babel (2006)». American Film Institute. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  5. «Babel». Brasil: CinePlayers. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  6. «Babel». Rotten Tomatoes (em inglês). Consultado em 9 de novembro de 2022 
  7. «Babel». Metacritic (em inglês). Consultado em 9 de novembro de 2022 
  8. a b «59.º Festival de Cannes - 2006». CinePlayers. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  9. a b c d e f g «64.º Globo de Ouro - 2007». CinePlayers. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  10. a b c d e f g «79.º Oscar - 2007». CinePlayers. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  11. «RÉSULTATS ANNONCÉS: César 2007 (édition 32)» (em francês). AlloCiné. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.