César (cinema)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Prêmio César)
Ir para: navegação, pesquisa
César
Descrição Excelência em realizações cinematográficas
Apresentação Academia das Artes e Técnicas do Cinema
Local Paris
País  França
Primeira cerimónia 3 de abril de 1976 (41 anos)
Sítio oficial
Josiane Balasko, Daniel Auteuil, Catherine Deneuve e Karin Viard na cerimônia de premiação do César de 2000

O César (em francês: César du cinéma) é um prémio anual do cinema francês atribuído aos profissionais da "sétima arte", em várias categorias, a fim de premiar as melhores produções francesas. A cerimónia de entrega, também conhecida por A Noite dos Césares, ocorre no Teatro do Châtelet, em Paris, França.[1]

Atualmente existem vinte e uma categorias[2], mais oito do que na primeira edição.[3]

História[editar | editar código-fonte]

Em 1975, Georges Cravenne fundou a Academia das Artes e Técnicas do Cinema com o objetivo de premiar as realizações e trabalhos artísticos mais notáveis do cinema francês, um equivalente ao Óscar norte-americano.

Desta forma, a 3 de abril de 1976 teve lugar a primeira cerimónia do César, também chamada de "Noite dos Césares", sob a presidência de Jean Gabin, poucos meses antes da sua morte. O nome do prémio provém do escultor César Baldaccini, criador das estatuetas entregues aos vencedores em cada categoria. É, também, uma homenagem indireta ao grande ator francês Raimu, que interpretou um personagem chamado César, na "Trilogia Marselhesa" de Marcel Pagnol.

O César veio substituir as Estrelas de Cristal (Étoiles de cristal), um prémio concedido de 1955 a 1975. No entanto, existiram outros prémios concedidos ao cinema francês no passado, dentre eles o Grande Prémio do Cinema Francês (1934-1986) e as Vitórias do Cinema Francês (década de 1950).

Categorias[editar | editar código-fonte]

As categorias existentes atualmente encontram-se marcadas a negrito.

Prémios especiais

lusofonia no César[editar | editar código-fonte]

Em 20 de fevereiro de 2015 o documentário franco-ítalo-brasileiro O Sal da Terra, dirigido por Wim Wenders e Juliano Salgado, foi premiado como o melhor filme documentário.[4] Além disso, dois filmes brasileiros disputaram o prêmio de Melhor Filme Estrangeiro: Central do Brasil (em 1999) e Aquarius (em 2017).[5][6]

Referências

  1. «La cérémonie des César» (em francês). Academie-cinema.org. Consultado em 8 de fevereiro de 2012 
  2. «Les nominés aux Césars vont être dévoilés» (em francês). Le Point. 21 de janeiro de 2011. Consultado em 9 de fevereiro de 2012 
  3. «1ère Cérémonie des Césars du cinéma Français» (em francês). Live2times.com. Consultado em 9 de fevereiro de 2012 
  4. «Kristen Stewart e documentário sobre Sebastião Salgado levam o César». G1. 20 de fevereiro de 2015. Consultado em 21 de fevereiro de 2015 
  5. «"Central do Brasil" vai disputar o César». Folha de S.Paulo. 4 de fevereiro de 1999. Consultado em 31 de agosto de 2017 
  6. «'Aquarius' é indicado a melhor filme estrangeiro pelo César, o Oscar francês». Folha de S.Paulo. 25 de janeiro de 2017. Consultado em 31 de agosto de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]