Jean-Pierre Léaud

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde Julho de 2010). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Jean-Pierre Léaud
Jean-Pierre Léaud nos prémios César
Nascimento 28 de maio de 1944 (73 anos)
Nacionalidade França Francês
César
César Honorário
1979
Festival de Berlim
Urso de Prata de melhor ator
1966

Jean-Pierre Léaud ComM (Paris, 28 de maio de 1944) é um ator francês.

Estreou-se como ator de cinema aos 15 anos, no papel de Antoine Doinel, um alter-ego do realizador francês François Truffaut, em Os Incompreendidos. Protagonizou mais quatro filmes de Truffaut que mostravam a vida de Doinel, ao longo de um período de 20 anos - ao lado da atriz Claude Jade, como a sua namorada e, depois, esposa. Estes filmes são: O Amor aos Vinte Anos (1962), Beijos Roubados (1968), Domicílio Conjugal (1970) e Amor em Fuga (1979).

Também participou em filmes de outros realizadores influentes, como Jean-Luc Godard, Bernardo Bertolucci e Olivier Assayas, além de alguns brasileiros, como Cacá Diegues e Glauber Rocha.

A 12 de janeiro de 2017, foi feito Comendador da Ordem do Mérito de Portugal.[1]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator ou atriz de cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências

  1. «Cidadãos Estrangeiros Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Jean-Pierre Léaud". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 17 de fevereiro de 2018