Manbiki Kazoku

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manbiki kazoku
Assunto de Família (PRT)
Cartaz de lançamento
 Japão
2018 •  cor •  121 min 
Direção Hirokazu Kore-eda
Produção Matsuzaki Kaoru
Yose Akihiko
Taguchi Hijiri
Roteiro Hirokazu Kore-eda
Elenco Lily Franky
Sakura Ando
Mayu Matsuoka
Sosuke Ikematsu
Género drama
Música Haruomi Hosono
Edição Hirokazu Kore-eda
Distribuição Gaga Corporation
Lançamento França 13 de maio de 2018 (Cannes)
Japão 8 de junho de 2018
Idioma japonês
Página no IMDb (em inglês)

Manbiki Kazoku (万引き家族?) (Assunto de Família, no Brasil; família de ladrões, em sentido literal), é um filme japonês de 2018, do gênero drama, dirigido por Hirokazu Kore-eda e conta a história de uma menina órfã que é adotada por uma família de ladrões.[1] Fez sua estreia mundial no Festival de Cannes, onde ganhou a Palma de Ouro.[2] O filme foi lançado em 8 de junho de 2018 no Japão.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Em algum lugar em Tóquio, Osamu Shibata e sua esposa, Nobuyo, vivem em estado de pobreza. Enquanto Osamu tem um emprego ocasional e Nobuyo tem um emprego mal remunerado, a família depende em grande parte da pensão da avó. Enquanto ele está furtando um mercado com seu filho, Shota, eles encontram Yuri, uma menina sem-teto. Osamu leva-a para casa, onde a família percebe evidências de abusos. Apesar de suas finanças serem ruins, eles a adotam informalmente.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Lily Franky como Osamu Shibata
  • Sakura Ando como Nobuyo Shibata
  • Mayu Matsuoka como Aki Shibata
  • Sosuke Ikematsu como 4 ban-san
  • Kairi Jō como Shota Shibata
  • Miyu Sasaki como Yuri
  • Naoto Ogata
  • Yoko Moriguchi
  • Yūki Yamada
  • Moemi Katayama
  • Kengo Kora como Takumi Maezono
  • Chizuru Ikewaki como Kie Miyabe
  • Akira Emoto
  • Kirin Kiki como Hatsue Shibata

Produção[editar | editar código-fonte]

Diretor Hirokazu Kore-eda disse que ele desenvolveu a história para Manbiki Kazoku quando ele ainda estava à considerar Pais e Filhos, ponderando a questão: "do que se compõe uma família"?[3] Ele estava considerando um filme explorando esta questão por mais de 10 anos antes de fazer Manbiki Kazoku.[4] Kore-eda o descreveu como seu filme "socialmente cosciente".[5] Com esta história, Kore-eda disse que ele não queria que a perspectiva fosse de apenas alguns personagens, mas sim, capturar "a família dentro da sociedade", um "ponto de vista amplo" como seu filme Ninguém Pode Saber de 2004.[3] Ele situou o filme em Tóquio, foi influenciado pela recessão japonesa,[3] e também artigos jornalísticos sobre como pessoas viviam na pobreza e furtos em lojas.[6]

Produção se iniciou em dezembro de 2017,[7] com produção da Fuji Television Network, Gaga, e AOI Pro.[8] Lily Franky e Sakura Ando se uniram ao elenco antes do começo das filmagens, por meados de dezembro.[9] Os atores mirins Sasaki Miyu e Jyo Kairi foram selecionados para participarem de um filme pela primeira vez.[8] Sosuke Ikematsu, Chizuru Ikewaki e Yūki Yamada se uniram ao elenco em fevereiro.[10] Cinematógrafo Kondo Ryuto usou filme 35 mm com uma Arricam ST, enquanto procurava a textura e a granulação certa para a história além de também estar ciente de que 35 mm era uma preferência da parte de Kore-eda.[11]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Com Gaga Corporation como sua distribuidora,[8] o filme foi selecionado para ser exibido no Festival de Cannes de 2018,[12] aonde acabou ganhando a Palme d'Or como o melhor filme no festival.[13] No Japão, seu lançamento está previsto para 8 de junho de 2018.[14] Magnolia Pictures também comprou os direitos para distribuir o filme no América do Norte.[15] Em 23 de maio, Thunderbird Releasing adquiriu os direitos de distribuição para o Reino Unido,[16] enquanto a Road Pictures garantiu os direitos para distribuir na China.[17]

Recepção crítica[editar | editar código-fonte]

Hirokazu Kore-eda teve uma boa recepção por parte da crítica quanto sua direção.

No agregador de críticas Rotten Tomatoes, o filme mantém uma aprovação de 100% baseado em 15 críticas, com uma média de 9/10.[18] No Metacritic, o filme mantém uma média de 92 com um máximo de 100, baseado em 12 críticas, indicando "aclamação universal".[19]

Peter Bradshaw do The Guardian deu à Manbiki Kazoku 4/5 estrelas, declarando o filme como "rico e satisfatório".[20] Deborah Young do The Hollywood Reporter chamou o filme de "agridoce" com seus "contrastes com as emoções frígidas dos socialmente corretos e o calor e felicidade da família de baixa classe desonesta".[21] Robbie Collin do The Daily Telegraph deu ao filme cinco estrelas, o aclamando como "um drama doméstico espetacular, construído por Kore-eda com uma percepção cristalina e acuidade emocional impiedosa".[22]

Para David Ehrlich da IndieWire deu ao filme a nota "A–" e escreveu que o filme "injeta a solidão de não pertencer à ninguém e a bagunça que é a união".[23] Ben Croll da The Wrap declarou este como "o filme mais rico de Kore-eda até o momento".[24] Na Time Out, Geoff Andrew deu ao filme quatro estrelas e saudou Kore-eda como "um Ozu dos dias modernos".[25] Maggie Lee da Variety comparou o filme à Oliver Twist de Charles Dickens;[26] A personagem de Lily Franky, Osamu, foi comparada com o personagem Fagin, de Dickens.[20]

Premiações[editar | editar código-fonte]

O filme competiu no Festival de Cannes de 2018,[27] no qual ganhou a Palme d'Or em 19 de maio.[28] Foi a primeira Palme d'Or do Japão desde The Eel em 1997.[29][30] A presidente do júri Cate Blanchett explicou a decisão: "Nós fomos completamente atropelador por Shoplifters e a forma como entrelaçou as performances com a visão do diretor".[31]

Referências

  1. «"Manbiki Kazoku", o filme japonês que foi o grande vencedor de Cannes». NiT 
  2. «Japanese Director Hirokazu Kore-eda's 'Shoplifters' Wins Palme d'Or at Cannes» (em inglês). Variety. 18 de maio de 2018. Consultado em 18 de maio de 2018 
  3. a b c Wise, Damon (19 de maio de 2018). «Japanese Director Hirokazu Kore-eda Returns To Exploring Family Dynamics In Surprise Palme D'Or Winner 'Shoplifters' – Cannes Studio». Deadline.com. Consultado em 19 de maio de 2018 
  4. Koichi, Ikura (5 de janeiro de 2018). «是枝裕和、新作始動! リリー・フランキー、安藤サクラ、松岡茉優、樹木希林演じる家族の物語». Cinema Today (em Japanese). Consultado em 23 de maio de 2018 
  5. «Director Hirokazu Kore-eda: a master of humanism». The Japan Times. 20 de maio de 2018. Consultado em 20 de maio de 2018 
  6. Sundeby, Askerfjord (19 de maio de 2018). «Hirokazu Kore-Eda om Shoplifters: "Jag inspirerades av händelser som jag såg på nyheterna"» (em Swedish). Sveriges Television. Consultado em 20 de maio de 2018 
  7. Blair, Gavin J. (8 de janeiro de 2018). «Japanese Director Hirokazu Kore-eda Sets New Film Starring Lily Franky». The Hollywood Reporter. Consultado em 20 de maio de 2018 
  8. a b c Frater, Patrick (8 de janeiro de 2018). «Gaga, Wild Bunch Board Hirokazu Kore-eda Drama». Variety. Consultado em 20 de maio de 2018 
  9. Shackleton, Liz (5 de janeiro de 2018). «Ando Sakura, Lily Franky to star in new Kore-eda project». Screen Daily. Consultado em 20 de maio de 2018 
  10. Schilling, Mark (14 de fevereiro de 2018). «Berlin: Ensemble Cast Joins Hirokazu Kore-eda's 'Family'». Variety. Consultado em 20 de maio de 2018 
  11. O'Falt, Chris (11 de maio de 2018). «Cannes 2018: Here Are the Cameras Used To Shoot 32 of This Year's Films». IndieWire. Consultado em 21 de maio de 2018 
  12. «Cannes Lineup Includes New Films From Spike Lee, Jean-Luc Godard». Variety. Consultado em 12 de abril de 2018 
  13. «Cannes 2018: Japanese indie Shoplifters wins Palme d'Or». BBC News. 19 de maio de 2018. Consultado em 20 de maio de 2018 
  14. Ito, Erina (20 de maio de 2018). «Kore-eda nabs Palme d'Or on 5th try for top prize at Cannes». Asahi Shimbun. Consultado em 20 de maio de 2018 
  15. Lang, Brent; Keslassy, Elsa (18 de maio de 2018). «Cannes: Hirokazu Kore-eda's 'Shoplifters' Sells to Magnolia (EXCLUSIVE)». Variety. Consultado em 19 de maio de 2018 
  16. Grater, Tom (23 de maio de 2018). «Cannes Palme d'Or winner 'Shoplifters' scores UK deal (exclusive)». Screen International. Consultado em 23 de maio de 2018 
  17. Brzeski, Patrick (22 de maio de 2018). «Cannes Palme d'Or Winner 'Shoplifters' Acquired by Road Pictures for China (Exclusive)». The Hollywood Reporter. Consultado em 23 de maio de 2018 
  18. «Shoplifters (Manbiki Kazoku) (2018)». Rotten Tomatoes. Consultado em 1 de junho de 2018 
  19. «Shoplifters Reviews». Metacritic. CBS Interactive. Consultado em 1 de junho de 2018 
  20. a b Bradshaw, Peter (14 de maio de 2018). «Shoplifters review – family of thieves steals moral high ground – and hearts». The Guardian. Consultado em 19 de maio de 2018 
  21. Young, Deborah (14 de maio de 2018). «'Shoplifters' ('Manbiki Kazoku'): Film Review: Cannes 2018». The Hollywood Reporter. Consultado em 19 de maio de 2018 
  22. Collin, Robbie (19 de maio de 2018). «Shoplifters review: Hirokazu Kore-eda's Palme d'Or winner is a thrilling, beautiful tale of Toyko's down-and-outs». The Daily Telegraph. Consultado em 19 de maio de 2018 
  23. Ehrlich, David (14 de maio de 2018). «'Shoplifters' Review: Kore-eda Hirokazu Returns With a Heart-Shattering Drama About Love and Theft — Cannes 2018». IndieWire. Consultado em 19 de maio de 2018 
  24. Croll, Ben (15 de maio de 2018). «'Shoplifters' Cannes Review: Is the Seventh Time a Charm for Hirokazu Kore-eda?». The Wrap. Consultado em 19 de maio de 2018 
  25. Andrew, Geoff (15 de maio de 2018). «Shoplifters». Time Out. Consultado em 19 de maio de 2018 
  26. Lee, Maggie (14 de maio de 2018). «Cannes Film Review: 'Shoplifters' (Manbiki Kazoku)». Variety. Consultado em 19 de maio de 2018 
  27. «The 2018 Official Selection». Cannes. Consultado em 12 de abril de 2018 
  28. Debruge, Peter (19 de maio de 2018). «Japanese Director Hirokazu Kore-eda's 'Shoplifters' Wins Palme d'Or at Cannes». Variety. Consultado em 19 de maio de 2018 
  29. Clarke, Donald (18 de maio de 2018). «Japanese drama 'Shoplifters' takes Palme d'Or at Cannes». The Irish Times. Consultado em 19 de maio de 2018 
  30. Pomeroy, Robin (20 de maio de 2018). «With 'Shoplifters,' Hirokazu Kore-eda becomes first Japanese director to win Cannes Palme d'Or in 21 years». The Japan Times. Consultado em 20 de maio de 2018 
  31. Frater, Patrick (19 de maio de 2018). «Why 'Shoplifters' Director Hirokazu Kore-eda is Cannes' Favorite Japanese Auteur». Variety. Consultado em 19 de maio de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]