O Leopardo (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Leopardo
Il gattopardo
O Leopardo (PT/BR)
Cena do filme
Itália / França
1963 •  cor •  140 min 
Direção Luchino Visconti
Elenco Burt Lancaster
Claudia Cardinale
Alain Delon
Idioma Italiano

O Leopardo (original: Il Gattopardo) é um premiado filme de 1963 do diretor italiano Luchino Visconti, baseado no romance homônimo, traduzido de Il gattopardo, escrito por Giuseppe Tomasi di Lampedusa. Estrelado por Burt Lancaster, Claudia Cardinale, Alain Delon e Mario Girotti (Terence Hill) entre outros, o filme foi o vencedor da Palma de Ouro do Festival de Cannes, no ano de seu lançamento. [1]

O filme, sob a direção do milanês Luchino Visconti (1906-1976), recria a atmosfera vivida nos palácios da aristocracia durante o conturbado reinado de Francisco II das Duas Sicílias e o Risorgimento - longo processo de unificação dos Estados autônomos que originaram o Reino de Itália, em 1870. O cenário político italiano é reconstituído com o intuito de interferir em dilemas dos personagens ficcionais. Trata-se de uma adaptação do romance homônimo de Giuseppe Tomasi di Lampedusa (1896-1957), publicado postumamente, que usa a queda da monarquia de Bourbon no Reino das Duas Sicílias e sua anexação ao da Alta Itália, governado pela dinastia Saboia.[2]

O personagem principal do filme, Dom Fabrizio Salina (Burt Lancaster) foi inspirado no avô do escritor, príncipe de Lampedusa.

Referências

  1. «Festival de Cannes: The Leopard». festival-cannes.com. Consultado em 27 de fevereiro de 2009 
  2. História Viva, nº 11, pg. 16. Editora Duetto. São Paulo (2004).
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.