Eu, Daniel Blake

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
I, Daniel Blake
 Reino Unido
 França
 Bélgica

2016 •  cor •  100 min 
Realização Ken Loach
Produção Rebecca O'Brien
Argumento Paul Laverty
Género Drama
Música George Fenton
Cinematografia Robbie Ryan
Edição Jonathan Morris
Companhia(s) produtora(s) Sixteen Films
Why Not Productions
Wild Bunch
Distribuição Entertainment One Films (Reino Unido)
Le Pacte (França)
Lançamento França 13 de maio de 2016 (Cannes)
França 26 de outubro de 2016
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

I, Daniel Blake é um filme britânico-franco-belga do género drama, realizado por Ken Loach e escrito por Paul Laverty. Fez sua estreia mundial no Festival de Cannes a 13 de maio de 2016, onde ganhou a Palma de Ouro.[1][2] Estreia-se nos cinemas de França a 26 de outubro do mesmo ano.[3]

Argumento[editar | editar código-fonte]

Daniel Blake é um carpinteiro de cinquenta e nove anos de idade no Nordeste da Inglaterra, que sofre um ataque cardíaco e necessita do benefício do Subsídio de Emprego e Apoio (Employment and Support Allowance). Enquanto ele se esforça para superar a burocracia necessária para obter esta ajuda, conhece então Katie, uma mãe solteira e seus dois filhos Dylan e Daisy, que para evitar que morem num albergue de pessoas desabrigadas em Londres, terá que mudar-se para um alojamento a mais de quatrocentos e oitenta quilómetros de distância da sua terra natal.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Dave Johns como Daniel Blake
  • Hayley Squires como Katie
  • Dylan McKiernan como Dylan
  • Briana Shann como Daisy
  • Mick Laffey como conselheiro do serviço social
  • Harriet Ghost como rececionista

Produção[editar | editar código-fonte]

As filmagens tiveram início em outubro de 2015 em Newcastle upon Tyne e nos arredores da região.[4] O filme foi produzido por Rebecca O'Brien para os estúdios Sixteen Films, Why Not Productions e Wild Bunch com o apoio do British Film Institute e da BBC Films.[5]

Reconhecimentos[editar | editar código-fonte]

Ano Prémios Categorias Destinatários e nomeados Resultado Referências
2016 Festival de Cannes Palma de Ouro Ken Loach Venceu [2][6]
Palme DogManitarian Shea Venceu
Prémio do Júri Ecuménico — Menção especial Ken Loach Venceu

Referências

  1. Agence France-Presse (13 de maio de 2016). «'I, Daniel Blake' e 'Ma Loute' levam risadas e lágrimas a Cannes». G1 
  2. a b Cipriano, Rita (22 de maio de 2016). «Festival de Cannes. Palma de Ouro foi para "I, Daniel Blake"». Observador 
  3. «Moi, Daniel Blake» (em francês). AlloCiné. Consultado em 7 de junho de 2016 
  4. Hodgson, Barbara (8 de novembro de 2015). «Award-winning director Ken Loach takes to the streets of Newcastle to shoot his latest feature film». Evening Chronicle (em inglês) 
  5. Gleiberman, Owen (12 de maio de 2016). «Cannes Film Review: 'I, Daniel Blake'». Variety (em inglês) 
  6. Hudson, David (22 de maio de 2016). «Palme d'Or for Ken Loach's I, DANIEL BLAKE» (em inglês). Fandor 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]