René Clément

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
René Clément
René Clément.
Nascimento 18 de março de 1913
Bordéus
Nacionalidade França Francês
Morte 17 de março de 1996 (82 anos)
Monte Carlo
Ocupação Cineasta
Oscares da Academia
Óscar de Melhor Filme Estrangeiro
1951, 1953
César
César Honorário
1984
Festival de Cannes
Prémio de realização
1946, 1949
Outros prêmios
Leão de Ouro
1952
IMDb: (inglês)

René Clément (Bordéus, 18 de março de 1913Monte Carlo, 17 de março de 1996) foi um diretor do cinema francês.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ele foi considerado um dos maiores diretores do cinema francês e começou escrevendo roteiros para Jacques Tati na década de 1930.

Em 1946 co-dirigiu com Jean Cocteau um dos grandes filmes do cinema europeu, A Bela e a Fera. Foi um grande vencedor do Festival de Cannes como melhor diretor por três vezes, em 1946 com Batalha dos Trilhos; em 1947 por Os Malditos e em 1949 com Três Dias de Amor.

Também conquistou o Oscar de melhor filme estrangeiro em duas oportunidades: em 1950 com Três Dias de Amor e em 1952 com o drama da guerra visto pelo ângulo das crianças em Brinquedo Proibido.

Seu maior sucesso no cinema no entanto foi em 1959 quando dirigiu O Sol por Testemunha com Alain Delon, Maurice Ronet e Marie Laforêt. Seu último filme foi realizado em 1976 e ele morreu às vésperas de completar 83 anos.

Ícone de esboço Este artigo sobre cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.