Gene Kelly

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gene Kelly
Kelly em 1943
Nome completo Eugene Curran Kelly
Nascimento 23 de agosto de 1912
Pittsburgh; Pensilvânia
Morte 2 de fevereiro de 1996 (83 anos)
Beverly Hills; Califórnia
Nacionalidade norte-americano
Cidadania irlandês
Cônjuge
  • Betsy Blair
    (c. 1941; div. 1957)
  • Jeanne Coyne
    (c. 1960; morte dela 1973)
  • Patricia Ward
    (c. 1990; morte dele 1993)
Filho(s) 3
Ocupação
Período de atividade 1938–1996
Página oficial
genekelly.com

Eugene Curran Kelly (Pittsburgh, 23 de agosto de 1912Beverly Hills, 2 de fevereiro de 1996) foi um dançarino, ator de cinema, teatro e televisão, cantor, diretor, produtor, roteirista e coreógrafo estadunidense-irlandês.[1]

Iniciou bem cedo sua carreira na Broadway, com uma aparição no espetáculo "Leave It To Me", de Cole Porter, fazendo o papel de um esquimó, ao lado de Mary Martin. A carreira cinematográfica de Gene começou após Judy Garland o ajudar a conseguir uma carreira em filmes. Os dois se conheceram quando Gene apresentava Pal Joey na Broadway, Gene levou-a para uma caminhada pelo Central Park, caminhando e falando sobre as possibilidades futuras de um filme juntos até as 5 da manhã.

Esse sonho se tornou realidade em For Me e My Gal. Gene aparece um pouco atingido pela estrela como se não pudesse acreditar que ele estava na tela com uma grande estrela como Judy. Ele sempre deu crédito por ajudá-lo a aprender como dançar para a câmera de filme em oposição a dançar no palco para uma audiência. Enquanto Gene era um "novato" quando se tratava de agir na frente de uma câmera, quando chegou a hora de dançar, a dupla estava bem adaptada! No filme The Pirate, o carinho mútuo é evidente em suas performances. Em Summer Stock, apesar de sua experiência no cinema, sua condição médica de Judy era precária devido às "prescrições" fornecidas pelo estúdio. Neste filme, Gene assume a liderança para ajudá-la. Os membros do elenco informaram que esperaram e esperaram e esperaram que Judy estivesse emocionalmente pronta para trabalhar ou executar. Gene foi paciente, e ele trouxe o melhor nela como resultado.

Atuações[editar | editar código-fonte]

Ao lado de Fred Astaire, Kelly foi um dos expoentes enquanto os filmes musicais eram o estilo preferido de Hollywood. Foi ator, diretor, produtor e coreógrafo em várias peças e filmes, com passagem pela televisão norte-americana.

Seu trabalho mais conhecido, verdadeiro clássico dos musicais, é Cantando na chuva, do qual também foi diretor.

Gene Kelly é tema da música "Take Away My Pain" do álbum Falling Into Infinity da banda de heavy metal progressivo norte-americana Dream Theater.

Morte[editar | editar código-fonte]

Morreu em 2 de fevereiro de 1996 em decorrência de um derrame cerebral, aos 83 anos de idade.[2]

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

No teatro como ator
Fora do palco
No cinema como ator
Como diretor
Kelly no filme Inherit the Wind

Televisão[editar | editar código-fonte]

  • Going My Way (1962-1963)
  • Gene Kelly: New York, Boston (1966)
  • Jack and the Beanstalk (1967) (também diretor)
  • The Funny Side (1971) (show cancelado em 4 meses)
  • Gene Kelly: An American in Pasadena (1978)
  • North and South (1985) (minissérie)
  • Sins (1986) (minissérie)

Referências

  1. «Gene Kelly». Encyclopedia Britannica (em inglês). Consultado em 23 de agosto de 2019 
  2. «Ator Gene Kelly morre aos 83 nos EUA». Folha de S.Paulo. Consultado em 23 de agosto de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Gene Kelly