Doris Day

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2011). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Doris Day
Day em 1957
Nome completo Doris Mary Kappelhoff
Nascimento 3 de abril de 1922
Cincinnati; Ohio
Morte 13 de maio de 2019 (97 anos)
Carmel Valley Village; Califórnia
Nacionalidade norte-americana
Cônjuge
  • Al Jorden
    (c. 1941; div. 1943)
  • George Weidler
    (c. 1946; div. 1949)
  • Martin Melcher
    (c. 1951; div. 1968)
  • Barry Comden
    (c. 1976; div. 1981)
Filho(s) Terry Melcher
Ocupação
Período de atividade 1939–1989
Causa da morte pneumonia
Página oficial
dorisday.com
Doris Day em Nova York, 1946.
Atriz no filme Midnight Lace (1960).

Doris Mary Ann von Kappelhoff (nascida Doris Mary Kappelhoff; Cincinnati, 3 de abril de 1922Carmel Valley, 13 de maio de 2019) foi uma atriz e cantora estadunidense. Ela começou sua carreira como cantora de Big bands em 1939, tendo aumentado sua popularidade com sua primeira gravação de sucesso Sentimental Journey, em 1945. Depois de deixar Les Brown & His Band of Renown para embarcar em uma carreira solo, Day tornou-se uma das mais populares e aclamadas cantoras do século XX. Ela gravou mais de 650 músicas entre 1947 a 1967.

No cinema, seu primeiro sucesso foi em Romance em Alto-Mar de 1948, seguido por uma série de filmes financeiramente bem sucedidos, incluindo musicais, comédias e dramas. Day desempenhou o papel principal em Ardida como pimenta (1953) e estrelou O Homem Que Sabia Demais (1956) de Alfred Hitchcock com James Stewart. Seus filmes mais conhecidos são as comédias Confidências à Meia-Noite (1959) e Eu, Ela e a Outra (1963), respectivamente. Depois de 1968, ela passou a estrelar na comédia da CBS chamada The Doris Day Show (1968-73).

Entre seus prêmios, Doris recebeu o Grammy Lifetime Achievement Award e um Legend Award da Society of Singers. Em 1960, foi nomeada para o Oscar de Melhor Atriz, e, em 1989, recebeu o Prêmio Cecil B. DeMille por sua contribuição ao mundo do entretenimento. Em 2004, foi premiada com a Medalha Presidencial da Liberdade pelo Presidente George W. Bush, seguida em 2011 pelo Achievement Award da Los Angeles Film Critics Association.

Foi casada quatro vezes e teve um filho, Terry Melcher, que faleceu em 2004. Desde a morte dele, Doris levava uma vida reclusa e solitária, dedicando-se exclusivamente à proteção de animais na Doris Day Pet Foundation, trabalho que realizou por várias décadas.

Doris Day faleceu em 13 de maio de 2019, aos 97 anos, em sua casa em Carmel Valley, Califórnia, vítima de uma pneumonia.[1]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Na categoria de Melhor Atriz, recebeu uma indicação ao Oscar por sua atuação em "Confidências à Meia-Noite" (1959).
  • Em 1989 - Ganhou o Prêmio Cecil B. deMille.

Referências

  1. «Atriz Doris Day morre aos 97 anos - Cultura». Estadão. Consultado em 13 de maio de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre Doris Day:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Categoria no Commons