Lover Come Back

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde maio de 2013). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Lover Come Back
Volta Meu Amor[1] (BR)
 Estados Unidos
1961 •  cor •  107 min 
Direção Delbert Mann
Roteiro Stanley Shapiro
Paul Henning
Elenco Rock Hudson
Doris Day
Tony Randall
Género comédia
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Lover Come Back é um filme de comédia romântica dos Estados Unidos de 1961, realizado por Delbert Mann.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Resumo[editar | editar código-fonte]

Jerry Webster e Carol Templeton são dois publicitários, mas de agências diferentes. Irritada pelos métodos de Jerry, que usa bebidas e mulheres para garantir contratos para a agência para a qual trabalha, Carol tenta que ele seja proibido de exercer a profissão e faz com que Jerry seja julgado pelo conselho de ética.

Assim, para evitar a sua expulsão da categoria, Jerry suborna Rebel Davis, a modelo que testemunharia contra ele. Ela acaba por dizer mil elogios para Jerry e indiretamente seduz os membros do conselho, mas para conseguir isto Jerry fez ela participar num comercial de televisão para um produto chamado VIP, que simplesmente não existe.

Pete Ramsey, o dono da agência que quase nunca ia à sua empresa por ser inseguro, não sabia desta cilada de Jerry e, tentando mostrar estar no comando nos negócios, ordenou que os comerciais de VIP fossem largamente difundidos.

Quando Jerry fica a saber disto e pede ajuda para Linus Tyler, um cientista, que fabrique VIP, não importando o que isto seja, pois todos querem VIP. Jerry então tenta tirar proveito desta situação para conquistar Carol.

Prémios e nomeações[editar | editar código-fonte]

  • Recebeu uma nomeação ao Óscar, na categoria de Melhor Argumento Original
  • Ganhou dois Laurel de Ouro no Laurel Awards na categoria de:
    • Melhor Comédia
    • Melhor Desempenho Feminino em Comédia (Doris Day)
Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. EWALD FILHO, Rubens (1975). Os filmes de hoje na TV. São Paulo: Global Editora. p. 206 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.