Portal:Biografias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
(Atualizar conteúdos)

Portal Biografias
Portal Biografias.jpg

Este portal pretende reunir informações relacionadas com biografias.

Hoje é 18 de outubro de 2019. Este portal foi criado em 22 de outubro de 2005 e reestruturado no dia 28 de setembro de 2010.
 ver·editar Biografia destacada aleatória
Baldomero Espartero

Joaquín Baldomero Fernández Espartero Álvarez de Toro (Granátula de Calatrava, Ciudad Real, 27 de fevereiro de 1793Logroño, 8 de janeiro de 1879) foi um militar e político espanhol. Era conde de Luchana, duque de Victoria, duque de Morella, visconde de Banderas e príncipe de Vergara.

Seu pai havia encaminhado sua formação para um destino eclesiástico, mas a Guerra Peninsular arrastou-o, desde muito jovem, às frentes de batalha, que não abandonou até vinte e cinco anos depois. Foi combatente em três dos quatro conflitos mais importantes da Espanha no século XIX. Foi soldado na guerra contra a invasão francesa, oficial durante a guerra colonial no Peru e general durante a Primeira Guerra Carlista. Em Cádiz aderiu ao liberalismo espanhol, senda que jamais abandonaria. Um homem extremamente duro no tratamento com as pessoas, valorizando a lealdade de seus companheiros de armas — termo que os outros generais não gostavam de ouvir —, tanto como a eficácia. Combatia na primeira linha, tendo sido ferido em oito ocasiões. Seu caráter altivo e exigente levou-o a cometer excessos, em algumas situações muito sangrentos, na disciplina militar. Convencido de que seu destino era governar os espanhóis, foi por duas vezes Presidente do Conselho de Ministros e chegou a chefiar o Estado como Regente durante a menor-idade de Isabel II. Foi o único militar espanhol a ser tratado por Alteza Real e, apesar de todas suas contradições, soube passar despercebido seus últimos 28 anos. Recusou a Coroa Espanhola e foi tratado como uma lenda desde bem jovem.

O mais novo de oito irmãos, era filho de um fabricante de carroças e pequeno fazendeiro que provinha de linhagem nobre. Três de seus irmãos eram padres e uma irmã, freira clarissa. Em Granátula, estudou latim e humanidades. Cursou seus primeiros estudos oficiais no Seminário de Almagro, onde residia um de seus irmãos, da ordem dos dominicanos, e obteve o título de Bacharel em Arte e Filosofia. Almagro contava com sua própria Universidade desde 1553 concedida por ordem expressa do rei Carlos I e era uma cidade muito ativa e próspera. Seu pai desejava para Espartero uma formação eclesiástica, mas o destino descartou essa possibilidade.

 ver·editar Imagem aleatória
 ver·editar Relacionados
          Wikiprojetos          




          Portais          
Noia 64 apps kworldclock.png
Nuvola apps kdmconfig.png
História Sociedade
 ver·editar Como colaborar

Agradecemos o seu interesse por ampliar e melhorar os artigos relacionados com Biografias na Wikipédia! Abaixo algumas coisas que esperam a sua colaboração.

Colabore!


 ver·editar Sabia que...
 ver·editar Neste dia...
 ver·editar Categorias
 ver·editar Tópicos
 ver·editar Wikimedia
Biografias no Wikinotícias     Biografias no Wikiquote     Biografias no Wikilivros     Biografias no Wikisource     Biografias no Wikcionário     Biografias na Wikiversidade     Biografias no Wikivoyage     Biografias no Commons
Notícias Citações Livros didáticos e manuais Biblioteca Definições Recursos de aprendizado Guias de viagem Imagens e mídia
https://pt.wikinews.org/wiki/Special:Search/BiografiasWikinews-logo.png
https://pt.wikiquote.org/wiki/Special:Search/BiografiasWikiquote-logo.svg
https://pt.wikibooks.org/wiki/Special:Search/BiografiasWikibooks-logo.png
https://pt.wikisource.org/wiki/Special:Search/BiografiasWikisource-logo.svg
https://pt.wiktionary.org/wiki/Special:Search/BiografiasWiktionary-logo.svg
https://pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/BiografiasWikiversity-logo.svg
https://pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/BiografiasWikivoyage-Logo-v3-icon.svg
//pt.wikipedia.org/wiki/Especial:Search/Commons:BiografiasCommons-logo.svg
Erro de citação: Elemento <ref> inválido; refs sem parâmetro de nome devem ter conteúdo associado


Emival Ramos Caiado Filho nasceu em Goiânia, filho do falecido Senador Emival Ramos Caiado, autor da Lei que marcou a data da mudança da Capital para Brasília. Ele seria a 5ª geração consecutiva e direta de senadores por Goiás, porém optou por uma carreira empresarial, ”o processo democrático brasileiro sofreu uma deturpação”, cita com frequência. Graduado em engenharia civil pela Universidade de Brasília – UNB, em 1977, empresário desde 1980 e piloto de avião desde 1982. Negócios Inicialmente trabalhou como empresário na construção de prédios em Brasília, por 5 anos. Após esse período, devido à recessão que o Brasil atravessou nos anos 80, utilizando uma fazenda de 500 ha que seu pai lhe doou, iniciou a atividade empresarial em agricultura e 3 anos após em pecuária. Ao longo de 10 anos, sempre desenvolvendo jornada de trabalho de 14 horas diárias e normalmente 7 dias por semana, reinvestindo lucros, adquiriu diversas fazendas e implantou cerca de 60 projetos de lavoura, pecuária, reflorestamento e, sobretudo de irrigação, tendo implantado pastagens em cerca de 50.000 ha. Produz hoje carne bovina suficiente para alimentar cerca de 150.000 pessoas. Nos anos 90 tendo atingido sua meta na atividade agropecuária, criou a Rialma S.A, empresa com forte viés de preocupação ambiental. Essa empresa sempre atuou com energia limpa e renovável, construiu 5 PCH`s em Goiás que geram hoje energia elétrica suficiente para atender o consumo de 300.000 pessoas. A Rialma sempre é a projetista, epcista e a executora de seus projetos, e dessa forma consegue minimizar os custos, sempre conseguindo os menores prazos. Em 2011 com a demora em obter licenciamento ambiental para PCH`s em Goiás, encerrou as atividades de construção de PCH`s e fechou 2.000 postos de trabalho no Estado, postos esses que estão sendo reabertos no Nordeste do Brasil. Sempre atento aos compromissos de geração de energia limpa, renovável e ambientalmente corretas, iniciou no Nordeste a prospecção pelos melhores sites para geração de energia eólica. Assim foram arrendadas 450 fazendas, elaborado projetos e obtidas licenças para cerca de 2000MW de geração de energia eólica. Energia essa suficiente para atender, por exemplo, uma vez e meia todo o consumo do Estado do Rio Grande do Norte. Em 2017, a fim de viabilizar esses parques eólicos, venceu 3 leilões de linhas de transmissão. Essas linhas são projetos estratégicos para o escoamento de energia eólica do Nordeste, ao todo são 500 km de linha de transmissão com a capacidade de abastecer 30 milhões de residências. Em 2019, já concluiu a implantação do primeiro lote e está construindo o segundo, com finalização prevista para dezembro de 2019. Em 2019, também está concluindo a implantação de um projeto de mineração da rocha fosfática orgânica natural, em Taipas no Tocantins. O produto é destinado ao uso de fertilizantes agrícolas, favorecendo a produção de grãos e forragens alinhada aos novos conceitos de lavoura sustentável e ecologicamente correta. A indústria irá produzir insumos para uso anual de 200.000 hectares de lavoura de milho, soja, sorgo e algodão, culturas comuns na região de atuação da empresa e de alto potencial fotossintético.

Condecorações: • Tribunal Regional do Trabalho 18ª Região – Goiás A mais alta comenda, Ordem Anhanguera do Mérito Judiciário do Trabalho no grau Grande Cruz, por ser a empresa de construção pesada com menor índice de ações trabalhistas. • Medalha Emival Ramos Caiado – Câmara Municipal de Goiânia/Goiás Condecoração de sua cidade natal, Goiânia, a medalha com o nome do seu pai do Mérito Anticorrupção Senador Emival Ramos Caiado, alusiva à transparência e anticorrupção, conferida a pessoas que têm lutado com veemência pelo combate a corrupção.

 ver·editar Veja também
Recarregue o conteúdo desta página