Portal:Tecnologia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
 ver · editar Portal de Tecnologia


STS-114, External tank test.jpg
Tecnologia (do grego τέχνη — "técnica, arte, ofício" e -λογία[1] — "estudo") é o conjunto de técnicas, habilidades, métodos e processos usados na produção de bens ou serviços, ou na realização de objetivos, como em investigações científicas. Tecnologia pode ser o conhecimento de técnicas, processos e similares. Isso também pode ser embutido em máquinas para permitir a operação destas sem conhecimento detalhado do seu funcionamento. Sistemas (e.g. máquinas) que aplicam tecnologia ao pegar um input, mudando-o de acordo com o funcionamento do sistema e, então, produzindo um resultado são referidos como sistemas de tecnologia ou sistemas tecnológicos. A forma mais simples de tecnologia é o desenvolvimento e a utilização de ferramentas básicas. A descoberta pré-histórica de como controlar o fogo e a subsequente Revolução Neolítica aumentaram a disponibilidade de fontes de alimento, enquanto a invenção da roda auxiliou humanos a viajar, transportar cargas e controlar seu ambiente. Desenvolvimentos ao longo da história, como a prensa móvel, também conhecida como impressora, o telefone e a Internet diminuíram as barreiras físicas da comunicação e permitiram que os humanos interagissem livremente em uma escala global.
Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter
Mostrar novas seleções(Atualiza a página)
 ver · editar Artigo selecionado


Os raios X compõem o espectro eletromagnético, com comprimentos de onda menores que a luz visível. Diferentes tipos de aplicações utilizam diferentes partes do espectro de raois X.

A radiação X (composta por raios X) é uma forma de radiação eletromagnética, de natureza semelhante à luz. A maioria dos raios X possuem comprimentos de onda entre 0,01 a 10 nanómetros, correspondendo a frequências na faixa de 30 petahertz a 30 exahertz (3×1016 Hz a 3×1019 Hz) e energias entre 100 eV até 100 keV. Os comprimentos de onda dos raios X são menores do que os raios ultravioleta (UV) e tipicamente maiores do que a dos raios gama. Os raios X foram descobertos em 8 de novembro de 1895 pelo físico alemão Wilhelm Conrad Röntgen.

A produção de raios X se deve principalmente devido à transições de elétrons nos átomos, ou da desaceleração de partículas energéticas carregadas. Como toda energia eletromagnética de natureza ondulatória, os raios X sofrem interferência, polarização, refração, difração, reflexão, entre outros efeitos. Embora de comprimento de onda muito menor, sua natureza eletromagnética é idêntica à da luz.

História


Tubo de Crookes
Em uma ampola de vidro, William Crookes submeteu um gás a pressão ambiente e a altas tensões, por meio de duas placas metálicas localizadas no fundo e na frente da ampola, cada qual carregada com cargas diferentes. Quando a diferença de potencial entre as placas era suficientemente grande, os elétrons saiam do cátodo (placa carregada negativamente), colidiam com moléculas do gás, ocorrendo a sua ionização e/ou liberação de luz devido às transições eletrônicas dos átomos do gás, iluminando assim, toda a ampola.

O tubo de vidro é evacuado a uma pressão de ar, de cerca de 100 Pascais; lembre-se que a pressão atmosférica é 1,01*10^5 Pascais. O ânodo é um alvo metálico grosso, é assim feito a fim de dissipar rapidamente a energia térmica que resulta do bombardeamento com os raios catódicos.

Uma tensão alta, entre 30 a 150 kV, é aplicada entre os elétrodos; isso induz uma ionização do ar residual e, assim, um feixe de electrões do cátodo ao ânodo surge. Quando esses electrões acertam o alvo, eles são desacelerados, produzindo os raios-X.

...Arquivo
Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter
 ver · editar Biografia selecionada


James Watt
James Watt (Greenock, Escócia, 19 de Janeiro de 1736Heathfield Hall, Inglaterra, 25 de Agosto de 1819) foi um matemático e engenheiro escocês.

Construtor de instrumentos científicos, destacou-se pelos melhoramentos que introduziu no motor a vapor, que se constituíram num passo fundamental para a Revolução Industrial. Foi um importante membro da Lunar Society. Muitos dos seus textos estão atualmente na Biblioteca Central de Birmingham.

Investigações na área do vapor
Quatro anos após ter aberto sua loja, Watt iniciou seus experimentos com vapor, incentivado por seu amigo, o professor John Robinson. Watt nunca havia trabalhado com máquinas a vapor, mas mesmo assim ele persistiu na construção de um modelo. Encontrou muita dificuldade a princípio, mas continuou com seus experimentos, descobriu a importância do calor latente, e compreendeu a engenharia aplicada em tais máquinas, ao qual Joseph Black acabou por tornar-se famoso alguns anos mais tarde.

E com o apoio da Universidade, através de máquinas e equipamentos, pode pesquisar e fazer diversos experimentos na área. Até que ele mostrou que 80% do calor do aquecedor é consumido para esquentar o cilindro, por que o vapor é condensado e separado em um compartimento no pistão, que mantém o cilindro na mesma temperatura do vapor injetado. Tal pesquisa teve fim em 1765, e ele logo iniciou um novo trabalho.

Neste mesmo ano, inventou uma máquina a vapor com menores problemas de perda de energia em relação às bombas anteriores e que poderia também gerar movimento circular. Com o progresso da metalurgia, a máquina pode obter a precisão que requeria.

...Arquivo
Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter
 ver · editar Imagem selecionada


Réplica da Puffing Devil da Trevithick Society.

A Puffing Devil foi o primeiro veículo de transporte praticável do mundo, idealizado por Richard Trevithick em 1801. É o precursor das locomotivas a vapor.

...Arquivo
Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter
 ver · editar Sabia que...


 ver · editar Colaboração


Colabore!

Agradecemos o seu interesse por ampliar e melhorar os artigos relacionados com Tecnologia na Wikipédia! Abaixo algumas coisas que esperam a sua colaboração.

  • Ajude a manter este portal atualizado.
  • Deixe sua crítica ou sugestão na Página de discussão.
  • Crie artigos de destaque relacionados com tecnologia dando visibilidade ao assunto escolhido.
  • Adicione {{Portal3|Tecnologia}} em artigos relacionados.
Veja também
 ver · editar Categorias
 ver · editar Portais e WikiProjetos relacionados
 ver · editar Wikimedia


Tecnologia no Wikinotícias     Tecnologia no Wikiquote     Tecnologia no Wikilivros     Tecnologia no Wikisource     Tecnologia no Wikcionário     Tecnologia na Wikiversidade     Tecnologia no Commons
Notícias Citações Livros didáticos e manuais Biblioteca Definições Recursos de aprendizado Imagens e mídia
https://pt.wikinews.org/wiki/Special:Search/TecnologiaWikinews-logo.png
https://pt.wikiquote.org/wiki/Special:Search/TecnologiaWikiquote-logo.svg
https://pt.wikibooks.org/wiki/Special:Search/TecnologiaWikibooks-logo.png
https://pt.wikisource.org/wiki/Special:Search/TecnologiaWikisource-logo.svg
https://pt.wiktionary.org/wiki/Special:Search/TecnologiaWiktionary-logo-en.svg
https://pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/TecnologiaWikiversity-logo.svg
//pt.wikipedia.org/wiki/Especial:Search/Commons:TecnologiaCommons-logo.svg
  1. Liddell, Henry George; Scott, Robert (1980). A Greek-English Lexicon (Abridged Edition) (em inglês). United Kingdom: Oxford University Press. ISBN 978-0-19-910207-5