Portal:Aviação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Conteúdo · Temas gerais · Resumo do conhecimento · Portais · Categorias · Listas · Glossários · Índices · Índice A-Z

  Principal   Categorias e Tópicos   Colaboração e Projetos  
Bem vindos ao
Portal da Aviação

Este portal é parte integrante do Projeto Aviação.
O projeto livre que todos podemos editar.

8447 artigos de aviação em português
21 usuários ativos no projeto

Sugestões para o portal
Artigo destacado Apresentação
YF-23, apelidado de Gray Ghost (em baixo), a voar próximo ao YF-23 Black Widow II
O Northrop/McDonnell Douglas YF-23 foi uma aeronave protótipo de quinta geração, norte-americana, concebida para ser um caça furtivo bimotor da Força Aérea dos Estados Unidos (USAF). O seu design foi um dos finalistas no concurso Advanced Tactical Fighter (ATF), concorrendo contra o Lockheed YF-22 por um contrato de produção. Dois protótipos foram construídos, apelidados "Black Widow II" (Viúva Negra II) e "Gray Ghost" (Fantasma Cinzento).

Durante a década de 1980, a USAF iniciou um concurso para uma aeronave capaz de substituir os seus caças, motivada em grande parte pelo aparecimento de duas avançadas aeronaves soviéticas, o Sukhoi Su-27 e o Mikoyan Mig-29. Diversas construtoras submeteram propostas de design; a USAF seleccionou as propostas da Northrop e da Lockheed. A Northrop juntou-se à McDonnell Douglas para desenvolver o YF-23, enquanto a Lockheed, a Boeing e a General Dynamics desenvolveram o YF-22.

Embora o YF-23 fosse mais veloz e furtivo, era menos ágil que os equivalentes soviéticos. Após quatro anos de desenvolvimento e avaliações, o YF-22 foi anunciado como vencedor do concurso em 1991 e entrou em produção como o Lockheed Martin F-22 Raptor. A Marinha dos Estados Unidos pretendeu fazer uso do concurso ATF para substituir os seus F-14 Tomcat, porém estes planos foram cancelados.


Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Google+ Compartilhe via Twitter

Airplane silhouette.svg

Aviação é a atividade científico-tecnológica, econômica e de transportes que tem por objetivo o estudo, o desenvolvimento e a exploração (utilização, com ou sem fins comerciais) dos aeródinos. É comum as pessoas incorretamente associarem "aviação" como sinônimo de aeronáutica, embora na realidade a aviação seja apenas um dos dois ramos da aeronáutica, sendo o outro ramo a aerostação.

O desenvolvimento primordial da aviação teve início no século XVIII, com a construção do primeiro balão de ar quente, um veículo capaz de se deslocar pela atmosfera. Depois, os avanços mais significativos vieram com com George Cayley, que construiu o primeiro aeródino tripulado e fez os primeiros experimentos científicos com aerodinâmica, e posteriormente com os irmãos Wright e Santos Dumont, que são creditados como os pioneiros na construção dos aeroplanos. Desde então, a aviação vem evoluindo significativamente e tornando-se um importante meio de transporte.


Aviation Projects.png
Artigo bom Imagem em destaqueVE
Operação Paula (em alemão: Unternehmen Paula) foi o nome de uma operação militar ofensiva da Luftwaffe durante a Segunda Guerra Mundial, cujo objectivo era o de destruir definitivamente a Força Aérea Francesa aquando da Batalha de França, em 1940. No dia 10 de Maio a Wehrmacht (Forças Armadas da Alemanha Nazi) iniciaram a invasão da Europa Ocidental. A 3 de Junho, o Exército Britânico havia já batido em retirada de Dunquerque e do continente na Operação Dínamo, os Países Baixos e a Bélgica tinham-se rendido e grande parte do Exército Francês estava destruído ou capturado. Para completar a derrota francesa, os alemães iniciaram uma segunda fase na Batalha de França, a Operação Fall Rot, para conquistarem as restantes regiões ainda sob o controlo francês. Para que isto pudesse ser realizado, os alemães necessitavam de obter supremacia aérea. Assim, a Luftwaffe foi ordenada a destruir a Força Aérea Francesa ao mesmo tempo que providenciaria apoio terrestre ao Exército Alemão.

Para esta operação, os alemães juntaram uma força de cinco corpos aéreos, totalizando 1100 aeronaves. A operação foi iniciada no dia 3 de Junho de 1940. Contudo, os serviços de inteligência britânicos souberam desta operação antes de ela ser iniciada, e avisaram os franceses, fazendo com que estes se preparassem minimamente. Devido a este aviso prévio, o Oberkommando der Luftwaffe não conseguiu os resultados desejados, apesar de ter estabelecido superioridade aérea. Felizmente para a Luftwaffe e para os alemães, por esta altura as forças francesas estavam tão descoordenadas e fracas que a derrota/vitória parcial desta operação não impediu que a Wehrmacht derrotasse os franceses.


Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Google+ Compartilhe via Twitter

Biografia da semanaVE Aeronave da semanaVE
Júlio César Ribeiro de Sousa
Julio Cezar Ribeiro de Souza (Acará, 13 de junho de 1843Belém, 14 de outubro de 1887) foi um inventor brasileiro reconhecido como pioneiro no desenvolvimento da dirigibilidade aérea. Professor, autor de uma gramática premiada, poeta, jornalista, funcionário público, diretor da Biblioteca Pública do Pará e secretário de Estado. Porém, foi como homem de ciência que deixou sua marca na história.

Os primeiros passos
De família pobre estudou no seminário do Carmo em Belém. Praça voluntária em 28 de maio de 1861 , transferiu-se para a cidade do Rio de Janeiro, à época capital do império brasileiro, onde completou o curso preparatório da Escola Militar. Em 1866 seguiu para Montevidéu, onde se integrou às forças militares brasileiras na Guerra do Paraguai. Em 1870, chega de volta ao Pará e dedica-se ao jornalismo, poesia e ao estudo da física como autodidata. Em 1874, depois de observar o voo de pássaros amazônicos, passa a dedicar-se ao estudo das ciências aeronáuticas. Após seis anos de pesquisas, Ribeiro de Souza acredita que os balões devem ter formato assimétrico, com o centro de empuxo à frente. Após ter realizado conferência no Pará sobre suas ideias, parte para o Rio de Janeiro, onde vai ao encontro do Barão de Tefé, conhecido e respeitado na comunidade científica brasileira. O Barão de Tefé analisa os estudos de Julio Cezar Ribeiro de Souza, fica entusiasmado e pesquisa por um mês material europeu sobre aeronáutica. Desta forma consegue apoio do Instituto Politécnico do Rio de Janeiro então a maior instituição científica da América Latina. Com o apoio do Instituto e do governo imperial, consegue uma verba (20 contos de réis) da província do Pará.


Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Google+ Compartilhe via Twitter
Mikoyan-Gurevich MiG-31
O Mikoyan-Gurevich MiG-31 (designação NATO: Foxhound) é um caça de alta performance, capacitado para interceptar e destruir múltiplos alvos aéreos a altitudes entre os 50 e os 28 000 metros, em todas as condições atmosféricas de dia e de noite.

O desenvolvimento deste interceptor começou em 1970, baseado na célula do MIG-25 Foxbat, voou pela primeira vez em 16 de Setembro de 1975 e terão sido construídos desde 1979 505 exemplares nas suas várias versões.

Fez a sua apresentação mundial, quando apareceu em público pela primeira vez, no Salão Aeronáutico de Paris em Julho de 1991 participando tanto na exibição estática como na aérea.

Origens do projecto / Desenvolvimento
A génese do MIG-25 e do seu derivado MIG-31, têm origem num memorando secreto, que o então Presidente dos Estados Unidos, Dwight D. Eisenhower assinou em Novembro de 1954 autorizando voos de reconhecimento a grande altitude, sobre o território da ex-União Soviética dirigidos pela CIA. Inicialmente executados por aeronaves de reconhecimento Lockheed U-2 mas interrompidos pelo abate da aeronave pilotada por Francis Gary Powers no dia 1 de Maio de 1960 por acção de um míssil terra-ar, e continuados com o uso de balões estratosféricos, até ao aparecimento do avião de reconhecimento estratégico de alta altitude e velocidade mach 3 Lockheed SR-71, que nem sequer necessitava de sobrevoar o território alvo para executar a missão, devido a elevada altitude a que operava e a sofisticação dos meios ao dispor.

Nasce assim o projecto de um caça interceptor de elevadas performances destinado a manter invioladas as fronteiras domésticas. Designado Ye-155, voa pela primeira em 6 de Março de 1964 na versão de reconhecimento Ye-155R-1, devido a problemas de desenvolvimento no armamento especifico da versão de intercepção Ye-155P-1, a qual só faz o primeiro voo seis meses depois a 9 de Setembro de 1964.


Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Google+ Compartilhe via Twitter
21 de setembro na aviaçãoVE Eventos atuaisVE

Boeing B-29 Superfortress

Mais eventos: 20 de setembro21 de setembro22 de setembro





Vídeo em destaqueVE Sabia que...VE
Créditos: Autor: Usuário da Wikipédia > Cyberlima785 Fonte: Trabalho próprio do autor

Manobras de um dos aviões participantes na Red Bull Air Race realizadas em 3 de setembro de 2017.



... Rudolph Berthold, piloto alemão e ás da aviação durante a Primeira Guerra Mundial, foi abatido seis vezes sem paraquedas e sobreviveu, tendo sofrido ao longo dos abates tantos ferimentos que nos últimos meses da guerra pilotou apenas com um braço e mesmo assim abatia aviões inimigas??

... de acordo com um estudo realizado pela FlightGlobal, no dia 10 de Julho de 2017 existiam 28 235 aeronaves comerciais (jactos e aviões a hélice) no mundo, tendo-se registado um aumento de 65% em apenas nove anos? Fonte: Les Boeing restent plus nombreux que les Airbus dans la flotte mondiale - www.lesechos.fr

... em 1988, 13 anos antes dos Ataques de 11 de setembro de 2001, um avião foi sequestrado (Sequestro do voo 375 da VASP) e era planejado colidir contra o Palácio do Planalto, em Brasília.Fonte: Sequestrador tentou jogar avião no Planalto 13 anos antes do 11/09/2001 - g1.globo.com.

... Anny Fivya aos 30 anos, é agora a mais nova comandante de sempre a pilotar um Boeing 777? Fonte: A mais nova comandante a pilotar um Boeing 777 - observador.pt

... a Tenente-coronel Diná Azevedo, da Força Aérea Portuguesa, é a primeira mulher a ser assessora militar do Presidente da República Portuguesa? Fontes: Forças Armadas já tem uma mulher no curso para general - www.dn.pt e Marcelo escolheu uma verdadeira mulher de armas - www.dn.pt

Categorias Colabore
Colabore!

Agradecemos o seu interesse por ampliar e melhorar os artigos relacionados com a Aviação na Wikipédia! Abaixo algumas coisas que esperam a sua colaboração.


Este portal faz parte dos Avion silhouette.svg Projeto Aviação e Airport symbol.svg Projeto Aeroportos do Brasil


Nossos grupos
Veja também


Portal A Wikipédia possui o
Portal da Aviação



Portais e projetos relacionados
Aviação em outros projetos Wikimedia
Aviação no Wikinotícias     Aviação no Wikiquote     Aviação no Wikilivros     Aviação no Wikisource     Aviação no Wikcionário     Aviação na Wikiversidade     Aviação no Wikivoyage     Aviação no Commons
Notícias Citações Livros didáticos e manuais Biblioteca Definições Recursos de aprendizado Guias de viagem Imagens e mídia
https://pt.wikinews.org/wiki/Special:Search/Avia%C3%A7%C3%A3oWikinews-logo.png
https://pt.wikiquote.org/wiki/Special:Search/Avia%C3%A7%C3%A3oWikiquote-logo.svg
https://pt.wikibooks.org/wiki/Special:Search/Avia%C3%A7%C3%A3oWikibooks-logo.png
https://pt.wikisource.org/wiki/Special:Search/Avia%C3%A7%C3%A3oWikisource-logo.svg
https://pt.wiktionary.org/wiki/Special:Search/Avia%C3%A7%C3%A3oWiktionary-logo.svg
https://pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/Avia%C3%A7%C3%A3oWikiversity-logo.svg
https://pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/Avia%C3%A7%C3%A3oWikivoyage-Logo-v3-icon.svg
//pt.wikipedia.org/wiki/Especial:Search/Commons:Avia%C3%A7%C3%A3oCommons-logo.svg