Portal:Aviação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Conteúdo · Temas gerais · Resumo do conhecimento · Portais · Categorias · Listas · Glossários · Índices · Índice A-Z

  Principal   Categorias e Tópicos   Colaboração e Projetos  
Bem vindos ao
Portal da Aviação

Este portal é parte integrante do Projeto Aviação.
O projeto livre que todos podemos editar.

7195 artigos de aviação em português
12 usuários ativos no projeto

Sugestões para o portal

Artigo destacado Apresentação
YF-23, apelidado de Gray Ghost (em baixo), a voar próximo ao YF-23 Black Widow II
O Northrop/McDonnell Douglas YF-23 foi uma aeronave protótipo de quinta geração, norte-americana, concebida para ser um caça furtivo bimotor da Força Aérea dos Estados Unidos (USAF). O seu design foi um dos finalistas no concurso Advanced Tactical Fighter (ATF), concorrendo contra o Lockheed YF-22 por um contrato de produção. Dois protótipos foram construídos, apelidados "Black Widow II" (Viúva Negra II) e "Gray Ghost" (Fantasma Cinzento).

Durante a década de 1980, a USAF iniciou um concurso para uma aeronave capaz de substituir os seus caças, motivada em grande parte pelo aparecimento de duas avançadas aeronaves soviéticas, o Sukhoi Su-27 e o Mikoyan Mig-29. Diversas construtoras submeteram propostas de design; a USAF seleccionou as propostas da Northrop e da Lockheed. A Northrop juntou-se à McDonnell Douglas para desenvolver o YF-23, enquanto a Lockheed, a Boeing e a General Dynamics desenvolveram o YF-22.

Embora o YF-23 fosse mais veloz e furtivo, era menos ágil que os equivalentes soviéticos. Após quatro anos de desenvolvimento e avaliações, o YF-22 foi anunciado como vencedor do concurso em 1991 e entrou em produção como o Lockheed Martin F-22 Raptor. A Marinha dos Estados Unidos pretendeu fazer uso do concurso ATF para substituir os seus F-14 Tomcat, porém estes planos foram cancelados.


Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Google+ Compartilhe via Twitter

Airplane silhouette.svg

Aviação é a atividade científico-tecnológica, econômica e de transportes que tem por objetivo o estudo, o desenvolvimento e a exploração (utilização, com ou sem fins comerciais) dos aeródinos. É comum as pessoas incorretamente associarem "aviação" como sinônimo de aeronáutica, embora na realidade a aviação seja apenas um dos dois ramos da aeronáutica, sendo o outro ramo a aerostação.

O desenvolvimento primordial da aviação teve início no século XVIII, com a construção do primeiro balão de ar quente, um veículo capaz de se deslocar pela atmosfera. Depois, os avanços mais significativos vieram com com George Cayley, que construiu o primeiro aeródino tripulado e fez os primeiros experimentos científicos com aerodinâmica, e posteriormente com os irmãos Wright e Santos Dumont, que são creditados como os pioneiros na construção dos aeroplanos. Desde então, a aviação vem evoluindo significativamente e tornando-se um importante meio de transporte.


Aviation Projects.png
Artigo bom Imagem em destaqueVE
Conceito artístico do AFVG
O AFVG (Anglo-French Variable Geometry) foi uma aeronave experimental supersónica de combate táctico com uma asa de geometria variável, desenvolvida por uma parceria entre a British Aircraft Corporation no Reino Unido e a Dassault Aviation de França. O projecto foi cancelado em Junho de 1967, quando o governo francês retirou-se do projecto. A BAC modificou as especificações do caça para atender unicamente às necessidades da Força Aérea Real, reconfigurando o design como UKVG e procurando novos parceiros internacionais para desenvolver a aeronave, que no final resultou no Panavia Tornado.

Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Google+ Compartilhe via Twitter

Biografia da semanaVE Aeronave da semanaVE
Óscar Monteiro Torres
Óscar Monteiro Torres (Luanda, 26 de Março de 1889 - Laon, 20 de Novembro de 1917), foi um aviador e militar português, pioneiro da aviação em Portugal e o primeiro e único piloto português a morrer em combate durante a Primeira Guerra Mundial. Republicano convicto, defendeu a intervenção de Portugal na Primeira Guerra Mundial. Esta posição política obriga-o a viajar para Inglaterra, de onde será chamado pelo então coronel Norton de Matos, em 1915. Integrando o destacamento aéreo, Torres é um dos organizadores da Escola de Aviação de Vila Nova da Rainha. Em Fevereiro de 1916, acompanhado por António Maya e Alberto Lello Portela, recebeu formação de voo em Hendon, na Grã-Bretanha. Passou depois à Escola Northold do Royal Flying Corps, onde prestou provas como piloto militar. Realizou 25 horas de voo e obteve a classificação final de 20 valores. Depois de tirar o brevet em Inglaterra, este oficial de Cavalaria foi um dos aviadores do Corpo Expedicionário Português enviados para França durante a Primeira Guerra Mundial. Integrado na Esquadrilha SPA 65, ou Esquadrilha das Cegonhas, equipada com aviões SPAD S.VII e, com base em Soissons, o capitão Óscar Monteiro Torres acabou por ser abatido a 19 de Novembro de 1917 depois de ter travado um combate aéreo em circunstâncias de extrema desigualdade de forças: o piloto português ainda conseguiu abater dois Halberstadt alemães mas a seguir já nada pôde fazer contra a esquadrilha de Fokker, que o atingiu. Acabou por falecer no dia seguinte, a 20 de Novembro de 1917, no Hospital de Militar de Laon, no norte de França. Inicialmente sepultado pelos alemães, com honras militares, no cemitério de Laon, teve depois funeral nacional a 22 de Junho de 1930. Foi o primeiro aviador português a morrer em combate. Os seus restos repousam no Cemitério do Alto de São João, em Lisboa.

Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Google+ Compartilhe via Twitter
Boeing Vertol CH-46 Sea Knight
O Sukhoi Su-34 (Russo: Сухой Су-34); (OTAN: Fullback) (também designado como Su-32) é um caça-bombardeiro russo avançado de dois lugares. Possui o propósito de substituição do Sukhoi Su-24.

Baseado no Sukhoi Su-27 'Flanker', o Su-34 foi desenhado primariamente para engajamento contra alvos terrestres e navais(bombardeio tático e interdictor), em alvos individuais e grupos; podendo ser usado em missões diurnas quanto noturnas, condições favoráveis ou desfavoráveis de tempo, ambientes hostis sobre fogo inimigo e guerra eletrónica, assim como para reconhecimento aéreo.

Desenvolvimento
O Su-34 teve seu inicio de desenvolvimento prolongado. Em meados dos anos de 1980, a Sukhoi começou o desenvolvimento de um novo caça multiuso tático para substituir o Sukhoi Su-24 de asas de geometria variável o qual apresentava uma série de requisitos problemáticos. Assim, a Sukhoi escolheu o Su-27, que se destacava pela manobrabilidade e alcance, podendo carregar uma larga quantidade de armamentos, como base para o novo caça-bombardeiro. Mas especificamente, a aeronave foi desenvolvida do T10KM-2, o avião de treinamento derivado do Sukhoi Su-33. O desenvolvimento, conhecido internamente como T-10V, foi interrompido nos anos de 1980 com o fim do projeto do porta-aviões soviético Ulyanovsk; o qual foi parado devido a agitação política devido a dissolução da União Soviética.


Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Google+ Compartilhe via Twitter
21 de janeiro na aviaçãoVE Eventos atuaisVE

Mais eventos: 20 de janeiro21 de janeiro22 de janeiro




Treino de Busca e Salvamento

Vídeo em destaqueVE Sabia que...VE
Créditos: YouTube

Linha temporal dos movimentos de placa no Aeroporto de Melbourne.



Esquema de um motor turbofan

... a turbina é apenas uma das muitas peças que compõem um motor aeronáutico, presente principalmente nos tipos turbofan.

... aeronaves comerciais geralmente não podem manobrar no reverso sozinhas? Para ir para trás no solo elas precisam ser rebocadas por um caminhão chamado push back (na imagem).

... pilotos costumam cotejar (repetir) as instruções dos controladores no rádio para que ambos verifiquem se as instruções foram plenamente entendidas.

... A menor aeronave com motor a reação do mundo é o Bede BD-5J? Ele possui 6,55 m (21,5 ft) de envergadura, 4,13 m (13,5 ft) de comprimento e o empuxo máximo do motor turbojato de 132 kgf (1 290 N).

... agências reguladoras exigem que qualquer aeronave possa ser evacuada em até 90 segundos, como na evacuação do Voo US Airways 1549?

Categorias Colabore
Colabore!

Agradecemos o seu interesse por ampliar e melhorar os artigos relacionados com a Aviação na Wikipédia! Abaixo algumas coisas que esperam a sua colaboração.


Portal A Wikipédia possui o
Portal da Aviação



Portais e projetos relacionados
Aviação em outros projetos Wikimedia