Portal:Anarquia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
O PORTAL DO Anarchic a-white.svgNARQUISMO
 ver · editar Conteúdo selecionado relacionado ao anarquismo
Anarchy-symbol.svg
Anarquismo é uma ideologia política revolucionária que se opõe a todo tipo de dominação e hierarquia social, seja ela política, econômica, social ou cultural, como o Estado, o capitalismo, as instituições religiosas, o racismo, o sexismo e o patriarcado; o anarquismo também defende a autogestão, baseando-se fundamentalmente numa crítica da dominação. Os anarquistas defendem uma transformação social fundamentada em estratégias coerentes com seus fins, ou seja, através de movimentos e organizações libertárias e igualitárias nos moldes da sociedade que pretendem construir. Essas estratégias deverão permitir a transformação do sistema capitalista e estatista.

O anarquismo surgiu na segunda metade do século XIX, a partir da radicalização do mutualismo de Pierre-Joseph Proudhon no seio da Associação Internacional dos Trabalhadores (AIT), durante o final da década de 1860. Entre 1868 e 1894, o anarquismo já havia se desenvolvido significativamente e também havia sido difundido globalmente, e exerceu, até 1949, grande influência entre os movimentos operários e revolucionários, embora tenha continuado a exercer influência significativa em diversos movimentos sociais do período pós-guerra até a contemporaneidade, entre fluxos e refluxos.

As posições dos anarquistas são heterogêneas e o anarquismo tem sido marcado por diversos debates e divergências. Os debates mais relevantes se dão em torno da defesa da autogestão e da estratégia. Com base em discussões estratégicas acerca da organização anarquista, das lutas de curto prazo e da violência, estabelecem-se duas correntes do anarquismo: o anarquismo insurrecionário e o anarquismo social ou de massas. O anarquismo insurrecionário afirma que as lutas de curto prazo por reformas e que os movimentos de massa organizados são incompatíveis como anarquismo, dando ênfase à propaganda pelo ato como o principal meio para despertar uma revolta espontânea revolucionária. Já o anarquismo social ou de massas enfatiza a noção de que apenas movimentos de massa podem ser capazes de provocar a transformação social desejada pelos anarquistas, e que tais movimentos, constituídos normalmente por meio de lutas por reformas e questões imediatas, devem contar com a presença dos anarquistas, que devem trabalhar no sentido de radicalizá-los e transformá-los em agentes revolucionários.
Atalho: WP:ANA
Portal:Anarquia/Mutirão Anarquista Wikipediano Portal:Anarquia/Acervo_de_imagens Portal:Anarquia/Citação Portal:Anarquia/Você_sabia Portal:Anarquia/Calendário histórico
Mutirão Anarquista Wikipediano Acervo de Imagens Banco de Citações Banco de Curiosidades Calendário Histórico
 ver · editar Artigo em Destaque
Michele Angiolillo.jpg
Michele Angiolillo Lombardi (Foggia, 5 de junho de 1871, - Vergara, 20 de agosto de 1897) foi um tipógrafo anarquista italiano que assassinou o primeiro ministro Antonio Cánovas del Castillo em 8 de Agosto de 1896, em um balneário termal em Santa Águeda, em Mondragón.

As motivações de Angiolillo residem na necessidade moral de represália tanto à violência do governo espanhol contra os movimentos independentistas de Cuba e das Filipinas (locais em que o estado espanhol cometera milhares de assassinatos para garantir sua soberania) quanto às medidas repressivas desproporcionais que culminaram nos horrores dos Processos de Montjuïc contra libertários espanhóis e latino-americanos. Diante das marcas das torturas nos corpos de anarquistas que conhecera, e das narrativas trazidas das colônias, Angiolillo tomou para si como imperativa a necessidade de se vingar do governo que cometera tais atrocidades.

Preso na logo após cometer o regicídio Michele Angiolillo seria executado no garrote vil na prisão da cidade de Vergara quase um ano depois de sua ação. Desde então é considerado um dos grandes nomes do anarco-ilegalismo por sua vendetta individual, uma figura algo mítica de grande prestígio entre os libertários espanhóis.

 ver · editar Imagem do Acervo


Ravachol Portrait.jpg
Autoria desconhecida.

Foto de Ravachol enviada por Sante Caserio à viúva de Sadi Carnot, o presidente francês que acabara de assassinar. Junto um escrito Está bem vingado. Nos primeiros anos da década de 1890 Ravachol tornara-se notório por seus atentados a bomba no combate ao Capitalismo e ao Estado. No dia 11 de Julho de 1892 foi guilhotinado pelo estado francês em Montbrison aos 32 anos de idade.

 ver · editar Citação
Colin Ward
Uma sociedade que se auto-organiza sem autoridade, está sempre ao nosso alcance como uma semente debaixo da neve, enterrada pelo peso do Estado e sua burocracia...
 ver · editar 28 de julho

Copyleft Pirate symbol.svg

→ Colabore para a ampliação deste calendário traduzindo os dados referentes ao dia 28 de julho do calendário anglófono The Daily Bleed, do calendário francófono L’Ephéméride Anarchiste ou do catalão Anarcoefemèrides.

 ver · editar Sabia que...
Cnt 1910.jpg
 ver · editar Categorias
 ver · editar Portais relacionados
 ver · editar Colabore!

Agradecemos o seu interesse por ampliar e melhorar os artigos relacionados com o Anarquismo na Wikipédia! Abaixo algumas coisas que esperam a sua colaboração.