Portal:Judaísmo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Conteúdo · Temas gerais · Resumo do conhecimento · Portais · Categorias · Listas · Glossários · Índices · Índice A-Z

(Atualizar Conteúdos)
Hoje no calendário judaico é dia
25 do mês de Tevet do ano de 5777 .



Portal Judaísmo


Erro de expressão: caractere "'" não reconhecido

Este portal pretende reunir informações sobre os mais variados temas relacionados a primeira religião monoteísta do mundo, o judaísmo.
Neveh dekalim syna.jpg Kipá Shofar Torá Tfilin.jpg Tzitzith.jpg 2006 01 02 152930 świecznik ubt.jpeg Ari Ashkenazi Synagogue, prayer book.jpg 4mezuzut1.JPG Sinagoga en México DF.JPG Sukkah in Ein HaNatziv.jpg Neveh dekalim syna.jpg
 ver·editar Judaísmo
Menorah 0307.jpg

Judaísmo (em hebraico: יהדות, Yahadút) é uma das três principais religiões abraâmicas, definida como a "religião, filosofia e modo de vida" do povo judeu. Originário da Bíblia Hebraica (também conhecida como Tanakh) e explorado em textos posteriores, como o Talmud, é considerado pelos judeus religiosos como a expressão do relacionamento e da aliança desenvolvida entre Deus com os Filhos de Israel. De acordo com o judaísmo rabínico tradicional, Deus revelou as suas leis e mandamentos a Moisés no Monte Sinai, na forma de uma Torá escrita e oral.

O judaísmo afirma uma continuidade histórica que abrange mais de 3.000 anos. É uma das mais antigas religiões monoteístas e a mais antiga das três grandes religiões abraâmicas que sobrevive até os dias atuais. Os hebreus/israelitas já foram referidos como judeus nos livros posteriores ao Tanakh, como o Livro de Ester, com o termo judeus substituindo a expressão "Filhos de Israel."

Os judeus são um grupo etno-religioso e incluem aqueles que nasceram judeus e foram convertidos ao judaísmo. Em 2010, a população judaica mundial foi estimada em 13,4 milhões, ou aproximadamente 0,2% da população mundial total. Cerca de 42% de todos os judeus residem em Israel e cerca de 42% residem nos Estados Unidos e Canadá, com a maioria dos restantes na Europa. O maior movimento religioso judaico é o judaísmo ortodoxo (judaísmo haredi e o judaísmo ortodoxo moderno), seguido pelo judaísmo conservador e o judaísmo reformista. A principal fonte de diferença entre esses grupos é a sua abordagem em relação à lei judaica. O judaísmo ortodoxo sustenta que a Torá e a lei judaica são de origem divina, eterna e imutável, e que devem ser rigorosamente seguidas. Judeus conservadores e reformistas são mais liberais, com o judaísmo conservador, geralmente promovendo uma interpretação mais "tradicional" de requisitos do judaísmo do que o judaísmo reformista. A posição reformista típica é de que a lei judaica deve ser vista como um conjunto de diretrizes gerais e não como um conjunto de restrições e obrigações cujo respeito é exigido de todos os judeus.

 ver·editar População Judaica Mundial
± 15 milhões de judeus no mundo
Ásia
 Israel
5 996 000

 Irã
10 400

 Azerbaijão
6 400

 Índia
5 000

 Uzbequistão
4 500

 Cazaquistão
3 700

 Geórgia
3 200

 China
1 500

 Japão
1 000

outros
2 100





Total
6 034 700
América do Norte e Central
 Estados Unidos
5 165 000

 Canadá
374 000

 México
39 000

 Panamá
8 000

 Costa Rica
2 500

 Porto Rico
1 500

 Guatemala
900

 Cuba
500

outros
1 500






Total
5 582 900
América do Sul
 Argentina
184 000

 Brasil
95 600

 Chile
20 500

 Uruguai
17 500

 Venezuela
12 000

 Colômbia
2 700

 Peru
2 000

 Paraguai
900

 Equador
900

 Bolívia
500

outros
500



Total
337 100
África
 África do Sul
71 500

 Marrocos
2 700

 Tunísia
1 000

outros
1 400



Total
76 600
Oceania
 Austrália
104 000

 Nova Zelândia
7 500

outros
100



Total
111 500
Europa
 França
490 000

 Reino Unido
292 000

 Rússia
205 000

 Alemanha
119 000

 Ucrânia
71 500

 Hungria
48 600

 Países Baixos
30 000

 Bélgica
30 000

 Itália
28 400

 Turquia
17 600

 Suíça
17 000

 Bielorrússia
16 500

 Suécia
15 000

 Espanha
12 000

 Roménia
9 700

 Letónia
9 700

 Áustria
9 000

 Dinamarca
6 400

 Grécia
4 900

 Moldávia
4 100

 República Checa
3 900

 Polónia
3 200

 Lituânia
2 800

 Eslováquia
2 600

 Bulgária
2 000

 Estónia
1 800

 Croácia
1 700

 Sérvia
1 400

 Noruega
1 200

 Irlanda
1 200

 Finlândia
1 100

 Portugal
900

outros
2 000


Total
3 141 700
 ver·editar Artigos em destaque
Campo de trigo no kibutz En Hashlosha

Um kibutz [quibúts](hebraico: קיבוץ; plural: kibutzim: קיבוצים, "reunião" ou "juntos") é uma forma de colectividade comunitária israelita. Apesar de existirem empresas comunais (ou cooperativas) noutros países, em nenhum outro as comunidades colectivas voluntárias desempenharam papel tão importante como o dos kibutzim em Israel, onde tiveram função essencial na criação do Estado judeu.

Combinando o socialismo e o sionismo no sionismo trabalhista, os kibutzim são uma experiência única israelita e parte de um dos maiores movimentos comunais seculares na história. Os kibutzim foram fundados numa altura em que a lavoura individual não era prática. Forçados pela necessidade de vida comunal e inspirados por ideologia socialista, os membros do kibutz desenvolveram modo de vida em comunidade que atraiu interesse de todo o mundo. Enquanto que os kibutzim foram durante várias gerações comunidades utópicas, hoje eles são pouco diferentes das empresas capitalistas às quais supostamente seriam alternativa. Hoje, em alguns kibutzim, há uma comunidade comunitária e são adicionalmente contratados trabalhadores que vivem fora da esfera comunitária e que recebem salários, como em qualquer empresa capitalista.

Os kibutzim forneceram, a Israel, uma parte desproporcionalmente importante dos seus líderes intelectuais, políticos e militares. Apesar de o movimento dos kibutzim nunca ter excedido 7% da população de Israel, ele poderá ter contribuído, como poucas instituições em Israel, para cunhar a identidade cultural do país.


 ver·editar Artigo sobre festas judaicas (aleatório)
Fogueira de Lag BaOmer

Yom Yerushalayim ou Dia de Jerusalém (em hebraico *יום ירושלים - כ"ח באייר ) é um feriado nacional em Israel celebrado anualmente no dia 28 de Iyar.

De acordo com o Plano de Partilha da ONU de 1948, Jerusalém deveria ser uma cidade internacional, não pertencendo nem a um estado judaico, nem a nenhum estado árabe. Mesmo assim, durante a Guerra árabe-israelense de 1948, o controle da cidade foi dividida entre Israel e Jordânia.

No entanto, Jerusalém Oriental foi tomada por Israel em 1967, como resultado da Guerra dos Seis Dias. No dia 12 de março de 1968, o governo israelense proclamou o dia 28 de iyar como o feriado do Dia de Jerusalém. Em 23 de março de 1998, o Knesset aprovou a Lei do Dia de Jerusalém como um feriado nacional israelense.

 ver·editar Judeus que ganharam o prêmio Nobel (aleatório)
Tobias Michael Carel Asser Medalha Nobel
Política
Residência  Países Baixos
Nascimento 28 de abril de 1838
Local Amsterdã
Morte 29 de julho de 1913 (75 anos)
Local Haia
Atividade
Campo(s) Política
Prêmio(s) Nobel prize medal.svg Nobel da Paz (1911)

 ver·editar História Judaica
História judaica Calendário judaico Tribos de Israel Exílio Assírio Exílio Babilônico (Galut Bavel) 10 tribos perdidas Exílio Romano Expulsão dos judeus Holocausto Israel Tribos de Israel Primeiro Templo Segundo Templo Exílio Romano Shoftim Melachim Retorno a Sion Zugot Tanaim Amoraim Savoraim Gueonim Rishonim Acharonim Aliá Cronologia Bíblica Calendário gregoriano Período Templário Israel Exílio Aliá

*Clique no período desejado para mais informações

 ver·editar Você Sabia... (aleatório)
  • ...que segundo a Torá, na Mearat Hamachpelá estão enterrados três casais: Avraham e Sara, Yitschak e Rivka e Yaacov e Lea (os patriarcas do judaísmo). E o Talmud acrescenta que Adão e Eva também estão lá enterrados.
  • ...que a comunidade judaica de Nova Iorque foi originada por integrantes da comunidade judaica de Recife, quando estes foram expulsos de lá pelos portugueses?
  • ...que a estrela de David é chamada em hebraico de Maguen David, o 'escudo de David'?
  • ...que mais que 6.000.000 de judeus foram mortos pelos nazistas no maior genocídio da história, o holocausto, durante a Segunda Guerra Mundial?

 ver·editar Sinagogas no Mundo (aleatório)
Sinagoga da cidade de Afula, Israel

 ver·editar Parashat HaShavua-Porção Semanal da Torá

(28 de janeiro de 2017)

Ordens e Tratados da Mishná e do Talmud
Zeraim: Berachot | Peah | Damai | Kilaim | Sheviit | Terumot | Maasserot | Maasser Sheni | Chalá | Orlá | Bikurim
Moed: Shabat | Eruvin | Pessachim | Shekalim | Yoma | Sucá | Beitzá | Rosh Hashaná | Taanit | Meguilá | Moed Katan | Chaguigá
Nashim: Yebamot | Ketubot | Nedarim | Nazir | Sotá | Guitin | Kidushin
Nezikin: Baba Kama | Baba Metzia | Baba Batra | San'hedrin | Macot | Shevuot | Eduyot | Avodá Zará | Avot | Horayot
Kodashim: Zevachim | Menachot | Chulin | Bechorot | Arachin | Temurá | Keritut | Meilá | Tamid | Midot | Kinim
Tahorot: Kelim | Ohalot | Negaim | Pará | Taharot | Mikvaot | Nidá | Machshirin | Zavim | Tevul Yom | Yadaim | Okatzim


Ciclo de vida judaico
Nascimento: Brit milá | Zeved habat (Simchat Bat) | Nome hebraico | Resgate do primogênito (Pidyon Haben)
Maturidade: Upsherin | B'nai Mitzvah
Adulto: Lista de bençãos judaicas
Casamento: Shidduch | Casamento judaico | Niddah | Mikvá | Tzeniut
Judaísmo : Vida religiosa | Mitzvá | Torá | Talmude | Festas Judaicas
Cultura: Israel | Imigração para Israel (Aliá) | Tzedakah
Itens e Costumes Religiosos: Tzitzit | Talit | Tefilim | Kipá | Menorá | Peiot | Siddur
Morte : Chevra kadisha | Shiv'ah | Kaddish | Yizkor


Festividades judaicas
Tishrei: Rosh Hashaná | Jejum de Guedaliá | Yom Kipur | Sucot
Cheshvan:
Kislev: Chanucá
Tevet: Chanucá | Jejum de Dez de Tevet
Shevat: Tu Bishvat
Adar: Purim
Nissan: Pessach | Contagem do Ômer | Yom HaShoá
Iyar: Yom Hazikaron | Yom HaAtzmaut | Lag Baômer | Yom Yerushalayim
Sivan: Shavuot
Tamuz: Jejum de 17 de Tamuz
Av: Jejum de Tishá BeAv | Tu Beav
Elul: o mês de Selichot e Shofar
Outros: Shabat e Rosh Chodesh
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Artigos precisando de ajuda Ajuda

Artigos com Problemas

Por Desenvolver:
Talmud | Purim | Mishná | Rabino | Midrash | Kuzari | Homentasch | Zohar | Hillel, o ancião | Shammai

Artigos Pedidos
Talmud de Jerusalém | Talmud Babilônico | Símbolos judaicos | Havdalá | Chol Hamoed | Mishnê Torá | Shacharit
Yehuda HaNassí | Possek | Sefer haMitzvot (Saadia Gaon) | Eleazar ben Yossi | Shimon ben Azzai
Selichot | Kaparot | Moisés ben Jacó de Coucy | Savoraim | Sefer haMitzvot (Rambam) | Sefer haChinuch
Acharonim | Sefer haMitzvot haGadol | Sefer haMitzvot haKatan | Isaac de Corbeil | Sefer Yere'im | Eliezer de Metz
Sefer haMitzvot (Chafetz Chaim) | Aarão de Barcelona | Kidushin | Sotá | Imitatio dei | Minchá | Arvit | Mamzer
Yibum | Chalitzá | Tinok SheNishbá | Mumar | Eruv | Netilat Yadaim | Agadá | Sifre | Sifri | Três Semanas

Por reciclar
Religiosidade judaica | Sidur | Enoque | Haredi | Sefer Yetzirah | Festas judaicas

Por Traduzir
Kibutz


Categorias

judaismo | Cabala | Chassidismo | Festas judaicas | Judeus | Rabinos | Sinagogas | Religiosidade judaica | Símbolos judaicos | Sociedade | Textos judaicos

Participe do Projeto Judaísmo!

Wikimedia

Judaísmo no Wikinotícias     Judaísmo no Wikiquote     Judaísmo no Wikilivros     Judaísmo no Wikisource     Judaísmo no Wikcionário     Judaísmo na Wikiversidade     Judaísmo no Wikivoyage     Judaísmo no Commons
Notícias Citações Livros didáticos e manuais Biblioteca Definições Recursos de aprendizado Guias de viagem Imagens e mídia
https://pt.wikinews.org/wiki/Special:Search/Juda%C3%ADsmoWikinews-logo.png
https://pt.wikiquote.org/wiki/Special:Search/Juda%C3%ADsmoWikiquote-logo.svg
https://pt.wikibooks.org/wiki/Special:Search/Juda%C3%ADsmoWikibooks-logo.png
https://pt.wikisource.org/wiki/Special:Search/Juda%C3%ADsmoWikisource-logo.svg
https://pt.wiktionary.org/wiki/Special:Search/Juda%C3%ADsmoWiktionary-logo.svg
https://pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/Juda%C3%ADsmoWikiversity-logo.svg
https://pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/Juda%C3%ADsmoWikivoyage-Logo-v3-icon.svg
//pt.wikipedia.org/wiki/Especial:Search/Commons:Juda%C3%ADsmoCommons-logo.svg