Peiot

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes. Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Judeu Ortodoxo com longas peiot, Kotel, Jerusalém

Peiot (em hebraico פאות, é o plural da palavra hebraica pe'ah, "borda") designa os cachos de cabelos laterais característicos dos judeus ortodoxos, que cumprem este mandamento devido à ordenança de não raspar os lados da cabeça (Levítico 19:27: "Não raparás em torno de tua cabeça, nem tirarás as bordas da tua barba").

Na verdade, não é necessário deixar peiot tão longas, bastando apenas não raspar com lâmina de barbear os cantos da face, sendo permitido faze-lo com uma máquina de barbear.

Esta proibição inclui uma adicional [Talmud, Tratado Nazir, página 39]: não deixar aquele tufo no alto da cabeça que cresça para trás e fica trançado, como faziam os magos e feiticeiros, que chamamos de blorit.

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Peiot

Esta página contém alguns caracteres especiais e é possível que a impressão não corresponda ao artigo original.

Ícone de esboço Este artigo sobre judaísmo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.