Bet Din

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Um Bet Din ou Beth Din, ou ainda Beit Din (em hebraico: בית דין; transl.: "Casa do Julgamento", plural: Battei Din), é um Tribunal Rabínico composto por três pessoas observantes do judaísmo, especialistas no tema tratado, sendo que, ao menos um dos integrantes, deve ser um rabino ordenado de acordo com a Halachá.

Na antiguidade, o Beit Din era a pedra fundamental do sistema legal e jurídico na Terra de Israel. Atualmente, o Beit Din é investido de poderes para julgar inúmeros assuntos religiosos, tanto em Israel, quanto na Diáspora.

O Beit Din pode ser convocado para tratar de diversos assuntos, tais como divórcio, leis alimentares judaicas, questões de perdas e danos, conversões, entre outros temas ligados às leis e procedimentos judaicos.

A função de Bet Din varia para cada caso — desde de assuntos ligados a jurisprudência judaica (ver Halachá), até exames para uma conversão ao judaísmo. Um candidato a conversão ao judaísmo é examinado por um Beth Din para saber se é apto a continuar a conversão. O Beth Din por sua vez examina o quanto o candidato sabe sobre o judaísmo e seus conhecimentos sobre a Torá segundo a Halacha.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]