Aliados da Segunda Guerra Mundial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mapa do mundo com os participantes da Segunda Guerra Mundial. Os Aliados de cor verde (os mais recentes, que entraram no confronto após o ataque a Pearl Harbor, de cor verde mais claro), e as forças do Eixo de cor azul, com os países neutros de cor cinza.

Os Aliados foram os países que se opuseram às Potências do Eixo na Segunda Guerra Mundial. A União Soviética, os Estados Unidos, o Império Britânico e a China foram chamados de "os Quatro Grandes" dentre os aliados.[1][2] A França também fez parte dos Aliados antes da sua queda e após a Operação Tocha.[3] Já a Polônia foi o primeiro país aliado, pois sua invasão deu início à Segunda Guerra Mundial na Europa, enquanto o Brasil foi o único país da América Latina a enviar tropas para os campos de batalha europeus.

História[editar | editar código-fonte]

Chiang Kai-Shek, Franklin D. Roosevelt e Winston Churchill em 25 de Novembro de 1943 durante a segunda conferência do Cairo.

Os países participantes da Tríplice Entente na Primeira Guerra Mundial foram depois basicamente os mesmos Aliados da Segunda Guerra Mundial, inicialmente liderados pela França e pelo Reino Unido. Em 1941, a União Soviética juntou-se aos Aliados, logo após o ataque alemão (operação Barbarossa), que marcou a quebra do pacto nazi-soviético.

Datas em que cada país se juntou aos Aliados[editar | editar código-fonte]

Esta seção pretende informar em que dia e em que circunstância cada país que combateu ao lado dos Aliados se juntou à aliança.

Países que se juntaram após a Invasão da Polônia (1939)[editar | editar código-fonte]

Países que se juntaram depois da Invasão da Noruega e Dinamarca (1940)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Operação Weserübung

Países que se juntaram depois da Guerra de Mentira (1940)[editar | editar código-fonte]

Países que se juntaram depois do ataque a Pearl Harbor (1941)[editar | editar código-fonte]

Países que se juntaram depois da declaração das Nações Unidas (1942)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Declaração das Nações Unidas

Países que se juntaram após o Dia D (1944)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Batalha da Normandia

"Neutros"[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Sainsbury, Keith (1986). The Turning Point: Roosevelt, Stalin, Churchill, and Chiang Kai-Shek, 1943: The Moscow, Cairo, and Teheran Conferences (em inglês). Oxford: Oxford University Press 
  2. Maiolo, Joseph (2015). The Cambridge History of the Second World War Volume 2: Politics and Ideology (em inglês). Cambridge: Cambridge University Press. p. 313-314 
  3. Joseph E. Brant; "Segredos da guerra psicológica: reminiscências da Segunda Guerra Mundial" Ed. Difusora Cultural, 1967 Pág.66 item 3

Ligações externas[editar | editar código-fonte]