República Popular da Mongólia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mongolian People's Republic.svg
Бүгд Найрамдах Монгол Ард Улс
Bügd Nairamdakh Mongol Ard Uls

República Popular da Mongólia
Flag of Mongolia (1911-1921).svg
1924 – 1992 Flag of Mongolia.svg
Flag Brasão
Bandeira Brasão
Continente Ásia
Capital Ulan Bator
Língua oficial Mongol
Governo Estado socialista
Estado comunista
História
 • 1924 Fundação
 • 1992 Dissolução

A República Popular da Mongólia (mongol: Бугд Найрамдах Монгол Ард лс, БНМАУ) foi um Estado socialista na Ásia Central, que existiu entre 1924 a 1992, dando lugar ao actual estado da Mongólia, em 1992. Ao longo de sua história, o Estado continuou a ser um aliado da União Soviética.

Formação[editar | editar código-fonte]

De 1691 a 1911, a Mongólia Exterior foi governada pela dinastia Qing. Na primeira década do Século XX, o governo Qing começou a implementar as chamadas Políticas Novas, visando uma maior integração da Mongólia Exterior. Perturbados com a perspectiva da colonização semelhante aos desenvolvimentos na Mongólia Interior, durante o Século XIX, a nobreza da Mongólia se voltou para o apoio do Império Russo.

Em agosto de 1911, uma delegação Mongol foi para São Petersburgo e obteve a promessa de suporte limitado. Quando eles retornaram, a Revolução Xinhai que eventualmente levou ao colapso da dinastia Qing começou, e em dezembro de 1911 os mongóis depuseram o amban Qing em Ikh Khuree e declararam a sua independência sob a liderança da 8a Jebtsundamba Khutuktu, que foi nomeada Bogd Khan da Mongólia, rompendo com a dinastia Qing.

As tentativas de incluir a Mongólia Interior ao novo estado falharam por diversas razões, incluindo a fraqueza militar dos mongóis interiores para alcançar a sua independência, a falta de auxílio russo a estes (A Rússia estava presa em assuntos da Mongólia Interior por tratados secretos com o Japão), e a falta de apoio de uma parte dos nobres e do alto clero da Mongólia Interior. No Acordo de Khiagt em 1915, a China, Rússia e Mongólia concordaram sobre o estatuto da Mongólia como uma região autônoma sob a soberania chinesa.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.