Conselho para Assistência Econômica Mútua

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Comecon)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Conselho para Assistência Econômica Mútua
(COMECON)
Logótipo
Tipo Organização Econômica
Fundação 5 de janeiro de 1949
Extinção 28 de junho de 1991
Sede Moscou,  União Soviética
Membros
Línguas oficiais Russo
Alemão
Polonês
Búlgaro
Mongol
Tcheco
Romeno
Vietnamita
Húngaro
Espanhol

O COMECON (Council for Mutual Economic Assistance, ou Conselho para Assistência Econômica Mútua) foi fundado em 1949, e visava a integração econômica das nações do Leste Europeu.[1]

Os países que pertenciam a organização internacional foram a União Soviética, Alemanha Oriental (1950-1990), Tchecoslováquia, Polônia, Bulgária, Hungria e Romênia entre outros.

Mais tarde outros países juntaram-se ao COMECON: Mongólia (1962), Cuba (1972) e Vietnã (1978). O aparecimento do COMECON surgiu no contexto europeu após o final da Segunda Guerra Mundial, do qual resultou a destruição de parte do continente Europeu e surgindo como a resposta soviética ao plano edificado pelos Estados Unidos, o Plano Marshall, que visava apoiar a reconstrução econômica da Europa Ocidental.

Esta organização extinguiu-se em 1991.

O COMECON pode ser considerado uma resposta soviética ao Plano Marshall americano, afinal durante a Guerra Fria os dois blocos mantiveram-se sempre em equilíbrio. Por exemplo, foram criados também durante esse período a OTAN (EUA) em 1949 e o Pacto de Varsóvia (URSS), criado em 1955, dois pactos militares que tinham como objetivo proteger e unir os países membros.

Países[editar | editar código-fonte]

Membros[editar | editar código-fonte]

Membros do COMECON em 1986
  Membros
  Membros não participantes
  Associados
  Observadores
Bandeira do COMECON
País Entrada Nota
 Albânia 1949 Deixou de participar em 1961
 Bulgária 1949 Deixou de participar em 1991
 Checoslováquia 1949 Deixou de participar em 1991
 Hungria 1949 Deixou de participar em 1991
 Polónia 1949 Deixou de participar em 1991
Roménia 1949 Deixou de participar em 1991
 União Soviética 1949 Deixou de participar em 1991
 Alemanha Oriental 1950 Deixou de participar em 1990
Mongólia 1962 Deixou de participar em 1991
 Cuba 1972 Deixou de participar em 1991
 Vietnã 1978 Deixou de participar em 1991

Associados[editar | editar código-fonte]

País Entrada Nota
Iugoslávia 1964 Deixou de participar em 1991

Observadores[editar | editar código-fonte]

País Entrada Nota
 China 1950 Deixou de participar em 1961
 Coreia do Norte 1956 Deixou de participar em 1991
 Finlândia 1973 Deixou de participar em 1991
 Iraque 1975 Deixou de participar em 1991
 México 1975 Deixou de participar em 1991
 Angola 1976 Deixou de participar em 1991
Nicarágua 1984 Deixou de participar em 1991
 Moçambique 1985 Deixou de participar em 1991
 Afeganistão 1986 Deixou de participar em 1991
 Etiópia 1986 Deixou de participar em 1991
Laos 1986 Deixou de participar em 1991
 Iêmen do Sul 1986 Deixou de participar em 1990

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Conselho para Assistência Econômica Mútua». Encyclopædia Britannica Online (em inglês). Consultado em 19 de dezembro de 2019