Marxismo-leninismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido de «Marxisme-léninisme» na Wikipédia em francês (desde janeiro de 2017). Ajude e colabore com a tradução.
Retratos de Marx, Engels, Lenin e Stalin durante comemoração do 1º de maio, em Berlim, RDA, 1953.

Marxismo-leninismo, termo resultante da justaposição das palavras marxismo e leninismo, designa a doutrina oficial da tendência majoritária do movimento comunista - isto é, dos partidos e dos estados alinhados à antiga URSS ou à República Popular da China - durante a maior parte do século XX.

Surgido no final dos anos 1920, após a morte de Lenin, o termo foi criado para expressar, mais que uma certa interpretação do marxismo, uma continuidade entre o pensamento de Marx e o de Lenin, destacando o aporte criador deste último ao marxismo.[1] Expressa também a transformação do leninismo em ortodoxia, durante o período stalinista, quando o termo marxismo-leninismo acabou por substituir leninismo, e a denominação "marxista-leninista" passou a designar a doutrina oficial da União Soviética, bem como dos partidos membros da Internacional comunista. De fato, o termo refere-se à interpretação stalinista do pensamento de Lenin. [2] Tal interpretação seria alçada à condição de única possível e verdadeira, sendo qualquer outra, portanto, estigmatizada como herética.[3]

Depois de 1945, o marxismo-leninismo foi assumido como doutrina oficial também pelos demais estados comunistas e assim permaneceu mesmo após a desestalinização, embora tenham sido criadas numerosas variantes - tais como maoismo, o Juche e o titoísmo -, para atender a especificidades dos contextos nacionais ou a imperativos políticos de cada momento.

Doutrina oficial dos países do chamado Bloco do Leste até o fim da guerra fria, o marxismo-leninismo continua a fazer parte das referências dos partidos e regimes comunistas atuais.

Referências

  1. Labica y Bensussan, 1985, p. 716
  2. (em inglês) New World Encyclopedia: Marxism-Leninism
  3. Courtois, 2007, p. 348

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • (em francês) Colas, Dominique. Lénine et le léninisme. Presses universitaires de France, 1987 ISBN 978-2130414469
  • (em francês) Labica, Georges e Bensussan, Gérard (orgs) Dictionnaire critique du marxisme. Presses universitaires de France, 1985 ISBN978-2130387398
  • (em inglês) Brown, Archie. The Rise and fall of communism. Vintage Books, 2009 ISBN 978-1845950675
  • (em francês) Courtois, Stéphane (org.) Dictionnaire du communisme. Paris: Larousse, 2007 ISBN978-2035837820
  • (em francês) Riasanovsky, Nicholas. Histoire de la Russie. Robert Laffont, 1999 ISBN 978-2221083994
Ícone de esboço Este artigo sobre comunismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.