Estatuto de Westminster

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Uniões pessoais e legislativas das
Nações constituintes do Reino Unido
Devolução
Soberania

O Estatuto de Westminster, assinado em 11 de dezembro de 1931, foi uma emenda do Parlamento do Reino Unido que estabeleceu o status de iguais entre os diferentes domínios independentes do Império Britânico e do Reino Unido. Este estatuto deu aos países, ex-colônias inglesas, Austrália, Canadá, África do Sul e Nova Zelândia, total independência política.[1]

Anteriormente ao tratado, o papel do Ministério do Exterior dos três países era desempenhado pelo Reino Unido, motivo pela qual os três países entraram automaticamente em guerra com o início da primeira guerra mundial.

Referências

  1. "Statute of Westminster 1931". Página acessada em 9 de março de 2016.
Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre política ou um cientista político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.