Restauração francesa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa



Royaume de France
Reino da França
Flag of France.svg
1814–1815
1815-1830
Flag of France.svg
Flag Brasão
Bandeira Real Brasão de Armas
Lema nacional
Montjoie Saint Denis!
Hino nacional
"Le Retour des Princes français à Paris"


Localização de França
Reino da França em 1815
Continente Europa
Região Europa Ocidental
País França
Capital Paris
Língua oficial Francês
Religião Catolicismo[1]
Governo Monarquia constitucional
Rei
 • 1814–1815, 1815-1824 Luís XVIII
 • 1824–1830 Carlos X
Primeiro-Ministro
 • 1815 Príncipe de Talleyrand
 • 1815–1818 Duque de Richelieu
 • 1818–1819 Marquês Dessolles
 • 1819–1820 Conde Decazes
 • 1820–1821 Duque de Richelieu
 • 1821–1828 Conde de Villèle
 • 1828–1829 Visconde de Martignac
 • 1829–1830 Duque de Polignac
Legislatura Parlamento
 - Câmara Superior Câmara dos Pariatos
 - Câmara Inferior Câmara dos Deputados
Período histórico Século XIX
 • 6 de abril de 1814 Restauração
 • 30 de maio de 1814 Tratado de Paris
 • 4 de junho de 1814 Constituição
 • março-julho de 1815 Cem Dias
 • 6 de abril de 1823 Invasão da Espanha
 • 26 de julho de 1830 Revolução de Julho
Área
 • 1815 560 000 km2
Moeda Franco

A Restauração Francesa ou Restauração Bourbon é o nome dado ao período histórico francês entre a queda de Napoleão Bonaparte em 1814 até a Revolução de Julho em 1830.

O rei Luís XVI havia sido deposto e executado durante a Revolução Francesa, que acabou sendo seguida pela Primeira República Francesa e então pelo Primeiro Império Francês. Uma coligação de potências europeias derrotou Napoleão em 1814, encerrando seu império e restaurando a monarquia para os herdeiros de Luís XVI.

A restauração durou desde aproximadamente o dia 6 de abril de 1814 até as revoltas populares da Revolução de Julho de 1830, exceto por um período em 1815 conhecido como o "Governo dos Cem Dias", quando Napoleão voltou de seu exílio e depôs Luís XVIII com ajuda do exército e da insatisfeita população francesa. Ele acabou logo depois sendo derrotado na Batalha de Waterloo e Luís XVIII voltou ao trono.

Durante a restauração, o novo regime Bourbon era uma monarquia constitucional diferente do Antigo Regime absolutista, tendo limites em seu poder. O período foi caracterizado por reações bem conservadoras e consequentemente pequenas, porém constantes, perturbações e inquietações civis.[2] Também teve o restabelecimento da Igreja Católica como um grande poder nas políticas francesas.[3]

Referências

  1. Furet 1995, p. 271.
  2. Davies 2002, pp. 47–54.
  3. Furet 1995, p. 296.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Alexander, Robert (2003). Re-Writing the French Revolutionary Tradition: Liberal Opposition and the Fall of the Bourbon Monarchy. [S.l.]: Cambridge University Press. ISBN 0-521-80122-2 
  • Bury, J.P.T. (2003). France, 1814–1940. [S.l.]: Routledge. ISBN 0-415-31600-6 
  • Charle, Christophe. A Social History of France in the 19th Century (1994) pp 1–52
  • Crawley, C. W. (1969). The New Cambridge Modern History. Volume IX: War and Peace in an Age of Upheaval, 1793–1830. Cambridge: Cambridge University Press. ISBN 978-0-521-04547-6 
  • Davies, Peter (2002). The Extreme Right in France, 1789 to the Present: From De Maistre to Le Pen. [S.l.]: Routledge. ISBN 0-415-23982-6 
  • Furet, François (1995). Revolutionary France: 1770–1880. [S.l.]: Wiley Blackwell. ISBN 0-631-19808-3 
  • Fuye, Maurice de La; Babeau, Émile Albert (1956). «Truth beyond the Atlantic, Error on his Side». The Apostle of Liberty: Life of La Fayette. [S.l.]: T. Yoseloff 
  • Hudson, Nora Eileen (1973). Ultra-Royalism and the French Restoration. [S.l.]: Octagon Press. ISBN 0-374-94027-4 
  • Ingram, Philip (1998). Napoleon and Europe. [S.l.]: Nelson Thornes. ISBN 0-7487-3954-8 
  • Jardin, Andre, and Andre-Jean Tudesq. Restoration and Reaction 1815-1848 (1988)
  • Pilbeam, Pamela (1999). Alexander, Martin S., ed. French History Since Napoleon. [S.l.]: Arnold. ISBN 0-340-67731-7 
  • Kent, Sherman (1975). The Election of 1827 in France. [S.l.]: Harvard University Press. ISBN 0-674-24321-8 
  • Kirkup, T. (1892). A History of Socialism. London: Adam and Charles Black 
  • Price, Munro. (2008). The Perilous Crown: France between Revolutions. Great Britain: Pan. ISBN 978-0-330-42638-1 
  • Tombs, Robert (1996). France 1814–1914. London: Longman. ISBN 0-582-49314-5 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Restauração francesa
Ícone de esboço Este artigo sobre Estado extinto, integrado ao Projeto Estados Extintos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.