Prémio Pessoa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Prémio Pessoa
Descrição Prémio para a pessoa ou pessoas, de nacionalidade portuguesa, que se tenha distinguido como protagonista na vida científica, artística ou literária
Organização Jornal Expresso e Caixa Geral de Depósitos
País  Portugal
Primeira cerimónia 1987
Sítio oficial

O Prémio Pessoa é um prémio português instituído em 1987 pelo jornal Expresso e patrocinado pelo banco Caixa Geral de Depósitos. É concedido anualmente à pessoa ou pessoas, de nacionalidade portuguesa, que durante esse período, e na sequência de actividade anterior, se tenha distinguido como protagonista na vida científica, artística ou literária.[1] A sua constituição, em 1987, resultou de uma iniciativa conjunta do Expresso e da Unisys (Portugal), que se estendeu por 21 edições, até 2007, inclusive.

Premiados[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Prémio Pessoa». infopédia. Consultado em 12 de dezembro de 2015 
  2. Lusa (17 de Dezembro de 2010). «Maria do Carmo Fonseca vence Prémio Pessoa». Destak. Consultado em 17 de Dezembro de 2010 
  3. «António Ramos Rosa». infopédia. Consultado em 12 de dezembro de 2015 
  4. a b c Lima, Rosa Pedroso (17 de Dezembro de 2010). «Maria do Carmo Fonseca ganha Prémio Pessoa». Expresso.pt. Consultado em 17 de Dezembro de 2010 
  5. «Eduardo Lourenço é o Prémio Pessoa 2011». 16-12-2011 
  6. «Escritor e tradutor Richard Zenith é Prémio Pessoa». 14-12-2012 
  7. «Investigadora Maria Manuel Mota vence Prémio Pessoa 2013». 13-12-2013 
  8. Expresso (12 de dezembro de 2014). «Henrique Leitão vence Prémio Pessoa». Consultado em 12 Dezembro 2014 
  9. «Rui Chafes vence Prémio Pessoa 2015 - Cultura - TSF Rádio Notícias». TSF Rádio Notícias. Consultado em 12 de dezembro de 2015 
  10. publico.pt (9 de dezembro de 2016). «Frederico Lourenço é o Prémio Pessoa 2016». Consultado em 9 de dezembro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]