Jennifer Rush

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jennifer Rush
Rush, em 1988
Informação geral
Nome completo Heidi Stern
Nascimento 28 de setembro de 1960 (58 anos)
Origem Queens, Nova Iorque
País Estados Unidos
Gênero(s) Pop rock, dance-rock
Instrumento(s) vocal
Período em atividade 1982-presente
Gravadora(s) CBS/Columbia
Página oficial Jennifer-Rush.com

Jennifer Rush, nome artístico de Heidi Stern (Queens, 28 de setembro de 1960) é uma cantora norte-americana de pop rock, mais conhecida pelo single "The Power of Love", lançado em 1985, que entrou para o Guinness Book como o single de uma cantora-solo mais vendido na história da indústria musical britânica, embora fosse praticamente desconhecida nos Estados Unidos.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Rush nasceu em Nova Iorque como Heidi Stern, filha de pai cantor de ópera e mãe pianista; a família mudou-se para a Alemanha quando ela tinha nove anos; quando adolescente ela retornou aos EUA mas retornou com o pai para o país europeu onde iniciou a carreira como cantora em contrato com a CBS/Columbia e mudou o nome para Jennifer Rush, usando sua "poderosa voz" e arranjos dance-rock.[1]

As canções que então lançou no mercado europeu a fizeram atingir o estrelato com sucessos como "Into My Dreams", "25 Lovers", "Ring of Ice", entre outras, culminando com o grande sucesso de Power of Love de 1985 do qual é co-autora; a canção fez parte de seu álbum de estreia nos EUA, sendo previamente lançado como single - mas atingiu ali apenas a 57ª posição nas paradas, falhando naquele mercado.[1]

O sucesso estadunidense da canção veio, finalmente, na voz duas outras cantoras, na década de 1990: Céline Dion e Laura Branigan, cujas versões atingiram o "top 40" (Dion atingiu o primeiro lugar em um mês, em 1994); somente após sua terceira tentativa de lançar-se no país natal é que ela emplacou uma canção no "top 40" com seu álbum "Heart Over Mind", graças ao dueto com Elton John em "Flames of Paradise" (37ª posição, em 1987).[1]

É na Europa contudo que a cantora manteve um grande público nos anos 1980 e 1990, em parcerias com compositores como Desmond Child e Diane Warren e artistas como Michael Bolton; a maioria de seus discos não foram sequer lançados nos Estados Unidos.[1]

Referências

  1. a b c d Tom Demalon. «Jennifer Rush biography». Billboard. Consultado em 6 de agosto de 2018. Cópia arquivada em 20 de agosto de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma cantora é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.