It's a Great Feeling

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
It's a Great Feeling
No Brasil Mademoiselle Fifi
 Estados Unidos
1949 •  cor •  85 min 
Direção David Butler
Produção Alex Gottlieb
Roteiro
Elenco
  • Dennis Morgan
  • Doris Day
  • Jack Carson
Gênero comédia musical
Direção de fotografia Wilfred M. Cline
Direção de arte Stanley Fleischer
Efeitos especiais
Figurino Milo Anderson
Edição Irene Morra
Companhia(s) produtora(s) Warner Bros.
Distribuição Warner Bros.
Idioma

It's a Great Feeling (bra Mademoiselle Fifi[1]) é um filme norte-americano de 1949, do gênero comédia musical, dirigido por David Butler e estrelado por Dennis Morgan, Doris Day e Jack Carson.[2]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Dennis Morgan Dennis Morgan
Doris Day Judy Adams
Jack Carson Jack Carson
Bill Goodwin Arthur Trent
Irving Bacon Caixa da ferrovia
Claire Carleton Grace
Mazzone-Abbott Dancers Dançarinas

Notas sobre a produção[editar | editar código-fonte]

O filme é uma sátira a Hollywood, novamente com Dennis Morgan e Jack Carson, a resposta menos efetiva da Warner Bros. à dupla Bing Crosby & Bob Hope, da Paramount Pictures.[3]

Diversos astros do estúdio aparecem em participações especiais: Errol Flynn, Gary Cooper, Joan Crawford, Sidney Greenstreet, Danny Kaye, Patricia Neal, Eleanor Parker, Edward G. Robinson, e a família Reagan, isto é, Ronald Reagan, Jane Wyman e Maureen, a filha do casal.[4] Além desses, há pontas dos diretores David Butler, Michael Curtiz, King Vidor e Raoul Walsh.

Doris Day interpreta várias composições de Jule Styne e Sammy Cahn, entre elas a canção título, que foi indicada ao Oscar.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Os produtores Dennis Morgan e Jack Carson procuram um diretor para seu projeto seguinte, mas ninguém aceita trabalhar com eles em virtude do ego gigantesco de Jack. Este decide dirigir o filme ele mesmo. O próximo problema é encontrar uma atriz que concorde em se submeter a Jack. Eles encontram Judy Adams, jovem garçonete da Warner Bros., mas passam todo o tempo previsto para as filmagens disputando as atenções da moça. Cansada de tudo isso, ela volta para sua cidade natal, no interior do Wisconsin, para casar-se com seu namorado de infância, Jeffrey Bushdinkel.[5]

Premiações[editar | editar código-fonte]

Patrocinador Prêmio Categoria Recipiente Situação
Academia de Artes e Ciências Cinematográficas Oscar 1950 Melhor canção original "It's a Great Feeling" Indicado[6]

Referências

  1. «Mademoiselle Fifi». Brasil: CinePlayers. Consultado em 13 de outubro de 2019 
  2. Hirschhorn, Clive (1986). The Warner Bros. Story (em inglês). Londres: Octopus Books. ISBN 9780706427578 
  3. Butler, Craig. «It's a Great Feeling» (em inglês). AllMovie. Consultado em 10 de setembro de 2017 
  4. Maltin, Leonard (2010). Leonard Maltin's Movie Guide - 2011 Edition (em inglês). Nova Iorque: New American Library. ISBN 9780451230874 
  5. Butler, Craig. «It's a Great Feeling» (em inglês). AllMovie. Consultado em 10 de setembro de 2017 
  6. «22.º Oscar - 1950». CinePlayers. Consultado em 13 de outubro de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.