Julio Iglesias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Julio Iglesias
Julio Iglesias
Julio Iglesias
Informação geral
Nome completo Julio José Iglesias Puga de la Cueva
Nascimento 23 de setembro de 1943 (71 anos)
Origem Madrid
País Flag of Spain.svg Espanha
Gênero(s) Latino, Pop latino
Ocupação(ões) cantor, compositor
Instrumento(s) vocal
Período em atividade 1968 - 2011
Gravadora(s) Columbia, Sony
Afiliação(ões) Willie Nelson
Diana Ross
Nelson Ned
Roberto Carlos
Thalía
Simone
Página oficial www.julioiglesias.com

Julio José Iglesias Puga de la Cueva (Madrid, 23 de setembro de 1943) é um ex-futebolista, cantor, compositor e empresário espanhol de fama internacional.

É filho de Julio Iglesias Puga (1915-2005), médico ginecologista nascido em Ourense na Galiza, e de María del Rosario de la Cierva y Periñon (1918-2002). Casaram-se em 1942 e divorciaram-se em 1983. Iglesias tem um irmão, Carlos (nascido em 1945) e, dois meios-irmãos: Jaime (nascido em 2004) e Ruth (nascida em 2006), fruto do segundo casamento do pai, em 2001[1] .

Iglesias dedicou-se inicialmente à sua carreira desportiva, com o objetivo de tornar-se um jogador profissional de futebol. Ele atuou no time juvenil do Real Madrid, na posição de goleiro, entre 1958 e 1962.[2] [3] [4] Mas, na noite de 22 de setembro de 1963, quando tinha 20 anos de idade, ao conduzir o seu carro entre Majadahonda e Madri, juntamente com os seus amigos Enrique Clemente Criado, Toto Arroyo e Pedro Luis, Iglesias sofreu um trágico acidente que o deixou semiparalisado durante um ano e meio, existindo poucas hipóteses de poder voltar a andar, internado no hospital Eloy Gonzalo, em Madri, ele passou a escrever poemas românticos, que encantaram uma das enfermeiras que o atendia, elas arrumaram um violão para Julio, que transformou seus poemas em música.

No final dos anos de 1960, já totalmente recuperado do acidente de carro, Julio procurou uma produtora musical para oferecer suas canções aos intérpretes da empresa. Os empresários propuseram que ele defendesse sua canção, La vida sigue igual, no Festival de Benidorm. Sagrado como grande vencedor, assinou seu primeiro contrato com a Columbia Records.

Monumento de Julio Iglesias em Benidorm

Marcado pela voz e seu detalhismo nas canções, além de grande carisma, se tornou o mais bem sucedido artista latino em todos os tempos, com números impressionantes: 300 milhões de cópias vendidas, 2600 discos de ouro e de platina, quatro mil espetáculos em mais de quinhentas cidades do mundo e uma canção tocada a cada trinta segundos. Estima-se que sua fortuna seja de mais de US$ 5 bilhões. Seu talento musical também se estende ao seu filho Enrique Iglesias, que se tornou um dos grandes pop stars da música pop internacional. Além de Enrique, Julio Iglesias também é pai de Chabeli Iglesias, Julio Iglesias Jr., Miguel Alejandro, Rodrigo, Victoria, Cristina e Guillermo.

Dentre os artistas brasileiros estão os duetos com: Daniel, Zezé di Camargo e Luciano, Simone, Nelson Ned e Roberto Carlos, de quem é fã.[5] . Em visita ao México nos anos 90, Julio se encantou pela beleza da cantora mexicana Thalía, tanto que cantou com ela em um programa local, e a convidou para participar de um de seus clipes Baila Morena, e ele retribuiu o favor participando do clipe de Amandote da mexicana.

Julio Iglesias possui atualmente duas residências, sendo que uma delas se localiza na ilha Indian Creek, em Miami, nos Estados Unidos, enquanto que a outra fica localizada em Punta Cana, na República Dominicana, onde ele passa boa parte do seu tempo com a família, quando não está em turnê. Além destas propriedades, Julio Iglesias também possui um sítio em Málaga, na Espanha. Em 24 de agosto de 2010, Julio Iglesias se casou com a modelo Miranda Rijnsburger, com a qual ele já convivia há 20 anos antes do casamento. Em 1983, em Paris, Julio Iglesias recebeu o seu primeiro disco de platina do Guinness World Records, por ter sido o cantor que mais discos vendeu em várias línguas na história da música (Espanhol, Alemão, Japonês, Inglês, Italiano, Português, Francês...) Em 1997, Julio ganhou o Monaco World Music Award de melhor cantor latino.

Em setembro de 2006, um novo álbum em inglês intitulado Romantic Classics foi lançado. "Escolhi músicas dos anos 1960, 1970 e 1980 que eu acredito que venha a ser considerado como as novas normas", afirmou Iglesias em encarte do álbum. O álbum conta com os hits "I Want to Know What Is Love", "Careless Whisper" e "Right Here Waiting". Romantic Classics foi a maior estreia de Iglesias na Billboard, entrando no número 31 nos Estados Unidos, 21 no Canadá, 10 na Austrália, e primeiro lugar na Europa e na Ásia. Ele voltou ao estúdio para gravar músicas nas Filipinas e Indonésia para o lançamento do álbum que ajudou a impulsionar as vendas de discos na indústria do entretenimento asiático. Iglesias havia promovido Romantic Classics em 2006 e foi visto em todo o mundo em programas de televisão. Por exemplo, nos Estados Unidos, ele apareceu no Dancing with the Stars (onde cantou seu hit "I Want To Know What Is Love"), Good Morning America , The View , Fox and Friends, e Martha Stewart.

Em 2008, Iglesias gravou um videoclipe da música com Gulnara Karimova, filha do ditador uzbeque Islam Karimov. Em 2008, Iglesias promoveu seu álbum Romantic Classics em todo o mundo e em 2009-2010, ele planejou uma turnê mundial como uma celebração de 40 anos na indústria da música. Depois de não conseguir vender sua casa em Indian Creek ele destruiu sua casa para o terreno em 2008 e disse que pretende construir outro.

Em 2010, Iglesias continuou a viajar pelo mundo com o seu "Starry Night World Tour" para promover seus 42 anos de carreira. Julio Iglesias está aprendendo culinária tunisiana para o qual ele desenvolveu uma paixão incrível, o Mloukhia é sua melhor receita. De acordo com seu amigo íntimo, Emilio Lopez, Julio também está aprendendo judaísmo ortodoxo para se tornar um rabino em Los Angeles e ensinar as crianças francesas como orar com um toque latino. Julio é freqüentemente visto no restaurante da Tunísia em Paris chamado Douieb onde ele ordena que o sanduíche seja tunisiano. De acordo com seu site oficial, ele já vendeu mais de 300 milhões de álbuns em todo o mundo em 1 de novembro de 2010. Iglesias tem uma neta chamada Sofia Iglesias, que é filha de sua filha Chabeli. Em março de 2011, o artista lançou um novo álbum de estúdio chamado Numero 1. Em dezembro do mesmo ano, Julio Iglesias anunciou sua aposentadoria dos palcos.[6]

A performance de Iglesias da canção La Mer ("The Sea") é destaque na trilha sonora do filme de 2011 Tinker Tailor Soldier Spy. A música vem de um álbum ao vivo, atualmente fora de catálogo, gravado ao vivo no teatro Olympia de Paris, em 1976. No início e no final da gravação, Iglesias introduz a canção, e seus músicos de apoio, em francês fluente. Em outubro de 2012, Iglesias fez um show na Guiné Equatorial, onde os bilhetes foram supostamente US $ 1.000. Em 1 de abril de 2013, em Pequim, ele recebeu dois prêmios históricos: de artista internacional mais popular de todos os tempos na China, um prêmio dado pela Sony Music da China e que foi entregue a Julio pelo renomado artista chinês Lang Lang. O Guiness World Records o elegeu o artista latino mais bem sucedido da história.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Yo Canto (1969)
  • Gwendolyne (1970)
  • Como El Alamo Al Camino (1972)
  • Por una mujer (1972)
  • Así Nacemos (1973)
  • Soy (1973)
  • Und das Meer singt sein Lied (1973)
  • A Flor de Piel (1974)
  • A México (1975)
  • El Amor (1975)
  • Manuela (1975)
  • América (1976)
  • En el Olympia (1976)
  • Se mi lasci, non vale (1976)
  • A mis 33 años (1977)
  • Sono Un Pirata, Sono Un Signore]] (1978)
  • Emociones (1978)
  • Aimer La Vie (1978)
  • Às Vezes Tu, Às Vezes Eu (1978)
  • Innamorarsi alla mia età (1979)
  • A vous les femmes (1979)
 
  • Hey! (1980)
  • Sentimental (1980)
  • Amanti (1980)
  • De niña a mujer (1981)
  • Fidèle (1981)
  • Zartlichkeiten (1981)
  • Minhas canções preferidas (1981)
  • Schenk Mir Deine Liebe (1982)
  • Momentos (1982)
  • Momenti (1982)
  • Et l'amour créa la femme (1982)
  • In Concert (1983)
  • Julio (1983)
  • 1100 Bel Air Place (1984)
  • Libra (1985)
  • Un Hombre Solo (1987)
  • Tutto l'amore che ti manca (1987)
  • Non Stop (1988)
  • Raíces (1989)
  • Momentos (1989)
 
  • Latinamente (1989)
  • Starry Night (1990)
  • Calor (1992)
  • Anche senza di te (1992)
  • Crazy (1994)
  • La Carretera (1995)
  • Tango (1996)
  • My Life: The Greatest Hits (1998)
  • Noche de cuatro lunas (2000)
  • Una donna può cambiar la vita (2001)
  • Ao Meu Brasil (2001)
  • Divorcio (2003)
  • Love Songs (2003)
  • En français (2004)
  • Love Songs - Canciones de amor (2004)
  • L'homme que je suis (2005)
  • Romantic Classics (2006)
  • Quelque chose de France (2007)
  • Julio Iglesias 1 - Vol 1 (2011)
  • Fallaste Corazón (2015)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Julio Iglesias

Em Portugal[editar | editar código-fonte]

Julio Iglesias atuou várias vezes em Portugal:

(lista incompleta)

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]