Lista de recordistas de vendas de discos no Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Roberto Carlos, o artista que mais vendeu discos, com estimativas de 150 milhões.
Ângela Maria, a artista feminina que mais vendeu discos, com estimativas de 60 milhões.
Xuxa Meneghel vendeu 50 milhões de cópias no total, sendo seu o álbum mais vendido do país, Xou da Xuxa 3.
Padre Marcelo Rossi vendeu 16 milhões de cópias no total, sendo seu o segundo disco mais vendido do Brasil, Músicas para Louvar o Senhor.
Marília Mendonça tem o maior número de downloads pagos somados a streams
Ivete Sangalo tem o maior número de downloads pagos

A lista de recordistas de vendas de discos no Brasil engloba aquelas que são as maiores vendagens de artistas nacionais e internacionais no país, de formatos físicos e digitais. Em primeiro lugar aparece o cantor Roberto Carlos, que começou sua carreira no final da década de 50 e que vendeu mais de 140 milhões de discos até hoje, além de ser o artista solo com mais álbuns vendidos na história do Brasil, segundo a ABPD.[1] A artista do sexo feminino mais bem-sucedida é a cantora Angela Maria e seus mais de 60 milhões de discos na carreira e ocupa o terceiro lugar da lista.

Desde novembro de 2008, a Pro-Música Brasil (então chamada de Associação Brasileira de Produtores de Discos), começou a apurar as vendas digitais, que são os downloads para internet, e ringtones que são vendas feita via telefonia móvel (celular). O primeiro lugar em vendas nacionais é da banda Jota Quest com mais de 3 milhões de downloads pagos e em segundo a cantora Ivete Sangalo com 2,5 milhões. No repertório internacional o mais vendido é o grupo norte-americano The Killers com mais de 1,15 milhão, seguidos por Lenny Kravitz com um milhão.

Artistas nacionais[editar | editar código-fonte]

Maiores vendas[editar | editar código-fonte]

Artista Período de atividade Gênero(s) Vendas Certificadas (PMB)
(a partir de 1990)
Vendas estimadas
(nº de cópias)
Roberto Carlos 1959-presente 8,750,000[2] 140 milhões[3]
Nelson Gonçalves 1941-1998 525,000[4] 75 milhões[5]
Angela Maria 1948-2018
  • MPB
  • Samba-Canção
150,000[6] 60 milhões[7]
Rita Lee 1963-presente Rock 750,000[8] 55 milhões[9]
Benito di Paula 1966-presente Samba Sem certificados 50 milhões[10]
Tonico & Tinoco 1930–1994 Sertanejo 200,000[11] 50 milhões[12]
Xuxa 1984–presente Infantil 2,625,000[13] 50 milhões[14]
Nelson Ned 1960–2014 Brega 100,000[15] 45 milhões[16]
Raça Negra 1983–presente
  • Samba
450,000[17] 40 milhões[18]
Chitãozinho & Xororó 1970–presente Sertanejo 2,775,000[19] 37 milhões[20]
Milionário & José Rico
  • 1970-1991
  • 1994-2015
Sertanejo 1,150,000[21] 32 milhões[22]
Maria Bethânia 1965–presente MPB 450,000[23] 26 milhões[24]
Legião Urbana 1982–1996 Rock 5,000,000[25] 25 milhões[26]
Leandro & Leonardo 1983–1998 Sertanejo 5,550,000[27] 25 milhões[28]
Banda Calypso 1999–2015 Calipso 430,000[29] 22 milhões[30]
Amado Batista 1975–presente Brega 6,605,000[31] 22 milhões[32]
José Augusto 1973-presente Romântico 650,000[33] 20 milhões[34]
Sandy & Junior
  • 1990–2007
  • 2019
Pop 6,750,000[35] 20 milhões[36]
Sérgio Reis 1960–presente Sertanejo 250,000[37] 20 milhões[38]
Sepultura 1985–presente Trash Metal Sem certificados 20 milhões[39]
Daniela Mercury 1990–presente 2,400,000[40] 20 milhões[41]
Zezé di Camargo & Luciano 1990–presente Sertanejo 9,300,000[42] 20 milhões[43]
Roberta Miranda 1986–presente Sertanejo 3,400,000[44] 18 milhões[45]
Teixeirinha 1958–1985 Nativismo Sem certificados 18 milhões[46]
Leonardo 1999–presente Sertanejo 5,100,000[47] 18 milhões[48][49]
Fábio Júnior 1969–presente Pop rock 150,000[50] 16 milhões[51]
Padre Marcelo Rossi 1997–presente Católica Popular 8,900,000[52] 16 milhões[53]
Ivete Sangalo 1993–presente
  • Axé
  • samba-reggae
6,400,000[54] 16 milhões[55]
Gretchen 1978—presente Sem certificado 15 milhões[56]
Chrystian & Ralf
  • 1983-1999
  • 2001-presente
Sertanejo 550,000[57] 15 milhões[58]
Rick & Renner
  • 1986-2010
  • 2012-2015
  • 2018-presente
Sertanejo 1,000,000[59] 15 milhões[60]
Zeca Pagodinho 1983–presente Samba 3,500,000[61] 12 milhões[62]
Alexandre Pires 1989–presente
650,000[63] 11 milhões[64]
Bruno & Marrone 1985–presente Sertanejo 7,080,000[65] 10 milhões[66]
Calcinha Preta 1995–presente Forró eletrônico Sem certificados 10 milhões[67]
Carmen Miranda 1929–1955 Samba Sem certificados 10 milhões[68]
Diante do Trono 1998–presente Cristã Contemporânea 40,000[69] 15 milhões[70]
Gian & Giovani 1988-presente Sertanejo 275,000[71] 10 milhões[72]
Marisa Monte 1987–presente MPB 4,600,000[73] 10 milhões[74]
Wando 1973–2012 Brega 350,000[75] 10 milhões[76]
Gilliard 1978-presente Romântico Sem certificados 10 milhões
Kid Abelha 1984–2016 Pop rock 2,900,000[77] 9 milhões[78]
Fafá de Belém 1973–presente MPB 350,000[79] 9 milhões[80]
Exaltasamba
  • 1986-2012
  • 2016-presente
[nota 3]
  • Samba
2,300,000[81] 8 milhões[82]
Daniel[nota 2] 1980–presente Sertanejo 2,675,000[83] 8 milhões[84]
Lulu Santos 1973–presente Pop rock 2,050,000[85] 8 milhões[86]
Trazendo a Arca 2007–presente Cristã Contemporânea Sem certificado 8 milhões[87]
Rose Nascimento 1990–presente Cristã Contemporânea 40,000[88] 8 milhões[89]
Roupa Nova 1980–presente Pop rock 300,000[90] 8 milhões[91]
Shirley Carvalhaes 1977–presente Cristã Contemporânea 40,000[92] 8 milhões[93]
Só pra Contrariar 1989–presente Pagode 5,240,000[94] 8 milhões[95]
Belo 1993–presente
  • Samba
  • pagode
750,000[96] 7 milhões[97]
Cassiane 1981–presente Cristã Contemporânea 3,495,000[98] 7 milhões[99]
Aline Barros 1995–atualmente Cristã Contemporânea 2,770,000[100] 7 milhões[101]
Titãs 1982–presente Rock 3,050,000[102] 6,3 milhões[103]
Trem da Alegria 1985–presente Infantil 100,000[104] 6 milhões[105]
Mara Maravilha 1978–presente
  • Infantil
  • Cristã contemporânea
200,000[106] 6,000,000[107][fonte confiável?]
Rouge
  • 2002-2006
  • 2017-2019
Pop 1,350,000[108] 6 milhões[109]
Skank 1991–presente Pop rock 4,350,000[110] 5,5 milhões[111]
Turma do Balão Mágico 1982–1986 Infantil Sem certificados 5,3 milhões[112]
João Gilberto 1952–2008
Sem certificados 5 milhões[113]
Ana Carolina 1999–presente MPB 2,050,000[114] 5 milhões[115]
João Paulo & Daniel 1980–1997 Sertanejo 2,600,000[116] 5 milhões[117][118]
Charlie Brown Jr. 1992–2013 Rock 1,225,000[119] 5 milhões[120]
Os Paralamas do Sucesso 1977–presente Rock 2,700,000[121] 5 milhões[122]
Raimundos 1987–presente Rock 1,050,000[123] 5 milhões[124]

Álbuns mais vendidos[editar | editar código-fonte]

Álbum Artista Lançado Gênero Vendas estimadas
(nº de cópias)
Xou da Xuxa 3 Xuxa 1988 Infantil 5.000.000+[125]
3.700.000+[126]
Músicas para Louvar o Senhor Padre Marcelo Rossi 1998 Católico 3.328.468+[127]
Leandro & Leonardo Leandro & Leonardo 1990 Sertanejo 3.145.814+[127]
Rádio Pirata ao Vivo RPM 1986 Rock 3.000.000+[128]
O Canto da Cidade Daniela Mercury 1992
  • Axé
  • samba-reggae
3.000.000+[129]
Quatro Estações: O Show Sandy & Junior 2000 Pop 3.000.000+[130][131]
Só pra Contrariar Só Pra Contrariar 1997 Pagode 2.984.384+[132]
4º Xou da Xuxa Xuxa 1989 Infantil 2.920.000+[127]
As Quatro Estações Sandy & Junior 1999 Pop 2.800.000+[133][134]
Xegundo Xou da Xuxa Xuxa 1987 Infantil 2.754.000+[127]
Um Sonhador Leandro & Leonardo 1998 Sertanejo 2.732.735+[127]
Xou da Xuxa Xuxa 1986 Infantil 2.689.000+[127]
Mamonas Assassinas Mamonas Assassinas 1995 Rock 2.468.830+[127]
Terra Samba ao Vivo e a Cores Terra Samba 1998 Samba 2.450.411+[127]
Roupa Nova Roupa Nova 1985 Pop rock 2.200.000+[135][136]
Tribalistas Tribalistas 2002 MPB 2.100.000+[137]
Rita Lee e Roberto de Carvalho Rita Lee 1982 Rock 2.000.000+[138]
Na Cabeça e Na Cintura É O Tchan 1996 Pagodão baiano 2.000.000+[139]
O Rei do Gado Volume 1 Vários 1996 Vários 2.000.000+[140]
É o Tchan do Brasil É O Tchan 1997 Pagode baiano 2.000.000+[139]
Preciso de Ti Diante do Trono 2001 Gospel 2.000.000+[141]
Rouge Rouge 2002 Pop 2.000.000+[142]
Banda Calypso pelo Brasil Banda Calypso 2006 Calypso 2.000.000+[143]
Esse Cara Sou Eu Roberto Carlos 2012 Pop/MPB 2.000.000+[144]
Laços de Família Internacional Vários 2000 Vários 2.000.000+[145]

Maior número de downloads/ringtones pagos[editar | editar código-fonte]

Artista Período Gênero Vendas estimadas[Nota 1]
Ivete Sangalo 1993-presente
  • Axé
  • samba-reggae
3.700.000+[146]
Jota Quest 1993-presente
  • Rock
  • pop
3.100.000+[147]
NX Zero 2001-presente Rock 1.200.000+[148]
Claudia Leitte 2001-presente Axé 1.100.000+[149]
Babado Novo 2001-presente Axé 1.100.000+[150]
Skank 1991-presente Rock 750.000+[151]
Sandy & Junior 1991-2007 Pop 500.000+[152]
Capital Inicial 1982-presente Rock 500.000+[153]

Maior número de downloads pagos somados a streams[editar | editar código-fonte]

Dados coletados através das certificações digitais da Pro-Música Brasil (PMB), que emite os certificados através de uma metodologia que une download pago com números de streaming.[154]

Artista Período Gênero Vendas estimadas
Marília Mendonça 2011-presente Sertanejo 16.100.000+[155]
Mundo Bita 2013-presente Infantil 7.280.000+[156]
Gusttavo Lima 1999-presente Sertanejo 6.940.000+[157]
Matheus & Kauan 2010-presente Sertanejo 4.340.000+[158]
Wesley Safadão 2003-presente Forró eletrônico 4.200.000+[159]
Maiara & Maraisa 2002-presente Sertanejo 3.220.000+[160]
Anitta 2010-presente
  • Funk carioca
  • pop
  • reggaeton
2.860.000+[161][162][163][162][159]
Jorge & Mateus 2006-presente Sertanejo 2.860.000+[164]
Felipe Araújo 2012-presente Sertanejo 2.580.000+[165]
Luan Santana 2007-presente Sertanejo 2.420.000+[166]
Alok 2004-presente House 2.260.000+[167]
Zé Neto & Cristiano 2011-presente Sertanejo 2.060.000+[168]
Simone & Simaria 2012-presente Sertanejo 1.960.000+[162]
Lauana Prado 2016-presente Sertanejo 1.540.000+[169]
Henrique & Juliano 2011-presente Sertanejo 1.500.000+[170]
Kevinho 2012-presente Funk carioca 1.480.000+[171]
Vitor Kley 2009-presente Folk 1.280.000+[172]
Anavitória 2014-presente Folk 1.260.000+[173]
Baco Exu do Blues 2015-presente
  • MPB
  • samba-rap
  • hip hop
  • rap
  • blues
1.160.000+[174]
Jerry Smith 2012-presente Funk paulista 1.110.000+[175]
Maneva 2005-presente Reggae 1.060.000+[176]
Gabriel Diniz 2008-2019 Forró 1.060.000+[177]
Márcia Fellipe 2004-presente Forró 1.020.000+[178]
Lexa 2013-presente Funk Carioca 980.000+[179]

Artistas internacionais[editar | editar código-fonte]

Maiores vendas[editar | editar código-fonte]

O cantor espanhol Julio Iglesias é o artista internacional recordista de vendas no país.
A cantora pop norte-americana Madonna é a artista feminina internacional que mais vendeu discos no Brasil.
O grupo mexicano RBD é o terceiro artista internacional que mais vendeu discos no Brasil.
Artista Período País
de origem
Gênero Vendas estimadas
(nº de cópias)[Nota 2]
Julio Iglesias 1968–presente Flag of Spain.svg Espanha Pop latino 15.000.000+[180]
Madonna 1982–presente  Estados Unidos Pop 4.145.000+[181]
RBD 2004–2009  México Pop latino 2.400.000+[182]
U2 1976–presente  Irlanda Rock 2.110.000+[183]
Enya 1987–presente  Irlanda New Age 1.750.000+[184]
Backstreet Boys 1996–presente  Estados Unidos Pop 1.500.000+[185]
Shakira 1990–presente  Colômbia
  • Pop
  • pop latino
1.500.000+[186][187]
Adele 2006–presente  Reino Unido Soul 1.320.000+[188]
Phil Collins 1967–presente  Reino Unido Rock Progressivo 1.220.000+[189]
Avril Lavigne 2002–presente  Canadá Pop rock 1.135.000+[190]
The Killers 2002-presente  Estados Unidos Indie rock 1.115.000+[191]
Laura Pausini 1993-presente  Itália Pop latino 1.055.000+[192][193]
Alanis Morissette 1987–presente  Canadá Rock alternativo 1.050.000+[194]
Kenny G 1982-presente  Estados Unidos Smooth jazz 1.025.000+[195]
Queen 1970–1997  Reino Unido Rock 1.010.000+[196]
Lenny Kravitz 1989-presente  Estados Unidos Rock 1.000.000+[197]
Mariah Carey 1990–presente  Estados Unidos 985.000+[198]
A-ha 1982 - 1994
1998 - 2010
 Noruega New wave 975.000+[199]
Chris Brown 2005-presente  Estados Unidos
  • R&B
  • hip hop
930.000+[200]
Katy Perry 2001-presente  Estados Unidos Pop 895.000+[201]
Spice Girls 1996–2000
2007–2008
 Reino Unido Pop 880.000+[202]
Rod Stewart 1962–presente  Reino Unido
860.000+[203]
Andrea Bocelli 1992–presente  Itália Ópera 835.000+[204]
Simply Red 1984–presente  Reino Unido Soul 805.000+[205]
Rihanna 2005-presente  Barbados
  • R&B
  • pop
735.000+[206]
Elton John 1969–presente  Reino Unido Rock 685.000+[207]
Akon 1996-presente  Estados Unidos
  • Hip-hop
  • R&B
660.000+[208]
Nirvana 1987–1994  Estados Unidos Grunge 725.000+[209]
Red Hot Chili Peppers 1983–presente  Estados Unidos Funk rock 720.000+[210]
Amy Winehouse 2003–2011  Reino Unido
675.000+[211]
Beyoncé 1997-presente  Estados Unidos
  • R&B
  • pop
640.000+[212][213]
Eric Clapton 1963–presente  Reino Unido Rock 615.000+[214]
Aerosmith 1970–presente  Estados Unidos Rock 550.000+[215]
The Beatles 1960-1970  Reino Unido Rock 550.000+[216]
Linkin Park 2000–presente  Estados Unidos Nu Metal 520.000+[217]
Guns N' Roses 1985–presente  Estados Unidos Hard rock 500.000+[218]
Os Três Tenores 1990 - 2004  Itália Ópera 500.000+[219]

Álbuns mais vendidos a partir de 1990[editar | editar código-fonte]

Álbum Artista Lançado Gênero Vendas estimadas
(nº de cópias)[Nota 2]
The Bodyguard: Original Soundtrack Album Whitney Houston 1992
  • R&B
  • pop
750.000+[220]
Serious Hits... Live! Phil Collins 1990 Rock 750.000+[189]
I Am... Sasha Fierce Beyoncé 2008
  • R&B
  • pop
500,000+[212][213]
Jagged Little Pill Alanis Morissette 1995 Rock alternativo 500.000+[194]
Greatest Hits II Queen 1990 Rock 500.000+[196]
The Immaculate Collection Madonna 1990 Pop 500.000+[181]
Like a Prayer 1989 500.000+[181]
Spice Spice Girls 1996 Pop 500.000+[202]
Backstreet's Back Backstreet Boys 1997 Pop 500.000+[185]
Millennium 1999 500.000+[185]
Paint the Sky with Stars Enya 1997 New age 500.000+[184]
Californication Red Hot Chili Peppers 1999 Funk rock 500.000+[210]
In Concert Os Três Tenores 1996 Ópera 500.000+[219]

Maior número de downloads/ringtones pagos[editar | editar código-fonte]

A banda The Killers tem o maior número de donwloads pagos entre bandas estrangeiras no Brasil.
Artista Período País
de origem
Gênero Vendas estimadas[Nota 1]
The Killers 2002-presente  Estados Unidos Indie Rock 1.150.000+[221]
Lenny Kravitz 1989-presente  Estados Unidos Rock 1.000.000+[222]
Chris Brown 2005-presente  Estados Unidos
  • R&B
  • hip hop
900.000+[223]
Katy Perry 2001-presente  Estados Unidos Pop 800.000+[224]
Avril Lavigne 2002-presente  Canadá Pop rock 700.000+[190]
Madonna 1982–presente  Estados Unidos Pop 650.000+[181]
Akon 1996-presente Senegal
  • R&B
  • hip hop
600.000+[225]
Alanis Morissette 1987-presente  Canadá Rock alternativo 500.000+[194]
Fergie 2003-presente  Estados Unidos
  • R&B
  • pop
500.000+[226]
Rihanna 2005-presente  Barbados
  • R&B
  • pop
500.000+[227]

Maior número de downloads pagos somados a streams[editar | editar código-fonte]

Dados coletados através das certificações digitais da Pro-Música Brasil, cujo emite os certificados através de uma metodologia que une download pago com número de streaming.[228]

Artista Período País
de origem
Gênero Vendas estimadas
Ariana Grande 2008-presente  Estados Unidos
  • Pop
  • R&B
1.940.000+[229]
Luis Fonsi 1998-presente  Porto Rico Reggaeton 1.560.000+[230]
J Balvin 2004-presente  Colômbia Reggaeton 1.320.000+[161]
Daddy Yankee 1991-presente  Porto Rico Reggaeton 1.280.000+[231][230]
Travis Scott 2008-presente  Estados Unidos Hip hop 1.200.000+[232]
Zayn 2010-presente  Reino Unido R&B 1.160.000+[233]
Dua Lipa 2015-presente  Reino Unido Pop 1.060.000+[234]
Post Malone 2015-presente  Estados Unidos Hip-hop 980.000+[235]
Little Mix 2011-presente  Reino Unido
  • Pop
  • R&B
900.000+[236]
Harry Styles 2010-presente  Reino Unido Pop rock 780.000+[237]
Justin Bieber 2007-presente  Canadá
  • Pop
  • R&B
700.000+[238]
Adele 2006-presente  Reino Unido Soul 640.000+[239]
Beyoncé 1997-presente  Estados Unidos
  • R&B
  • pop
640.000+[240]
Maroon 5 1994-presente  Estados Unidos Pop rock 620.000+[241]
Sia 1990-presente  Austrália Pop 600.000+[242]
DJ Snake 2009-presente  França Trap 560.000+[243]
Imagine Dragons 2008-presente  Estados Unidos Pop rock 520.000+[244]
DJ Khaled 1998-presente  Estados Unidos Hip hop 520.000+[245]
Bebe Rexha 2010-presente  Estados Unidos Pop 500.000+[246]
Nicki Minaj 2004-presente Trinidad e Tobago Hip-hop 500.000+[229][247]
Meduza 2019-presente  Itália House 480.000+[248]
Goodboys 2019-presente  Inglaterra House 480.000+[248]
Demi Lovato 2002-presente  Estados Unidos Pop 440.000+[249]
Shawn Mendes 2013-presente  Canadá Pop 420.000+[250]
Drake 2001-presente  Canadá Hip hop 420.000+[251]
Rita Ora 2008-presente Iugoslávia Pop 420.000+[252]
Taylor Swift 2006-presente  Estados Unidos Pop 400.000+[253]
Ed Sheeran 2004-presente  Reino Unido Pop 380.000+[254]

Lista de artistas com mais certificados pela ABPD (1979-1989)[editar | editar código-fonte]

Abaixo a lista de artistas com mais certificados apurados pela Associação Brasileira dos Produtores de Discos (ABPD), atual Pro-Música Brasil.[255] Nessa época, os artistas ganhavam apenas um certificado fosse ele disco de ouro (equivalente a 100 mil vendidos) ou então disco de platina (equivalente a 250 mil vendidos), se o artista vendesse 500 mil cópias, isso não o fazia receber 2 discos de platina, como passou a ocorrer a partir de 1990,[255] sendo assim dois artistas distintos poderiam receber disco de platina, mesmo um deles vendendo 300 mil e o outro 1 milhão, é por esse motivo que na lista há artistas com menos certificados na frente de outros.[255]

Pos. Artista (s) Total de certificados pela Pro-Música Brasil
(1979-1989)[255]
Vendas certificadas
1 Nelson Gonçalves 20× platina + 38× ouro 8,800,000
2 Roberto Carlos 17× platina + 11× ouro 5,350,000
3 Julio Iglesias 13× platina + 7× ouro 3,925,000
4 Simone 11× platina + 7× ouro 3,450,000
5 Clara Nunes 11× platina 2,750,000
6 Gal Costa 9× platina + 5× ouro 2,750,000
7 Fagner 10× platina + 3× ouro 2,800,000
8 Beth Carvalho e Trio Parada Dura 9× platina + 3× ouro 2,550,000
9 Maria Bethânia 7× platina + 5× ouro 2,550,000
10 Menudo 7× platina + 4× ouro 2,050,000
11 Martinho da Vila 7× platina + Ouro 1,850,000
12 Chitãozinho e Xororó 7× platina + 5× ouro 2,250,000
13 Milton Nascimento 7× platina 1,750,000
14 Elba Ramalho 6× platina + 4× ouro 1,900,000
15 José Augusto 6× platina + 4× ouro 2,000,000
16 Gilliard 5× platina 1,250,000
17 Bezerra da Silva e Joanna 5× platina + 2× ouro 1,450,000
18 Caetano Veloso 5× platina + Ouro 1,350,000
19 Ney Matogrosso, Bee Gees e Luís Gonzaga 5× platina 1,250,000
20 Trem da Alegria, Rita Lee e Wando 5× platina + 3× ouro 1,450,000
21 A Turma do Balão Mágico e Agepê 4× platina + 4× ouro 1,400,000
22 Ritchie e Michael Jackson 4× platina + 2× ouro 1,200,000
23 Blitz, Gilberto Gil, Lionel Ritchie,
Nikka Costa e Sérgio Reis
4× platina + 1× ouro 1,100,000
24 Agnaldo Timóteo, Carlos Alexandre,
Kid Abelha, Perla, The Fevers
4× platina 1,000,000
25 João Mineiro & Marciano 3× platina + 2× ouro 950,000
26 Amelinha, Alceu Valença 3× platina + 1× ouro 850,000
27 Chico Buarque 3× platina + 1× ouro 850,000
28 Genival Lacerda, Guilherme Arantes, Pink Floyd, Ray Conniff,
Reginaldo Rossi, Roberto Ribeiro, Tim Maia, Toquinho e Zé Ramalho
3× platina 750,000
29 A-ha, Banda Reflexus, Legião Urbana, Patricia 1× platina 250,000

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

[nota 1] ^ Michael Jackson e outros artistas não figuram na lista, por não haver uma fonte fiável sobre os números de seus discos vendidos.
[nota 2] ^ As vendas de Daniel estão somadas com a da época em que fazia dupla com João Paulo. Em carreira solo, Daniel vendeu 8 milhões e meio.
[nota 3] ^ Em 2017 também passou a usar oficialmente apenas Exalta como nome, esta forma já vinha sendo usada já há bastante tempo em nomes de álbuns ou informalmente.

Dados de vendas apurados a partir de novembro de 2008 pela ABPD.
Dados apurados a partir de 1990 pela ABPD. Por esse motivo, registros de vendas e certificações anteriores a essa data não estão listados neste anexo.

Notas e referências

  1. Cabo, Leila (Junho de 2012). «El Rey». Billboard Brasil. Brasil: BPP. 34 páginas 
  2. «Certificados - Pró Música Brasil (Roberto Carlos)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  3. «Roberto Carlos lança disco em espanhol após 17 anos». G1. Globo.com. 7 de julho de 2014. Consultado em 22 de fevereiro de 2017. Com mais de 60 anos de carreira e 140 milhões de discos vendidos, Roberto Carlos é o artista de maior sucesso da história da música brasileira. 
  4. «Certificados - Pró Música Brasil (Nelson Gonçalves)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  5. «Nelson Gonçalves: A despedida do Boêmio». Universo Online. Maio de 1998. Consultado em 10 de setembro de 2019 
  6. «Certificados - Pró Música Brasil (Ângela Maria)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  7. Redação da Revista Veja (30 de setembro de 2018). «Cantora Angela Maria morre aos 89 anos em São Paulo». Veja. Consultado em 11 de janeiro de 2019 
  8. «Certificados - Pró Música Brasil (Rita Lee)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  9. «Rita Lee faz show gratuito no autódromo». Destak Jornal. 8 de setembro de 2011. Consultado em 22 de fevereiro de 2017. Cópia arquivada em 23 de fevereiro de 2017. Rita Lee é a cantora que mais vendeu no Brasil, atingindo a marca de 55 milhões de discos. 
  10. R7 (15 de janeiro de 2015). «Por onde anda Benito Di Paula, o cantor que já vendeu 50 milhões de discos no mundo todo?». R7.com. Consultado em 11 de janeiro de 2019 
  11. «Certificados - Pró Música Brasil (Tonico & Tinoco)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  12. Nelson Sato (30 de abril de 2005). «A boa raiz sertaneja». Folha de Londrina. Consultado em 2 de outubro de 2017. Cópia arquivada em 2 de outubro de 2017 
  13. «Certificados - Pró Música Brasil (Xuxa)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  14. «Xuxa é a rainha dos recordes como cantora». R7. 14 de janeiro de 2013. Consultado em 25 de janeiro de 2014 
  15. «Certificados - Pró Música Brasil (Nelson Ned)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  16. «Morre aos 66 anos Nelson Ned, o 'pequeno gigante da canção'». folha. Folha de S. Paulo. Consultado em 5 de janeiro de 2014 
  17. «Certificados - Pró Música Brasil (Raça Negra)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  18. «Luiz Carlos: "TV foi feita pra ator de novela, não pra cantor"». VEJA SÃO PAULO. Consultado em 19 de janeiro de 2020 
  19. «Certificados - Pró Música Brasil (Chitãozinho & Xororó)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  20. Nanini, Lucas (11 de setembro de 2015). «Chitãozinho e Xororó celebram 45 anos de carreira em show em Brasília». G1. Globo.com. Consultado em 22 de fevereiro de 2017. Desde 1970, quando gravaram “Galopeira”, os irmãos José de Lima Sobrinho e Durval de Lima pavimentaram uma estrada cheia de momentos marcantes, que incluem indicação ao Grammy, homenagem em enredo de escola de samba, programas de TV em três grandes emissoras e 37 milhões de discos vendidos. 
  21. «Certificados - Pró Música Brasil (Milionário & José Rico)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  22. Soares, Eder (5 de março de 2015). «Cantor José Rico recebe homenagens por todo o Brasil». Correio de Uberlândia. Consultado em 22 de fevereiro de 2017. Cópias vendidas de álbuns da dupla: 32 milhões 
  23. «Certificados - Pró Música Brasil (Maria Bethânia)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  24. Lucia Santana, Ana. «Maria Bethânia». infoescola. Consultado em 21 de janeiro de 2010 
  25. «Certificados - Pró Música Brasil (Legião Urbana)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  26. «O cultuado Renato Russo, da banda Legião Urbana, completaria 55 anos». Estadão. 27 de março de 2015. Consultado em 27 de maio de 2015 
  27. «Certificados - Pró Música Brasil (Leandro & Leonardo)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  28. De caipira à universitário: a história do sucesso da música sertaneja - Edvan Antunes - Google Livros
  29. «Certificados - Pró Música Brasil (Banda Calypso)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  30. «Nova parceira de Chimbinha estreia cantando 'Vibrações' e evita polêmica com Joelma». Veja. 31 de outubro de 2015. Consultado em 5 de julho de 2020 
  31. «Certificados - Pró Música Brasil (Amado Batista)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  32. «Amado Batista volta ao Rio e diz que o segredo de seu sucesso, atualmente, é a independência». O Globo. 10 de setembro de 2010. Consultado em 23 de fevereiro de 2017. Comemorando 35 anos de carreira e com a impressionante marca de 22 milhões de discos vendidos nas costas, Amado Batista está há um bom tempo longe da grande mídia. 
  33. «Certificados - Pró Música Brasil (José Augusto)». PMB. Consultado em 5 de fevereiro de 2021 
  34. Bonini, Marina. «José Augusto sobre sucesso: "Você tem que estar preparado para a hora que ele passar"». Quem. Globo.com. Consultado em 5 de fevereiro de 2021 
  35. «Certificados - Pró Música Brasil (Sandy & Junior)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  36. Teodoro, William. «Sandy faz show inédito em Ribeirão». Tribuna Ribeirão. Consultado em 9 de abril de 2016. Arquivado do original em 4 de maio de 2016 
  37. «Certificados - Pró Música Brasil (Sérgio Reis)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  38. Vital, Nicholas (1 de setembro de 2009). «Sérgio Reis: um sertanejo sossegado». Diário Rural. Consultado em 22 de fevereiro de 2017. Hoje com 69 anos de idade, 76 discos lançados e mais de 20 milhões de cópias vendidas, o velho Sérgio Reis já pode ser apontado como a maior estrela country em atividade no País. 
  39. Leite Jr., Emanuel (24 de outubro de 2013). «Chega às lojas novo álbum do Sepultura gravado em estúdio». Diario de Pernambuco. Consultado em 22 de fevereiro de 2017. Com cerca de 20 milhões de discos vendidos, o a banda brasileira abre as comemorações dos 30 anos de carreira (completos em 2014), com um petardo 
  40. «Certificados - Pró Música Brasil (Daniela Mercury)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  41. «Daniela Mercury comemora 20 anos de carreira e recebe famosos em show». Quem. 1 de junho de 2013. Consultado em 16 de dezembro de 2016 
  42. «Certificados - Pró Música Brasil (Zezé di Camargo & Luciano)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  43. Vicente, Filipe (17 de julho de 2014). «Zezé di Camargo & Luciano fazem festa para lançar disco "Teorias de Raul"». Setor Vip. O presidente da Sony Music, Alexandre Schiavo, entregou para os artistas o disco de ouro por mais de 100 mil cópias vendidas do recente trabalho. Luciano relembrou orgulhoso os mais de 20 milhões de álbuns vendidos durante a carreira. 
  44. «Certificados - Pró Música Brasil (Roberta Miranda)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  45. Almendra, Thays (1 de agosto de 2013). «Roberta Miranda diz que ainda se orgulha em ser a rainha do sertanejo». UOL Música. Consultado em 22 de fevereiro de 2017. Em 1986, Roberta entrou para o mundo sertanejo com a meta de vender cinco mil discos. No entanto, ela vendeu um milhão e meio de cópias e, até hoje, contabiliza mais 18 milhões de discos vendidos. 
  46. «Teixeirinha ganha biografia que o mostra como figura ilustre do gauchismo». Folha de S.Paulo. 23 de dezembro de 2019. Consultado em 30 de dezembro de 2019 
  47. «Certificados - Pró Música Brasil (Leonardo)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  48. Leonardo - Volte Amor - CD Album Fnac
  49. Cliquemusic - Artista: Leonardo UOL
  50. «Certificados - Pró Música Brasil (Fábio Júnior)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  51. Lima, Paulo (20 de maio de 2011). «Nome do pai». IstoÉ. Consultado em 22 de fevereiro de 2017. Fábio Júnior não sai de cartaz. Seja pelos 16 milhões de discos vendidos (...) 
  52. «Certificados - Pró Música Brasil (Padre Marcelo Rossi)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  53. «Diário entrevista o Padre Marcelo Rossi». Diário da Região. Consultado em 16 de março de 2017 
  54. «Certificados - Pró Música Brasil (Ivete Sangalo)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  55. «Ivete se prepara para embarcar em turnê». radio105fm.com.br. Arquivado do original em 21 de outubro de 2013 
  56. Mauricio Stycer (29 de junho de 2012). «Gretchen inova em reality e faz greve na "Fazenda"». UOL Televisão. Consultado em 22 de fevereiro de 2017. Cinquenta e três anos, 16 casamentos, 15 milhões de discos vendidos, um rebolado que faz parte do imaginário de pelo menos duas gerações de brasileiros. 
  57. «Certificados - Pró Música Brasil (Chrystian & Ralf)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  58. «Chrystian & Ralf - Div Minas». Consultado em 7 de julho de 2017. Arquivado do original em 18 de janeiro de 2019 
  59. «Certificados - Pró Música Brasil (Chrystian & Ralf)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  60. «Renner diz na TV que está passando necessidade: 'Nada para comer'». Ego. Globo.com. 19 de janeiro de 2015. Consultado em 22 de fevereiro de 2017. Rick e Renner tiveram juntos 28 anos de carreira e mais de 15 milhões de discos vendidos. 
  61. «Certificados - Pró Música Brasil (Zeca Pagodinho)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  62. Martins, Sérgio (24 de março de 2004). «O pagodão do Pagodinho». Veja. Abril. Consultado em 24 de janeiro de 2010 
  63. «Certificados - Pró Música Brasil (Alexandre Pires)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  64. «Alexandre Pires O Rei das Américas». istoegente. Terra Networks. 10 de outubro de 2003. Consultado em 9 de abril de 2010. Já vendeu quase 2 milhões de discos fora do País – além de outras 9 milhões de cópias no Brasil (...) 
  65. «Certificados - Pró Música Brasil (Bruno & Marrone)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  66. Vinicius Nader (26 de novembro de 2016). «Chitãozinho & Xororó e Bruno & Marrone lançam projeto juntos». Correio Braziliense. Consultado em 23 de fevereiro de 2017 
  67. «Paulinha e Silvânia deixam a Calcinha Preta e anunciam parceria com Diau». G1. Globo.com. 11 de fevereiro de 2016. Consultado em 5 de fevereiro de 2017 
  68. «Carmen Miranda, uma frágil mulher escondida sob um chapéu de frutas». G1. 9 de fevereiro de 2009. Consultado em 16 de outubro de 2013 
  69. «Certificados - Pró Música Brasil (Diante do Trono)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  70. Abreu, Sabrina. «Líder do grupo Diante do Trono, Ana Paula Valadão tornou-se a cantora mais famosa da música evangélica». Veja. Consultado em 5 de julho de 2015. Arquivado do original em 12 de junho de 2015 
  71. «Certificados - Pró Música Brasil (Gian & Giovani)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  72. «"RECORDAÇÕES" Reúne Gian & Giovani, Paraná e Matogrosso & Mathias em Goiânia». "Esporte Cultura". Consultado em 20 de março de 2019 
  73. «Certificados - Pró Música Brasil (Marisa Monte)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  74. Felitti, Chico (30 de Outubro de 2011). «Marisa Monte lança 8º CD e quebra o sossego dos últimos anos». Folha.com. UOL. Consultado em 1 de Maio de 2012 
  75. «Certificados - Pró Música Brasil (Wando)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  76. «Wando vendeu 10 milhões de discos durante a carreira». R7 Entretenimento. 8 de fevereiro de 2012. Consultado em 25 de fevereiro de 2017 
  77. «Certificados - Pró Música Brasil (Kid Abelha)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  78. «Kid Abelha». ipcdigital. Consultado em 5 de março de 2011. Cópia arquivada em 5 de setembro de 2010. Em mais de 20 anos de estrada, a banda gravou 13 álbuns de estúdio, 3 ao vivo e 2 DVDs ao vivo, com mais de 9 milhões de discos vendidos. 
  79. «Certificados - Pró Música Brasil (Fafá de Belém)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  80. «Fafá de Belém em números». Folha de S. Paulo. Grupo Folha. 3 de Julho de 2015. Consultado em 5 de Julho de 2015 
  81. «Certificados - Pró Música Brasil (Exaltasamba)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  82. «Último show do Exaltasamba já tem data marcada; saiba informações». Entretenimento R7. R7. 8 de novembro de 2011. Consultado em 22 de julho de 2016 
  83. «Certificados - Pró Música Brasil (Daniel)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  84. «Álbuns certificados de Daniel». ABPD. Consultado em 17 de junho de 2013. Arquivado do original em 3 de maio de 2014 
  85. «Certificados - Pró Música Brasil (Lulu Santos)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  86. «Lulu Santos e Paralamas do Sucesso tocam no Rock in Rio». Veja. Abril. 30 de março de 2015. Consultado em 23 de fevereiro de 2017. Lulu Santos, com 8 milhões de discos vendidos e hits como Tempos Modernos, Apenas Mais Uma de Amor e Assim Caminha a Humanidade, faz show em 26 de setembro. 
  87. «Habito no Abrigo (Trazendo a Arca) - Lançamento». Super Gospel. 10 de novembro de 2015. 1 páginas. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  88. «Certificados - Pró Música Brasil (Rose Nascimento)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  89. «Na estrada com Rose Nascimento». Revista Comunhão. Consultado em 5 de julho de 2015 
  90. «Certificados - Pró Música Brasil (Roupa Nova)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  91. «Roupa Nova». Billboard Brasil. Brasil: BPP. Agosto de 2010. 93 páginas 
  92. «Certificados - Pró Música Brasil (Shirley Carvalhaes)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  93. Tavares, Elvis (16 de outubro de 2012). «Shirley Carvalhaes grava primeira música romântica de sua carreira». Efrata Music. Consultado em 5 de julho de 2015 
  94. «Certificados - Pró Música Brasil (Só pra Contrariar)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  95. Essinger, Silvio (13 de julho de 2000). «Novo Só Pra Contrariar traz Ben Jor». allbrazilianmusic. Consultado em 12 de fevereiro de 2010 
  96. «Certificados - Pró Música Brasil (Belo)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  97. Jornal Vanguarda (25 de julho de 2009). «Belo e Sorriso Maroto encerram mês no Palladium». Consultado em 3 de agosto de 2013 
  98. «Certificados - Pró Música Brasil (Cassiane)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  99. «Cassiane - Onimusic». Onimusic. Consultado em 5 de julho de 2015. Cópia arquivada em 5 de julho de 2015 
  100. «Certificados - Pró Música Brasil (Aline Barros)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  101. Rodrigues, Leonardo. «Na era do gospel, Aline Barros diz: Entenderam que não devem nos ignorar». UOL. Consultado em 5 de julho de 2015 
  102. «Certificados - Pró Música Brasil (Titãs)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  103. «Luau do Iate recebe Titãs nesta sexta (20)». Jornal de Brasília. 18 de agosto de 2016. Consultado em 23 de fevereiro de 2017. Em mais de três décadas de carreira, os Titãs venderam mais de 6,3 milhões de álbuns, receberam um Grammy Latino em 2009 e ganharam o Troféu Imprensa de Melhor Banda por quatro vezes. 
  104. «Certificados - Pró Música Brasil (Trem da Alegria)». PMB. Consultado em 28 de fevereiro de 2020 
  105. «Trem Da Alegria retorna aos palcos com formação original!». Caras. Consultado em 2 de março de 2020 
  106. «Certificados - Pró Música Brasil (Mara Maravilha)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  107. Biografia de Mara Maravilha
  108. «Certificados - Pró Música Brasil (Rouge)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  109. Lemos, Karen (8 de fevereiro de 2010). «Por Onde Anda: Rouge». MSN. Consultado em 4 de fevereiro de 2020. Arquivado do original em 1 de fevereiro de 2020 
  110. «Certificados - Pró Música Brasil (Skank)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  111. «SKANK». natalonline. Consultado em 22 de janeiro de 2010. Cópia arquivada em 5 de novembro de 2011. São 10 discos da banda, incluindo a coletânea Radiola, num total de 5,5 milhões de cópias vendidas, entre CDs e DVDs. 
  112. «Essa mina é de ouro». Jornal do Brasil. Rio de Janeiro. 19 de agosto de 1990. Consultado em 27 de março de 2020 
  113. Fenotti, Ivan (5 de agosto de 2019). «Número de discos vendidos por João Gilberto é nebuloso e trava processo milionário». Folha de S.Paulo. Consultado em 8 de agosto de 2019. A perícia mais recente é baseada nos relatórios e nas notas fiscais apresentadas pela EMI (Universal), que concluem um total de 443 mil discos vendidos de 1964 até hoje. Para os representantes dele, o número passa de 5 milhões. 
  114. «Certificados - Pró Música Brasil (Ana Carolina)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  115. Oliveira, Thais (22 de dezembro de 2016). «Ana Carolina estreia na literatura com poesia autobiográfica». Hoje em Dia. Consultado em 26 de fevereiro de 2017. Já como cantora, tem na bagagem mais de 5 milhões de álbuns vendidos em 17 anos de estrada. 
  116. «Certificados - Pró Música Brasil (João Paulo & Daniel)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  117. Daniel: 30 anos - O musical Midiorama
  118. Biografia de Daniel Internet Group
  119. «Certificados - Pró Música Brasil (Charlie Brown Jr.)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  120. «Vocalista do Charlie Brown Jr é encontrado morto em SP». G1. Consultado em 6 de março de 2013 
  121. «Certificados - Pró Música Brasil (Os Paralamas do Sucesso)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  122. «Paralamas do Sucesso: Documentário "Herbert de Perto" estreia amanhã». Coolnex. Consultado em 28 de janeiro de 2010. Cópia arquivada em 16 de dezembro de 2009. Uma das grandes bandas do rock nacional, os Paralamas do Sucesso, após uma extensa discografia (são cerca de 18 álbuns até agora, 8 DVD’s, além de 4 coletâneas) e mais de 5 milhões de discos vendidos, faz a estréia amanhã do novo documentário “Herbert de Perto”. 
  123. «Certificados - Pró Música Brasil (Raimundos)». PMB. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  124. «Planet Hemp e Raimundos agitam festival na Zona Norte». Catraca Livre. Consultado em 19 de outubro de 2016. Arquivado do original em 19 de outubro de 2016 
  125. Rodrigo, Levino (2 de julho de 2011). «A "rainha dos baixinhos" sobrou entre os grandinhos». Veja. Consultado em 18 de fevereiro de 2015 
  126. Jardim, Vera (29 de novembro de 1997). «É brincadeira!». Jornal do Brasil. Rio de Janeiro. Consultado em 30 de abril de 2020 
  127. a b c d e f g h «Livro traz os 10 discos mais vendidos no Brasil em todos os tempos». territoriodamusica.com. Consultado em 29 de outubro de 2011. Cópia arquivada em 2011 
  128. «"Por Toda Minha Vida"». Globo.com. Consultado em 5 de março de 2011 
  129. Juliana Kataoka (18 de maio de 2018). «39 coisas que você provavelmente não sabia sobre a Daniela Mercury». BuzzFeed. Consultado em 5 de maio de 2012 
  130. «Sandy completa 30 anos: veja a trajetória da cantora em fotos». Veja São Paulo. Até 2007, os filhos do cantor Xororó lançaram 16 trabalhos. O mais bem sucedido – Quatro Estações – O Show (2000) – vendeu 3 milhões de unidades. 
  131. Sarzi, Lucas (30 de junho de 2019). «Relembre os CDs de Sandy & Junior que completam o box lançado nesta semana». Tribuna do Paraná. Consultado em 30 de julho de 2019. Cópia arquivada em 1 de julho de 2019 
  132. «Só Pra Contrariar». ABPD. Consultado em 21 de janeiro de 2010. Arquivado do original em 10 de abril de 2015 
  133. «G1 > Música - NOTÍCIAS - Veja os acontecimentos que marcaram a carreira de Sandy e Junior». g1.globo.com. Consultado em 31 de agosto de 2019. Cópia arquivada em 20 de fevereiro de 2009 
  134. «Veja cronologia da carreira da dupla Sandy e Junior». UOL Música. UOL HOST. 7 de agosto de 2007. Consultado em 5 de julho de 2015. Cópia arquivada em 28 de junho de 2013 
  135. «ROUPA NOVA, ANO 31» (PDF). União Brasileira de Compositores. Consultado em 30 de abril de 2018 
  136. «Biografia Roupa Nova». Consultado em 30 de abril de 2018 
  137. «Tribalistas». Consultado em 26 de dezembro de 2011 
  138. «Dia do rock: no 13 de julho, 13 curiosidades sobre Rita Lee». Quem. Consultado em 2 de outubro de 2019 
  139. a b «É o Tchan». ABPD. Consultado em 21 de janeiro de 2010. Arquivado do original em 10 de abril de 2015 
  140. Miyazawa, Pablo (10 de dezembro de 2014). «Livro mostra como a novela fez trilha sonora do Brasil entre anos 60 e 80». UOL. BOL. Consultado em 5 de junho de 2017 
  141. «Diante do Trono». Diante do Trono. Consultado em 13 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 13 de dezembro de 2020 
  142. Nascimento, Dre (14 de novembro de 2012). «Por onde anda: Luciana Andrade, ex-Rouge». Quem. Globo.com. Consultado em 16 de junho de 2015 
  143. Pop Brasil (2 de Julho de 2005). «A única banda brasileira a receber o certificado de 'Diamante Quíntuplo'». Consultado em 2 de Julho de 2005. Arquivado do original em 19 de fevereiro de 2020 
  144. «Roberto Carlos já vendeu 2 milhões de cópias de compacto com Esse Cara Sou Eu». R7. Consultado em 4 de abril de 2013. Arquivado do original em 23 de outubro de 2017 
  145. «Os 22 Discos Brasileiros mais Vendidos de Todos os Tempos». ABRAMUS. 20 de junho de 2017. Consultado em 17 de fevereiro de 2021 
  146. «Ivete Sangalo». PMB. Consultado em 5 de junho de 2019 
  147. «Jota Quest». PMB. Consultado em 5 de junho de 2019. Cópia arquivada em 5 de junho de 2019 
  148. «NX Zero». PMB. Consultado em 5 de junho de 2019. Cópia arquivada em 5 de junho de 2019 
  149. «Cláudia Leitte». PMB. Consultado em 21 de janeiro de 2010 
  150. «Babado Novo». PMB. Consultado em 5 de junho de 2019 
  151. «Certificados do Skank». PMB. Consultado em 5 de junho de 2019 
  152. «Certificados de Sandy & Junior». Pro-Música Brasil. Consultado em 26 de setembro de 2018 
  153. «Capital Inicial». PMB. Consultado em 5 de junho de 2019 
  154. «Tabela de Níveis de Certificação Pro-Música». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  155. «Certificados de Marília Mendonça». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  156. «Certificados de Mundo Bita». Pro-Música Brasil. Consultado em 2 de julho de 2020 
  157. «Certificados de Gusttavo Lima». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  158. «Certificados de Matheus & Kauan». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  159. a b «Certificados de Wesley Safadão». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  160. «Certificados de Maiara & Maraisa». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  161. a b «Certificados de J Balvin». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  162. a b c «Certificados de Simone & Simaria». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  163. «Certificados de Silva». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  164. «Certificados de Jorge & Mateus». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  165. «Certificados de Luan Santana». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  166. «Certificados de Luan Santana». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  167. «Certificados de Alok». Pro-Música Brasil. Consultado em 21 de dezembro de 2019 
  168. «Certificados de Zé Neto & Cristiano». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  169. «Certificados de Lauana Prado». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  170. «Certificados de Henrique & Juliano». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  171. «Certificados de Kevinho». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  172. «Certificados de Vitor Kley». Pro-Música Brasil. Consultado em 27 de julho de 2019 
  173. «Certificados de Anavitória». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  174. «Certificados de Baco Exu do Blues». Pro-Música Brasil. Consultado em 16 de novembro de 2020 
  175. «Certificados de Márcia Fellipe». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  176. «Certificados de Maneva». Pro-Música Brasil. Consultado em 12 de outubro de 2020 
  177. «Certificados de Gabriel Diniz». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  178. «Certificados de Márcia Fellipe». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  179. «Certificados de Lexa». Pro-Música Brasil. Consultado em 2 de julho de 2020 
  180. «Julio Iglesias e Ara Ketu gravam clipe em Salvador (BA)». Folha de S. Paulo. Consultado em 3 de março de 2017 
  181. a b c d «Madonna». PMB. Consultado em 5 de junho de 2019 
  182. Thiago Ney (23 de Agosto de 2006). «RBD e 'High School Musical' disputam fãs». Jornal da Cidade de Bauru. Consultado em 26 de abril de 2007. Arquivado do original em 6 de agosto de 2017 
  183. «Certificados do U2». PMB. Consultado em 5 de junho de 2019 
  184. a b «Certificados de Enya». PMB. Consultado em 5 de junho de 2019 
  185. a b c «Backstreet Boys». ABPD. Consultado em 22 de janeiro de 2010. Arquivado do original em 15 de janeiro de 2013 
  186. «Skank, Spice Girls e Shakira: o que esses artistas têm em comum?». Diário de Santa Maria. Consultado em 22 de janeiro de 2010 
  187. «Popstar latina». Terra. Consultado em 6 de abril de 2011 
  188. «Certificados de Adele». PMB. Consultado em 5 de junho de 2019 
  189. a b «Phil Collins». PMB. Consultado em 5 de junho de 2019. Cópia arquivada em 5 de junho de 2019 
  190. a b «Certificados de Avril Lavigne». PMB. Consultado em 5 de junho de 2019 
  191. «Certificados The Killers». PMB. Consultado em 5 de junho de 2019 
  192. «Laura Pausini». ABPD. Consultado em 9 de outubro de 2012 
  193. Mark Dezzani (12 de Outubro de 1996). «Laura Pausini translates as international smash for CGD» (em inglês). Billboard. Consultado em 1 de abril de 2014 
  194. a b c «Certificados de Alanis Morissette». PMB. Consultado em 5 de junho de 2019 
  195. «Kenny G». ABPD. Consultado em 20 de agosto de 2010. Arquivado do original em 11 de julho de 2012 
  196. a b «queen». ABPD. Consultado em 22 de janeiro de 2010. Arquivado do original em 15 de janeiro de 2013 
  197. «Lenny Kravitz». ABPD. Consultado em 22 de janeiro de 2010 
  198. «Mariah». ABPD. Consultado em 22 de janeiro de 2010 
  199. «A-HA». ABPD. Consultado em 22 de janeiro de 2010 
  200. «Chris Brown». ABPD. Consultado em 22 de janeiro de 2010 
  201. «Katy Perry». ABPD. Consultado em 22 de janeiro de 2010 
  202. a b «Spice». ABPD. Consultado em 22 de janeiro de 2010 
  203. «Rod Stewart». ABPD. Consultado em 23 de janeiro de 2010 
  204. «Andrea Bocelli». ABPD. Consultado em 22 de janeiro de 2010 
  205. «Simply Red». ABPD. Consultado em 13 de fevereiro de 2010 
  206. «Rihanna». ABPD. Consultado em 22 de janeiro de 2010 
  207. «Elton John». ABPD. Consultado em 20 de agosto de 2010 
  208. «Akon». ABPD. Consultado em 22 de janeiro de 2010 
  209. «Nirvana». ABPD. Consultado em 22 de janeiro de 2010 
  210. a b «Red Hot Chili Peppers». ABPD. Consultado em 22 de janeiro de 2010 
  211. Gazeta do Povo (23 de julho de 2012). «A lacuna deixada por Amy Winehouse». Consultado em 11 de maio de 2013 
  212. a b «Beyoncé - PMB». PMB. Consultado em 5 de junho de 2019 
  213. a b «"I Am…Sasha Fierce", de Beyoncé, vendeu mais de 500 mil cópias no Brasil». POPLine. Consultado em 28 de novembro de 2010 
  214. «Eric Clapton». ABPD. Consultado em 20 de agosto de 2010 
  215. «Aerosmith». ABPD. Consultado em 29 de janeiro de 2010 
  216. «The Beatles». ABPD. Consultado em 23 de janeiro de 2010 
  217. «Linkin Park». ABPD. Consultado em 25 de setembro de 2010 
  218. «Guns N' Roses». ABPD. Consultado em 23 de janeiro de 2010 
  219. a b «Os Três Tenores». PMB. Consultado em 5 de junho de 2019 
  220. «Certificados de Diversos Intérpretes (TSO O Guarda-Costas)». ABPD. Consultado em 25 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2017 
  221. «The Killers». ABPD. Consultado em 22 de janeiro de 2010 
  222. «Lenny Kravitz». ABPD. Consultado em 22 de janeiro de 2010 
  223. «Chris Brown». ABPD. Consultado em 22 de janeiro de 2010 
  224. «Katy Perry». ABPD. Consultado em 22 de janeiro de 2010 
  225. «Akon». ABPD. Consultado em 22 de janeiro de 2010 
  226. «Fergie». ABPD. Consultado em 22 de janeiro de 2010 
  227. «Rihanna». ABPD. Consultado em 22 de janeiro de 2010 
  228. «Tabela de Níveis de Certificação Pro-Música». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  229. a b «Certificados de Taylor Swift». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  230. a b «Certificados de Luis Fonsi». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  231. «Certificados de Daddy Yankee». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  232. «Certificados de Travis Scott». Pro-Música Brasil. Consultado em 16 de novembro de 2020 
  233. «Certificados de Zayn». Pro-Música Brasil. Consultado em 16 de novembro de 2020 
  234. «Certificados de Dua Lipa». Pro-Música Brasil. Consultado em 12 de outubro de 2020 
  235. «Certificados de Post Malone». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  236. «Certificados de Little Mix». Pro-Música Brasil. Consultado em 16 de novembro de 2020 
  237. «Certificados de Harry Styles». Pro-Música Brasil. Consultado em 16 de novembro de 2020 
  238. «Certificados de Justin Bieber». Pro-Música Brasil. Consultado em 3 de dezembro de 2019 
  239. «Certificados de Adele». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de outubro de 2019 
  240. «Certificados de Beyoncé». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de outubro de 2019 
  241. «Certificados de Maroon 5». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  242. «Certificados de Sia». Pro-Música Brasil. Consultado em 16 de novembro de 2020 
  243. «Certificados de DJ Snake». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de outubro de 2019 
  244. «Certificados de Imagine Dragons». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  245. «Certificados de DJ Khaled». Pro-Música Brasil. Consultado em 16 de novembro de 2020 
  246. «Certificados de Bebe Rexha». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  247. «Certificados de Katy Perry». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  248. a b «Certificados de Meduza». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  249. «Certificados de Demi Lovato». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  250. «Certificados de Shawn Mendes». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  251. «Certificados de Drake». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  252. «Certificados de Justin Bieber». Pro-Música Brasil. Consultado em 3 de dezembro de 2019 
  253. «Certificados de Taylor Swift». Pro-Música Brasil. Consultado em 11 de abril de 2019 
  254. «Certificados de Ed Sherran». Pro-Música Brasil. Consultado em 3 de dezembro de 2019 
  255. a b c d «Nelson Gonçalves: mais de 60 milhões de cópias». O Globo. 17 de janeiro de 1989. p. 32. Consultado em 21 de outubro de 2020