Kenny G

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde fevereiro de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Kenny G
Informação geral
Nome completo Kenneth Bruce Gorelick
Nascimento 5 de junho de 1956 (60 anos)
Origem Seattle
País  Estados Unidos
Gênero(s) Smooth jazz
Rhythm and blues
Instrumento(s) Principal:
Saxofone soprano
Secundários:
Sax alto
Saxofone tenor
Flauta
Período em atividade 1976 até atualidade
Outras ocupações Músico
Instrumentista
Compositor
Gravadora(s) Arista (19822006)
Concord Jazz (2008atualidade)
Página oficial http://www.kennyg.com

Kenneth Bruce Gorelick (Seattle, 5 de junho de 1956), mais conhecido pelo nome artístico de Kenny G, é um saxofonista estadunidense[1].

Biografia[editar | editar código-fonte]

Seu envolvimento com a música começou quando ele ainda era pequeno. Sua primeira apresentação ao vivo como profissional ocorreu nos anos 70 acompanhando Barry White, pois fazia parte da The Love Unlimited Orchestra. O bom desempenho o incentivou a seguir adiante, e a carreira solo se iniciou na década de 80.

Seu primeiro álbum de sucesso, Duotones (1986), atingiu o top 10 nos Estados Unidos, e mostrou as suas armas: um som instrumental com fortes pitadas de Rhythm and blues moderno, melodias românticas e sempre uma ou outra faixa com vocalistas convidados do naipe de Smokey Robinson, Peabo Bryson e Michael Bolton. Um dos grandes vendedores de discos na área instrumental, ele quebrou recordes até mesmo com seu primeiro disco natalino, Miracles: The Holiday Album (1994), por sinal seu único CD até hoje a atingir o primeiro lugar na parada de álbuns americana. Ele se apresentou ao vivo no Brasil na década de 90, com grande presença de público.

Seu som é admirado em todo o mundo por diversas culturas. Lançou diversos CDs, com músicas ecléticas, e com vários intérpretes de toda parte do mundo. É o músico instrumental mais vendido do mundo, com um número de mais de 75 milhões de discos vendidos. [2] [3]

Rhythm & Romance[editar | editar código-fonte]

É o seu primeiro álbum de Jazz latino, apoiado por alguns dos mais belos músicos latinos. O resultado é uma espécie de mistura entre salsa e samba, baladas e bossa nova, todas as quais são realizadas em conjunto com belas melodias.

O álbum é uma coleção de novas músicas e amados clássicos que estão enraizadas no ritmicamente díspares, resultando em um trabalho totalmente original e dançante. Fixado para o dia dos namorados (Valentine's Day), o álbum é o 1º de Kenny para a Starbucks Entretenimento e Concord Records.

Isso é notável para analisar as últimas duas décadas tem Kenny estabeleceu-se como o maior músico de-venda instrumental era moderna, com vendas globais totalizando mais de 75 milhões de álbuns, com 45 milhões de álbuns vendidos em os E.U. sozinho. Ora, por Romance & Ritmo, Kenny empreendimentos em território inexplorado criativo e está tendo o tempo de sua vida dum animado álbum, que fala de uma exatamente por isso que um jovem Kenny Gorelick de Seattle, Washington, que descobriu o saxofone uma noite, enquanto observa o Ed Sullivan show, foi inspirado para pegar o instrumento em primeiro lugar.


Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns em estúdio[editar | editar código-fonte]

Álbuns especiais[editar | editar código-fonte]

Álbuns ao vivo[editar | editar código-fonte]

  • 1989: Kenny G Live
  • 1995: In America (Live)
  • 2006: Best - Live Hong Kong

Compilações[editar | editar código-fonte]

  • 1993: Montage
  • 1993: The Collection
  • 1994: The Very Best
  • 1997: Greatest Hits
  • 2001: In America
  • 2003: Ultimate
  • 2004: Artist Collection
  • 2004: Songbird: The Ultimate Collection
  • 2004: The Romance
  • 2006: The Essential
  • 2008: Love Ballads
  • 2009: Greatest Hits
  • 2009: Super Hits
  • 2010: Collection
  • 2010: Songbird - The Best of
  • 2011: The Essential

EPs (Extended Play)[editar | editar código-fonte]

  • 1995: Six of Hearts
  • 1996: Havana: The Extended Mixes
  • 2012: Namaste

Prêmios, indicações e honrarias[editar | editar código-fonte]

Grammy Awards[editar | editar código-fonte]

Até 2011, Kenny G recebeu 18 indicações para o Grammy Awards. Em 1994, conseguiu sua única conquista deste prêmio, com a música Forever in Love.

Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado Obs. Ref.
1987 Grammy Awards Melhor Performance Instrumental de Música R&B Duotones Indicado [4]
1989 Melhor Performance Instrumental de Música Pop Silhouette Indicado
1990 Breadline Blues Indicado
1991 Melhor Composição Instrumental Going Home Indicado Dividido com com Walter Aranasieff
Melhor Performance Instrumental de Música Pop Indicado
1992 Theme from Dying Young Indicado
1994 Melhor composição instrumental Forever in Love Venceu
Melhor Performance Instrumental de Música Pop Indicado
1995 Sentimental Indicado
1996 Have Yourself a Merry Little Christmas Indicado
1998 Havana Indicado
1999 My Heart Will Go On Indicado
2001 Melhor Álbum Instrumental de Música Pop Faith: A Holiday Album Indicado
2003 Paradise Indicado
Melhor Performance Vocal de Música R&B por Duo ou Grupo Musical All The Way Indicado Dividido com Brian McKnight
2004 Melhor Álbum Instrumental de Música Pop Wishes: A Holiday Album Indicado
2011 Heart and Soul Indicado

Outros prêmios[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado Obs. Ref.
1989 Soul Train Music Awards Melhor Álbum de Jazz Silhouette Venceu [5]
1994 American Music Awards Favorite Adult Contemporary Artist Venceu
Favorite Adult Contemporary Album Breathless Indicado
Soul Train Music Awards Melhor Álbum de Jazz Venceu
1999 Hong Kong Film Awards Melhor Canção Original de Filmes You're My Woman Indicado Canção do filme "Long zai jiang hu"
Dividido com T.K. Chan, Walter Afanasieff (compositores); Andy Lau (letrista/performer)
2008 Grammy Latino Melhor Álbum Instrumental Rhythm & Romance Indicado

Honrarias e recordes[editar | editar código-fonte]

  • Em 1997, Keny G teve seu nome gravado na calçada da fama de hollywood.[6]
  • Também em 1997, Kenny G entrou para o Guinness Book por manter a mesma nota, sem respirar, durante 45 minutos. Ele utilizou a técnica conhecida por Respiração circular[7] (este recorde foi quebrado pelo brasileiro Hilquias Alves, também saxofonista. Hilquias manteve a mesma nota por 60 minutos.)
  • O álbum Breathless é, até hoje, o álbum de música instrumental mais vendido de todos os tempos, com 15 milhões de cópias, sendo 12 milhões somente nos EUA.[8]
  • O álbum Miracles: The Holiday Album é, até hoje, o álbum natalino mais vendido da história, com 13 milhões de cópias no mundo todo.[8]

Referências

  1. Musician Biographies; Alan Glenn. «Biografia de Kenny G» (em inglês). Consultado em 15 de julho de 2008. 
  2. Kellie Hwang (2/07/2013). «7/5: Kenny G performing at Wild Horse Pass Casino». The Arizona Republic. Consultado em 18/06/2016. 
  3. «Kenny G Plays Holiday Show at Ridgefield Playhouse Tonight». Broadway World. 08/12/2015. Consultado em 18/06/2016. 
  4. 947thewave.cbslocal.com/ Grammy Artist Spotlight: Kenny G Has ‘Heart and Soul’
  5. aceshowbiz.com/ Awards & Nominations
  6. walkoffame.com/ Kenny G Inducted to the Walk of Fame on November 20, 1997 with 1 star.
  7. news-journalonline.com/ Kenny G plays Peabody
  8. a b Zimmerman, Kevin (September 30, 2002). «Kenny G Has Time on his Side». BMI.com. Consultado em April 7, 2007. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]