Ara Ketu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ara Ketu
Informação geral
Origem Salvador (Bahia)
País  Brasil
Gênero(s) Samba-reggae, pagode baiano[1]
Período em atividade 1980 - atualmente
Integrantes [Tonho Materia]
Ex-integrantes Larissa Luz

O Bloco-afro Ara Ketu ou Povo de Ketu foi fundado em 1980[2] por moradores do subúrbio ferroviário de Periperi de Salvador na Bahia.[2] O bloco desfilou pela primeira vez em 1981 no qual homenageou o rei caçador, Oxóssi que é o orixá protetor do Ara Ketu. Por isso o símbolo do bloco é o ofá e as cores são azul e branco.

Assemelhante aos outros blocos afros como Ilê Aiyê e Olodom, o bloco Afro Ara Ketu desenvolvia também um trabalho social voltado para a sua comunidade. Embora que durante os anos oitenta os blocos afros ficaram quase invisivel para o grande público no Brasil, as suas músicas foram interpretadas por outras artistas como Banda Reflexu's e Margareth Menezes entre outras. Por Exemplo a musica 'uma história de ifã' gravada no primeiro LP do Ara Ketu em 1987, foi lançada no CD de Margareth Menezes o ano depois tendo maior sucesso no Brasil e no exterior. Constituído inicialmente por um bloco de percussão, dançarinos e associados o “Ara” como é mais conhecido incorporou instrumentos de sopro, bateria e teclado para se reformular.


Em 1987 lançaram seu álbum de estreia, pela gravadora Continental. Em 1994 foram para a gravadora Columbia, e em novembro do mesmo ano lançaram o álbum Bom Demais. Em 1998 lançaram o álbum Ao Vivo, que foi certificado diamante.[3]

Em 2007, Tatau, vocalista da banda, se desligou do grupo para seguir carreira solo e fui substituito pela cantora Larissa Luz, até junho de 2012. No dia 5 de junho de 2012 o antigo vocalista Tatau retornou ao comando da banda.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Discografia de Ara Ketu

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. André Diniz (2008). Almanaque do carnaval: A história do carnaval, o que ouvir, o que ler, onde curtir Jorge Zahar Editor [S.l.] pp. 184, 198 e 199. 9788537802922. 
  2. a b Nei Lopes (2004). «Enciclopédia brasileira da diáspora africana». Google Books. Consultado em 26 de fevereiro de 2013. 
  3. «ABPD - Álbuns certificados do Ara Ketu». ABPD. Consultado em 23 de dezembro de 2012. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Portal Bahia.svg A Wikipédia possui o Portal da Bahia. Artigos sobre história, cultura, personalidades e geografia.
Ícone de esboço Este artigo sobre carnaval, integrado ao Projeto Carnaval é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.