Dodô e Osmar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Estátua de Dodô e Osmar em Salvador, na Bahia.

Dodô e Osmar foram uma dupla de músicos formada por Adolfo Antônio do Nascimento (Salvador, 10 de novembro de 1920 - Salvador, 15 de junho de 1978) e por Osmar Álvares Macedo (Salvador, 22 de março de 1923 - Salvador, 30 de junho de 1997) A eles é atribuída a invenção do trio elétrico e da guitarra baiana, inicialmente chamada de pau elétrico. Conheceram-se em um programa de rádio em 1938. Os dois estudavam música e eletrônica e pesquisavam uma forma de amplificar o som dos instrumentos de corda. A amplificação por volta de 1942 com a criação do "pau elétrico" considerado a primeira guitarra do Brasil, no carnaval de 1950, a dupla saiu em cima de um Ford 1929[1] escrito na lateral "A Dupla Elétrica" tocando em instrumentos adaptados as canções do grupo Vassourinhas Recife, que se apresentava na ocasião em Salvador. Em um ano fizeram aperfeiçoamentos e incluíram mais um membro, Temístocles Aragão, formando assim o trio elétrico em 1951. No ano seguinte uma empresa de refrigerantes, a Fratelli Vita, percebeu o enorme sucesso do trio e colocou um caminhão decorado à disposição dos músicos, inaugurando o formato consagrado por todos os carnavais até hoje.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.