Troféu Dodô e Osmar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde junho de 2017). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Cantora Ivete Sangalo e secretário de Turismo Domingos Leonelli na cerimônia do Troféu em 2011.

O Troféu Dodô e Osmar é uma premiação anual aos artistas e bandas de maior repercussão e à música de maior sucesso no Carnaval de Salvador, promovida pelo Grupo A TARDE. O nome do prêmio é uma homenagem a Dodô e Osmar, criadores do primeiro trio elétrico e da primeira guitarra elétrica de que se tem notícia. Devido à sua importância e reconhecimento entre os próprios artistas, foliões e demais profissionais da área, é considerado o "Oscar" da festa soteropolitana. É realizada desde 1992.[1]

As categorias escolhidas pelo público são resultado da pesquisa realizada nas ruas durante os dias de folia pelo Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope). Entre as categorias estão: Melhor Bloco - Barra-Ondina, Melhor Bloco - Avenida (circuito Campo Grande), Melhor Bloco Infantil, Melhor Bloco Afro, Melhor Afoxé, Melhor Bloco de Samba, Camarote Mais Animado, Camarote Mais Bonito, Melhor Cantor/Cantora, Melhor Cantor/Cantora Afro, Banda Revelação e Melhor Grupo de Pagode. Outras categorias, eleitas pelo júri técnico, incluem Melhor Produção de Moda do Artista, Melhor Instrumentista, Melhor Projeto Visual de Trio e Melhor Puxador de Bloco e Carnabusiness.[2]

Melhor música[editar | editar código-fonte]

A categoria de melhor música é atualmente a mais valorizada. Abaixo, os vencedores desde a criação da premiação:[2]

Compositor Prêmios ganhos
Carlinhos Brown 6
Alain Tavares 3
Durval Lelys
Pierre Onassis
Marcio Victor
2
Outros 21 compositores 1
Intérprete Prêmios ganhos
Psirico 3
Asa de Águia
Chiclete com Banana
Daniela Mercury
Ivete Sangalo
Olodum
Timbalada
2
Outros 9 intérpretes 1

2014[editar | editar código-fonte]

Os indicados à 21ª cerimônia de entrega do Troféu Dodô e Osmar[4] foram anunciados em 17 de março de 2014, obtidos a partir de pesquisa de opinião do Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (IBOPE) do domingo à terça-feira de carnaval (2 a 4 de março de 2014) nos três circuitos da folia soteropolitana.[5] A cerimônia, realizada no dia 8 de abril no Teatro Castro Alves, foi transmitida ao vivo pelo portal A Tarde e na noite do dia 12 de abril pela TV Aratu.[6]

Destaque em termos numéricos para o Ilê Aiyê (nas categorias Trio e Carro Alegórico / Bloco Afro e Melhor Bloco Afro) e Claudia Leitte (nas categorias Figurino Feminino e Melhor Cantora). Em 2014 estreou a categoria de Melhor Instrumentista de Guitarra Baiana, disputada por Robertinho Barreto (da banda Baiana System), Fred Menendez e Durval Lélys. Foram concedidos ainda cinco prêmios de Destaque Especial: Associação Carnavalesca de Entidades de Sopro e Percussão (quatro anos do "Circuito Sérgio Bezerra de Carnaval Acústico"), Furdunçu, Microtrio, Afródromo (ação e empreendedorismo) e banda Alavontê (criatividade e irreverência). E como homenageados da noite, foi entregue o título de Hours Concours a Ivete Sangalo (carreira de 20 anos como cantora) e a Bell Marques (carreira de 35 anos).[6]

Melhor Música
Grupo de Pagode
Melhor Cantor
Melhor Cantora
Melhor Bloco Avenida
Melhor Bloco Barra
Melhor Bloco Infantil
Melhor Bloco de Samba
Melhor Bloco Afro
Melhor Bloco Afoxé
Arquitetura, Arte e Decoração de Camarotes
Camarote Mais Animado
  • Camarote Salvador
    • Camarote Cerveja & Cia
    • Camarote do Nana
    • Camarote do Reino
  • Camarote Cerveja & Cia
    • Camarote do Nana
    • Camarote Salvador
Cantor Revelação
Cantora Revelação
Houve apenas um indicado com votos válidos

Houve ainda os prêmios de Trio e Carro Alegórico / Bloco Afro, vencido pelo Ilê Aiyê; de Arte Visual de Minitrio, vencido pelo Coreto Elétrico; de Arte Visual / Trio Elétrico, vencido por Asa de Águia; de Traje / Bloco Afro, vencido pelo Cortejo Afro; de Figurino Masculino, vencido por Carlinhos Brown; e de Figurino Feminino, vencido por Claudia Leitte.[6]

Vencedores de 2011[editar | editar código-fonte]

A edição de 2011 foi realizada no Teatro Castro Alves, no dia 6 de abril.

  • Melhor Bloco (Barra Ondina): Camaleão
  • Melhor Bloco (Avenida): Coruja
  • Melhor Bloco Infantil: Algodão Doce
  • Melhor Bloco Afro: Ilê Aiyê
  • Melhor Bloco Infantil Afro: Ibéji
  • Melhor Bloco Afoxé: Filhos de Gandhy
  • Melhor Bloco de Samba: Alerta Geral
  • Camarote Mais Animado: Cerveja & Cia
  • Camarote Mais Bonito: Cerveja & Cia
  • Cantor Revelação: André Ramon (LevaNóiz)
  • Cantora Revelação: Nadjane (Olodum)
  • Banda Revelação: LevaNóiz
  • Melhor Grupo de Pagode: Parangolé
  • Melhor Cantora: Ivete Sangalo
  • Melhor Cantor: Saulo Fernandes (Banda Eva)
  • Melhor Música: Liga da Justiça (LevaNóiz)
  • Melhor Cantor Afro: Lucas di Fiori (Olodum)
  • Melhor Cantora Afro: Larissa Luz (Araketu)

Júri Técnico

Vencedores de 2010[editar | editar código-fonte]

A edição de 2010 foi realizada no Teatro Castro Alves, no dia 23 de março.

  • Melhor Bloco (Barra Ondina): Nana Banana (Chiclete com Banana)
  • Melhor Bloco (Avenida): Coruja (Ivete Sangalo)
  • Melhor Bloco Infantil: Algodão Doce (Carla Perez)
  • Melhor Bloco Afro: Ilê Aiyê
  • Melhor Bloco Afoxé: Ibéji
  • Melhor Bloco de Samba: Alerta Geral
  • Camarote Mais Animado: Nana Banana
  • Camarote Mais Bonito: Camarote Salvador
  • Cantor Revelação: Keno (O Báck)
  • Cantora Revelação: Maristela Müller
  • Banda Revelação: O Báck
  • Melhor Grupo de Pagode: Parangolé
  • Melhor Cantora: Ivete Sangalo
  • Melhor Cantor: Léo Santana (Parangolé)
  • Melhor Música: Rebolation (Parangolé) [Composição: Léo Santana e Nenel]
  • Melhor Cantor Afro: Lucas di Fiori (Olodum)
  • Melhor Cantora Afro: Larissa Luz (Araketu)

Júri Técnico


Vencedores de 2009[editar | editar código-fonte]

A edição de 2009 foi realizada no Teatro Castro Alves, no dia 1º de abril.

Júri Popular

Júri Técnico

Notas[editar | editar código-fonte]

a. ^ Não houve Troféu Dodô e Osmar de fato nesse ano, porém a Prefeitura de Salvador reconhece a música Circulou como vencedora. [7][8]

Referências

  1. A TARDE. Vencedores
  2. a b Gustavo Maia. Carnaval de Salvador: as melhores músicas dos últimos 20 anos «Carnaval de Salvador: as melhores músicas dos últimos 20 anos» Verifique valor |url= (ajuda). NE10/Bahia 
  3. «Troféu Dodô e Osmar - ano a ano (2013 não realizado)». Carnaxé. Consultado em 5 de abril de 2017. 
  4. A Tarde. 21º Troféu Dodô & Osmar
  5. A Tarde (17 de março de 2014). «Divulgada a lista de indicados ao Troféu Dodô e Osmar». Consultado em 29 de março de 2014. 
  6. a b c MASCARENHAS, Fabiana (8 de abril de 2014). «Artistas baianos fazem a festa na noite do Troféu». A Tarde. Consultado em 13 de abril de 2014. 
  7. «Troféu Dodô & Osmar premia os melhores do Carnaval em abril». A Tarde 
  8. Fernanda Figueiredo (13 de Março de 2012). «Troféu Dodô & Osmar não acontecerá em 2012». Bahia Notícias. Consultado em 31 de março de 2014.