Alinne Rosa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Alinne Rosa
Alinne Rosa
Informação geral
Nome completo Aline Oliveira Santos
Também conhecido(a) como Ninne, Rosa
Nascimento 22 de março de 1982 (35 anos)
Origem Itabuna, Bahia Bahia,  Brasil
Gênero(s) Axé
Afiliação(ões) Cheiro de Amor
Influência(s) Ivete Sangalo, Daniela Mercury, Los Hermanos, Legião Urbana
Página oficial http://www.alinnerosa.com.br/site/

Aline Oliveira Santos (Itabuna, 22 de março de 1982),[1] mais conhecida como Alinne Rosa, é uma cantora brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Aline Oliveira Santos nasceu em Itabuna em 22 de março de 1982, filha de Valdinete e Celerino. Ela foi criada com os avós paternos até os 12 anos em uma família de religião evangélica, onde começou a cantar.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

2003-2014: Cheiro de Amor[editar | editar código-fonte]

Em 2003, a Cheiro Produções realizou uma série de seletivas para escolher uma nova cantora para o grupo. Depois de fazer diversos testes com garotas de toda a Bahia, os empresários da banda conhecem Alinne Rosa, até então conhecida Alyne Rosa nos shows que realizava em Salvador. Apesar do cabelo rosa e dos piercings, a cantora chamou atenção dos empresários pela voz e foi convidada a realizar uma audição, que acabou tornando-a a nova vocalista da banda.[3] Na ocasião, Alinne fez diversas apresentações em cima do trio elétrico em Salvador comandando o Bloco Cheiro de Amor antes de ser anunciada como vocalista oficial, para ganhar a aceitação do público.[3] Ainda em 2003, o grupo lançou o primeiro disco com a nova vocalista no final do ano, Adrenalyne Pura - Ao Vivo. A canções "Amassadinho", e "Caras e Bocas" atingiram o primeiro lugar nas rádios de todo país, marcando a retomada do sucesso do grupo e fazendo com que o disco vendesse em torno de 120 mil cópias. No carnaval de 2004, Alinne Rosa conquistou o Troféu Dodô e Osmar e o Troféu Band Folia como "cantora revelação".[4] No começo do ano de 2005, foi lançado o disco De Bem com a Vida que foi lançado pela a EMI, traz o single "O Seu Adeus" como grande sucesso, atingindo o primeiro lugar nas rádios. O álbum vendeu mais de 100 mil cópias.

No final do mesmo ano, o disco Cheiro de Amor - Ao Vivo marcou os 25 anos de criação do Bloco Cheiro de Amor (20 anos dos quais correspondem ao período da banda propriamente dita). O trabalho foi lançado em DVD, sendo o primeiro registro em vídeo do grupo em toda carreira e trazendo a participação das antigas vocalistas Márcia Freire e Carla Visi. O álbum vendeu em torno de 250 mil cópias e trouxe o disco de ouro para o grupo. Na época, o disco recebeu boas críticas e foi considerado a grande retomada do sucesso pela banda, dando, também, o título de "Furacão Baiano" à vocalista.[5] No verão de 2006, o disco Tudo Mudou de Cor marcou o segundo álbum de estúdio com a nova formação, e a sua volta à Universal Music, trazendo, o single "Esperando na Janela", que se tornam grande sucesso radiofônico. O álbum trouxe boa recepção da crítica, que declarou que a nova fase do Cheiro "vem mostrando cada vez mais que 'chegou pra ficar', e que a aposta em Alinne deu bons resultados".[6] Em 2008 chega, às lojas, o disco Cheiro de Amor Acústico, que traz antigos sucessos e canções inéditas em versões acústicas, reavivando o repertório do grupo. Com o disco, foi realizado, também, o segundo DVD. Ambos ganharam disco de ouro. O disco vendeu em torno de 30 mil cópias, colocando as canções "Dias de Sol" e "Pense em mim" em primeiro lugar nas rádios brasileiras,[7] fazendo, também, a faixa "Chama da Paixão" um dos grandes sucessos do carnaval de 2010. Na gravação do trabalho, porém, uma grande controvérsia gerou-se quando Daniela Mercury, uma das convidadas, trocou um beijo com Alinne.[8]

No início de 2010, é lançado o disco Axé Mineirão, gravado no Estádio Governador Magalhães Pinto, conhecido como Mineirão, em Belo Horizonte. Nos shows realizados em três dias no local, que contaram com um público de 120 mil pessoas, ocorreram as gravações do DVD e do álbum ao vivo.[9] O álbum trouxe, como maiores sucessos, as canções "Lua de São Jorge", "Dias de Sol" e "Xequerê": este último, um dos maiores sucessos no carnaval de 2011. No início de 2012, a banda lança "Me Agarra", tema do verão e canção utilizada para divulgar o carnaval de 2012, atingindo a posição de número nove nas rádios. Em julho de 2012, a banda lança as canções "Ê Naná" e "Na Lata" durante o "réveillon fora de época" de Salvador.[10] No mesmo ano a cantora estreou como atriz na minissérie da Rede Globo O Brado Retumbante.[2] Em 2013, a banda é demitida da Universal Music, que alegou que não estava satisfeita com a atuação do grupo, e em setembro é lançado o novo disco da banda, intitulado Flores pela Radar Records. Em 2014, Alinne deixa a banda após o carnaval para seguir carreira solo.

2014-presente: Carreira solo e País da Fantasia[editar | editar código-fonte]

No dia 2 de dezembro de 2013 durante uma coletiva de imprensa com Alinne e o empresário da banda Windson Silva, foi anunciada a saída da cantora em carreira solo após 10 anos no comando da banda. No dia 5 de março de 2014, a cantora Vina Calmon assumiu o lugar da cantora. A saída, de acordo com a cantora foi atribuída a necessidade de se alcançar novos voos e ter mais liberdade nas escolhas da carreira. Alinne gravou a faixa "Complicamos Demais", para a nova novela das oito Em Família, escrita por Manoel Carlos e dirigida por Jayme Monjardim, produzida especialmente para a personagem protagonista da trama Helena Fernandes, vivida por Júlia Lemmertz.[11] A canção foi incluída em seu extended play (EP) Estilo Meu, lançado pela gravadora Som Livre.[12] A cantora estreou no Carnaval em 2015, com os Blocos Eu Vou e Papa, ambos no circuito Dodô e Osmar, com os abadás esgotados.[13][14]

No mesmo ano, a cantora foi processada por seus empresários Luiz Claudi Souza, Duilio Monteiro Alves e Marcelo Frison, que a representavam desde sua saída da Cheiro de Amor. Os empresários romperam com Alinne e tentaram, na Justiça, bloquear os bens da cantora, bilheteria e novos contratos, pois alegaram ter investido um milhão de reais na carreira da cantora e não terem recebido retorno.[15] Os empresários venceram o processo e a cantora teria 49 por cento do seu cachê de shows bloqueados até que os empresários embolsassem 550 mil reais. Caso não cumprisse a decisão, Alinne teria que pagar multa diária de 10 mil reais.[16] Em 2016, Alinne tornou-se jurada do reality show musical da Rede Bandeirantes, X Factor Brasil.[2] Ela gravou seu primeiro DVD da carreira solo, intitulado País da Fantasia em Salvador no Rio Vermelho no dia 3 de abril de 2016, fazendo parte das comemorações do aniversário de 467 anos da cidade.[17] Um EP com mesmo nome foi lançado em antecipação para o DVD em agosto de 2016.[18] O DVD foi lançado em 11 de novembro, com a faixa-título como carro chefe.[19][20]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Cheiro de Amor
  • Adrenalyne Pura ao Vivo (2003)
  • De bem com a Vida (2005)
  • Banda Cheiro de Amor ao Vivo (2005)
  • Tudo Mudou de Cor (2006)
  • Banda Cheiro de Amor Acústico (2007)
  • Axé Mineirão (2010)
  • Flores (2013)
Solo
  • Estilo Meu - EP (2014)
  • País da Fantasia - EP (2015)
  • País da Fantasia - Ao Vivo (2016)

Referências

  1. 'Tinha medo de levar tomates', diz Alinne sobre início no Cheiro
  2. a b c http://www.tudoetodas.com.br/post/alinne-rosa-jurada-x-factor-brasil
  3. a b «Trajetória de Alinne Rosa no Cheiro de Amor». Carnaxé. Consultado em 5 de maio de 2012 
  4. «Vai sacudir, vai abalar: novo CD Ao Vivo do Cheiro é adrenalina pura». Carnasite. Consultado em 5 de maio de 2012 
  5. «A coerência do Cheiro». Carnasite. Consultado em 5 de maio de 2012 
  6. «A aposta em Alinne Rosa deu certo e começa a trazer bons resultados». Carnasite. Consultado em 5 de maio de 2012 
  7. O Dia (15 de Junho de 2010). «'Pensa em Mim' alça Alinne Rosa a furacão baiano» (html). Terra. Consultado em 13 de Junho de 2011 
  8. «Daniela Mercury beija Alinne Rosa em gravação de DVD». Terra. Consultado em 5 de maio de 2012 
  9. «O Mineirão bombou». Contigo. Consultado em 5 de maio de 2012 
  10. «Cheiro de Amor comanda o primeiro Reveillon fora de época no Brasil». Carnasite. Consultado em 5 de maio de 2012 
  11. http://www.guiadasemana.com.br/musica/noticia/conheca-as-musicas-da-novela-em-familia
  12. https://itunes.apple.com/br/album/estilo-meu-ep/id933113377
  13. http://www.ibahia.com/detalhe/noticia/alinne-rosa-e-confirmada-no-bloco-eu-vou-abadas-ja-estao-a-venda/?cHash=3344bb4f770df04d5ee851bc93de6335
  14. http://ego.globo.com/carnaval/2015/noticia/2014/10/alinne-rosa-e-mari-antunes-serao-atracoes-do-bloco-papa-em-2015.html
  15. http://ego.globo.com/famosos/noticia/2014/10/alinne-rosa-rompe-com-empresarios-que-tentam-barrar-cantora-do-carnaval.html
  16. http://varelanoticias.com.br/empresarios-conseguem-decisao-judicial-para-bloquear-49-do-cache-de-alinne-rosa/
  17. http://g1.globo.com/bahia/musica/noticia/2016/04/alinne-rosa-grava-dvd-no-bairro-do-rio-vermelho-vai-ser-minha-cara.html
  18. https://itunes.apple.com/br/album/pais-da-fantasia-ep/id1130077552
  19. https://itunes.apple.com/br/album/pa%C3%ADs-da-fantasia/id1173385291
  20. http://www.ibahia.com/detalhe/noticia/pais-da-fantasia-alinne-rosa-apresenta-nova-musica/

Ligações externas[editar | editar código-fonte]