Programa Silvio Santos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Programa Silvio Santos
Informação geral
Formato Programa de auditório
Gênero
Duração 240 minutos
Estado em exibição
Criador(es) Silvio Santos
País de origem Brasil
Idioma original (português brasileiro)
Produção
Diretor(es) Fabiano Wicher
Apresentador(es) Silvio Santos
Tema de abertura "Silvio Santos Vem Aí", Archimedes Messina
Tema de encerramento "Está Chegando a Hora"
Localização
Exibição
Emissora de televisão original
Formato de exibição
Transmissão original 2 de junho de 1963 (56 anos) – presente
N.º de temporadas 56
Cronologia
Vamos Brincar de Forca (1960–1963)
Programas relacionados

Programa Silvio Santos é um programa de televisão brasileiro, no formato de auditório e variedades, apresentado e criado pelo consagrado animador Silvio Santos, e exibido atualmente pelo Sistema Brasileiro de Televisão. Teve sua estreia com o nome em 2 de junho de 1963,[1][2] sendo o programa mais duradouro em todo o mundo apresentado pelo mesmo apresentador[3]. Em 1993, a atração chegou a ser contemplada com o título de programa mais duradouro do mundo pelo Guinness World Records, logo depois perdendo o título para o programa Mosaico na TV, também brasileiro, transmitido desde 16 de julho de 1961.[4][5]

É generalizado como um programa de quadros sequenciais de brincadeiras, gincanas, disputas musicais, pegadinhas e outros. Tornou-se a principal atração do SBT aos domingos.

História[editar | editar código-fonte]

Década de 1960[editar | editar código-fonte]

Silvio Santos na década de 60

Silvio Santos iniciou sua carreira na televisão em 3 de junho de 1960, comprando horários na TV Paulista de São Paulo para promover o Baú da Felicidade, através do programa Vamos Brincar de Forca. A atração de meia-hora de duração era exibida no horário nobre das noites de segunda, e tinha entre seus participantes clientes que eram sorteados ao pagar as mensalidades do carnê em dia – estratégia utilizada até os dias atuais com outros programas apresentados por Silvio Santos – para participar de um tradicional jogo da forca, onde levavam prêmios como utensílios domésticos, brinquedos, eletrodomésticos e vales-brinde que podiam ser resgatados nas lojas do Baú.

Três anos depois, Silvio comprou duas horas da programação da TV Paulista aos domingos, e em 2 de junho de 1963 estreou o Programa Silvio Santos. A atração era inicialmente composta por três quadros: "Cuidado com a Buzina", que era um show de calouros que escolhia talentos nas categorias masculino, feminino e infantil. Os calouros eram avaliados por um grupo de jurados, e uma vez reprovados, eram "buzinados". Mas quando eram aprovados, sentavam-se em réplicas de calhambeques colocadas no palco; "Roda Pião", que era um jogo onde clientes do Baú giravam um pião com números e concorriam a prêmios (sendo esse o formato usado atualmente pelo Pra Ganhar é Só Rodar); e "Justiça dos Homens", onde eram dramatizados casos reais enviados por telespectadores, e ao final, era dado um veredicto final por pessoas famosas.

O programa foi ganhando mais espaço na grade da TV Paulista à medida que Silvio comprava mais horas da programação de domingo. Com isso, novos quadros foram surgindo, como "Festival da Casa Própria", onde eram sorteados imóveis aos clientes do Baú; "Rodada de Ouro", onde os participantes tentavam adivinhar palavras sugerindo letras, ganhando um prêmio em dinheiro a cada rodada, sendo que na última, o prêmio era uma barra de ouro; "Pergunte e Dance", onde o candidato participava de uma gincana de perguntas e respostas, e caso errasse a resposta, era obrigado a dançar uma música, dentre outros.

Com a dificuldade financeira das Organizações Victor Costa, o espólio do grupo (que incluía a TV Paulista) é vendido em 1965 para as Organizações Globo. Nessa época, o Programa Silvio Santos já durava cinco horas, e no fim da década de 1960, eram oito horas. A TV Paulista foi oficialmente extinta em 24 de março de 1966, dando lugar a atual TV Globo São Paulo. O Programa Silvio Santos continuou indo ao ar apenas para São Paulo até julho de 1969, quando entrou na grade nacional da Rede Globo. Nessa época alcançou 89 pontos, a quinta maior audiência da história da TV brasileira, o que transformou Silvio em celebridade e fez do Baú da Felicidade um fenômeno de vendas.

Década de 1970[editar | editar código-fonte]

Silvio Santos em 1975

Aos poucos Silvio ampliaria o programa a cerca de 10 horas de duração. Embora pagasse pelo horário, a incompatibilidade crescente com o "Padrão Globo de Qualidade" levou Silvio a ter atritos com os diretores Walter Clark e Boni, que queriam preencher o espaço do programa com suas próprias atrações e anunciantes, e também a ambicionar seu próprio canal de TV. Em 1972, pouco depois de ter renovado contrato por mais cinco anos, Silvio Santos comprou metade das ações da TV Record, antes pertencentes ao empresário Pipa Amaral. Porém, como seu contrato com a Globo lhe impedia de ser acionista de uma emissora concorrente, foi usado um laranja chamado Joaquim Cintra Godinho, que respondia pela parte do apresentador junto ao sócio Paulo Machado de Carvalho. A transação só foi revelada em 1976, ano em que Silvio deixou a Globo, gerando uma disputa judicial que deu ganho de causa ao apresentador. Um ano antes, em 22 de outubro de 1975, Silvio também venceu a concorrência pública pelo canal 11 VHF do Rio de Janeiro, inaugurando em 14 de maio de 1976 a TVS (TV Studios).

Com a transmissão garantida em São Paulo e no Rio de Janeiro, Silvio rompe o seu contrato com a Rede Globo pouco antes do fim, e o Programa Silvio Santos é transmitido pela última vez na Rede Globo em 25 de julho de 1976, após pouco mais de 16 anos no ar (contando a fase da TV Paulista). Silvio também alugou a programação dominical da Rede Tupi, já em dificuldades financeiras que a levariam à extinção em 18 de julho de 1980, garantido também a veiculação do programa fora do Eixo Rio-São Paulo até abril de 1982. Em 1.º de agosto, o Programa Silvio Santos passava a ir ao ar pela Tupi, e simultaneamente na Record em São Paulo e na TVS do Rio de Janeiro.

Década de 1980 e 1990[editar | editar código-fonte]

Tony Tornado e Silvio Santos no Programa Silvio Santos. Arquivo Nacional.

Com a liquidação da Rede Tupi pelo Governo Federal em 1980, o Programa Silvio Santos foi veiculado na emissora pela última vez em 13 de julho, e depois disso continuou no ar nas emissoras dos Diários Associados que se salvaram da cassação e nas emissoras em que o apresentador era dono. Silvio participou da concorrência pública que daria origem as novas redes de televisão, ganhando concessões em São Paulo, Belém e Porto Alegre (outrora parte da Rede Tupi), além de um segundo canal no Rio de Janeiro. Em 19 de agosto de 1981, surgiu o Sistema Brasileiro de Televisão, e o Programa Silvio Santos passou a ser exibido na nova rede em 23 de agosto. A atração continuava indo ao ar simultaneamente pela TV Record e também pela sua co-irmã carioca, em 3 de abril de 1982.

Já com sua própria rede de televisão e tendo inaugurado mais emissoras próprias no interior paulista, onde o sinal do SBT não chegava antes, o Programa Silvio Santos deixa de ser exibido pela TV Record em 26 de julho de 1987, dando continuidade a um processo iniciado ainda em 1984, onde Silvio Santos se desfazia de sua parte na emissora e, juntamente com seu sócio Paulo Machado de Carvalho, venderia as ações ao empresário Edir Macedo em 1989. Neste mesmo ano, o Programa Silvio Santos perde a condição de líder de audiência em seu horário de exibição para seu mais novo concorrente, o Domingão do Faustão, que em poucos meses no ar consegue devolver à Rede Globo o status que não era conseguido desde a saída de Silvio em 1976. Ainda em 1989, o Programa Silvio Santos deixou de ser veiculado pela TV Corcovado do Rio de Janeiro, que teve sua programação arrendada ao Grupo Abril, tornando então a sua exibição exclusiva ao SBT. Silvio se desfez da TV Corcovado em 1992, quando vendeu-a para a incipiente Rede OM, atual CNT.

Neste período, o Programa Silvio Santos se tornou um agrupamento de vários quadros de auditório, dentre eles o Show de Calouros, Domingo no Parque, Roletrando, Namoro na TV, Porta da Esperança, Topa Tudo Por Dinheiro, Gol Show, Tentação, Hot Hot Hot, Qual é a Música?, TV Animal, entre outros. Da década de 1980 em diante, Silvio abriu espaço gradual para outros apresentadores, com destaque para Gugu Liberato, que por vários anos também animou as tardes de domingo da emissora. Em todos estes anos o programa já teve quase 100 quadros apresentados pelo próprio Silvio Santos, além de Gugu Liberato, Silvio Luiz, Celso Portiolli, Hebe Camargo, Ratinho, Otávio Mesquita e outros. Também foram integrados quadros humorísticos, séries americanas, sessões de cinema, partidas de futebol e corridas de Fórmula Indy.

Década de 2000[editar | editar código-fonte]

Com a redução da atuação pessoal de Silvio Santos como apresentador, o Programa Silvio Santos deixou de existir com esse nome em 19 de agosto de 2001, exatamente no dia em que o SBT completou 20 anos no ar. Silvio continuou na apresentação de outras atrações que iam ao ar longo da semana, como Casa dos Artistas, Show do Milhão, Family Feud, Vinte e Um, Roda a Roda, Topa ou não Topa, Nada Além da Verdade, além de releituras de quadros do antigo programa, como o Tentação e o Qual é a Música?.

Em 1 de junho de 2008, depois de 6 anos, Silvio Santos volta a apresentar o clássico Programa Silvio Santos, com 4 horas de duração, participação de cantores, sósias de personalidades e mais tarde a participação da garota Maísa Silva, com um pequeno quadro de entrevistas. O cenário lembra os moldes de outros programas, com bailarinas e interação do apresentador com a plateia.

Década de 2010-presente[editar | editar código-fonte]

Silvio Santos em 2018

A apresentadora Ligia Mendes se tornou fixa no Jogo dos Pontinhos. Em 4 de julho de 2010, o programa ganhou o novo cenário. No dia 14 de agosto de 2011, antes do SBT completar 30 anos no ar, a filha de Silvio Santos, Patrícia Abravanel se tornou fixa no Jogo dos Pontinhos, substituindo Mamma Bruschetta, personagem de Luiz Henrique, do programa Mulheres, da TV Gazeta. No dia 18 de março de 2012, o programa ganhou novo cenário. No dia 10 de março de 2013, ano em que o programa completaria 50 anos no ar, ganhou novo cenário com novo logotipo e a volta com o tema musical de abertura "Silvio Santos Vem Aí".

No dia 25 de agosto de 2013, durante sua transmissão, foi anunciado no rodapé dos televisores a alteração do horário de transmissão a partir do domingo seguinte (1 de setembro), como parte das mudanças na programação dominical da emissora passando a ir ao ar duas horas mais cedo, das 18 às 22 horas. Mas, por conta da baixa audiência no novo horário, retornou ao antigo horário (20 às 0 horas) no domingo seguinte.

O programa de auditório está sempre em constante mudança, com novas tecnologias e novos quadros. A partir do ano de 2014, Silvio fez com que seu programa subisse a audiência com suas brincadeiras e inovações que chocam o público, como o dia em que a calça do apresentador caiu durante a gravação.[6]

No dia 29 de março de 2015, estreando uma nova temporada com novo cenário e logotipo, o programa passa a ser exibido em HDTV.

No dia 26 de outubro de 2016, foi anunciado que o programa iria ser transmitido para o exterior. De acordo com a Folha de S.Paulo, os canais Boom TV e o Jango Magic transmitirão a atração em países como Angola, Cabo Verde, Moçambique e São Tomé e Príncipe, cuja língua oficial também é o português. A estreia será em janeiro de 2017. O dia e horário da exibição do programa na África ainda não foram definidos.[7]

No domingo 19 de março de 2017, estreando uma nova temporada com novo visual, Silvio Santos foi atingido por uma bola gigante atirada pela plateia durante uma brincadeira, onde exclamou: "Ai, isso mata, essa bola mata! Isso não é uma bola, é um tijolo!", levando a internet á loucura.[8]

Em 2017 o Programa Silvio Santos garantiu a vice-liderança em todo Brasil, sua média anual foi de 11 pontos, contra 9 da terceira colocada e 21 da emissora líder. Fechou em segundo lugar em 48 dos 50 programas. Silvio Santos ainda tem um crescimento continuo desde 2013, o que equivale a 23% de aumento no índice de audiência. Comparando a média absoluta de telespectadores, o Programa Silvio Santos é assistido por 41% a mais de pessoas do que em 2013.[9]

Completando 55 anos de existência em 2 de junho de 2018, o Programa Silvio Santos alcança uma marca histórica e inédita, como a atração mais duradoura em todo o mundo apresentada pelo mesmo apresentador.[10]

Em outubro de 2018, Silvio Santos anuncia a volta do "Concurso de bebês", quadro que era realizado no extinto Domingo no Parque, nos anos 80.

Quadros[editar | editar código-fonte]

  • "Advinhe as Figuras"
  • "Advinhe as Palavras"
  • "Bolsa Família"
  • "Bomba"
  • "Câmeras Escondidas"
  • "Cantigas de Roda"
  • "Concurso de Bebês"
  • "Concurso de Dança"
  • "Concurso de Mágicos"
  • "Concurso de Transformistas"
  • "Concurso de Miss Simpatia"
  • "Descubra o Par"
  • "Desenho de Criança"
  • "Exame de Calouros"
  • "Gincana com o Auditório"
  • "Jogo da Pesquisa"
  • "Jogo da Soma"
  • "Jogo das Cartas"
  • "Jogo das Metades"
  • "Jogo das Três Pistas"
  • "Jogo do Canhão"
  • "Jogo do Negativo"
  • "Jogo dos Casais"
  • "Jogo dos Pontinhos"
  • "Jogo dos Ruídos"
  • "Memorize as Palavras"
  • "Não Erre a Letra"
  • "O Dono do Trono"
  • "Organize as Palavras"
  • "Para ou Continua"
  • "Patrícia tá na Rua"
  • "Perguntas para o Auditório"
  • "Que Ruído é Esse?"
  • "Quem Você Tira?"
  • "Segredo Musical"
  • "Talento Infantil"
  • "Vale Tudo"

Audiência[editar | editar código-fonte]

Em sua exibição no século XXI, em 2008, o Programa Silvio Santos que ia ao ar à tarde competindo com o Domingão do Faustão, Tudo É Possível com Eliana e Show do Tom alcançou a vice-liderança com média de 14 pontos, perdendo apenas para a concorrente do primeiro lugar que ficou com 20 pontos, a terceira colocada alcançou 13 pontos.[11]

No dia 15 de agosto de 2010, após a queda da audiência do Fantástico, o programa conseguiu atingir índices significativos no IBOPE.[12]

No domingo 21 de agosto de 2016, dia da Cerimônia de Encerramento dos Jogos Olímpicos de 2016, o Programa Silvio Santos alcançou a liderança e chegou a marcar 18 pontos de audiência, na média geral Silvio conquistou a vice-liderança com 14,2 pontos, contra apenas 6 pontos da Record. Foi a maior audiência da atração desde sua reestreia em junho de 2008. Durante a disputa com o “Domingo Maior”, Silvio Santos marcou 14 pontos contra 13 da sessão de filmes da Globo.[13]

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicado Resultado Ref.
2014 Prêmio F5 Apresentador do Ano Silvio Santos Indicado
[14]
2015 Troféu Imprensa Melhor Programa de Auditório Programa Silvio Santos Venceu
[15]
2016
[16]
2017 -
2018 Prêmio Contigo! Online
[17]

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

Jingle[editar | editar código-fonte]

No dia 30 de novembro de 2011, o programa foi proibido de executar o jingle "Silvio Santos Vem Aí" devido a uma disputa judicial entre Silvio e Archimedes Messina desde 2001. Silvio perdeu em última instância o direito autoral, sendo que teve de pagar 5 milhões de reais a Messina, e só poderá executá-la com a compra do mesmo o que ocorreu em 2013 com o acordo de Silvio e Messina.[18]

João Guilherme[editar | editar código-fonte]

No dia 10 de abril de 2016, o ator João Guilherme Ávila, da novela Cúmplices de um Resgate faz uma participação no programa no quadro Talento Infantil, junto com Larissa Manoela. Por causa do visual do garoto, Silvio o chamou de bichinha, deixando-o constrangido. Pouco tempo depois, o apresentador se retratou.[19]

Patrícia Abravanel[editar | editar código-fonte]

Em 8 de maio de 2016, no Jogo dos Pontinhos, o apresentador contou que assistiu ao filme Carol, que retrata o romance entre duas mulheres. Ele questionou, então, os participantes, sobre romances homossexuais. Ao ser indagada, sua filha, Patrícia Abravanel disse:

"Li numa revista que um terço dos jovens se relaciona com pessoas do mesmo sexo. Eu acho muito um terço, mesmo sem saber se a opção deles é real. Eles experimentam. Acho que o jovem é muito imaturo para saber o que quer. A gente tem que firmar que homem é homem e mulher é mulher. Acho que não é legal ser superliberal."
(…)
"Eu não sou contra o homossexualismo, mas sou contra falar que é normal. E outra, mulher com mulher não é tão legal assim. Não tem aquele brinquedo que a gente gosta bastante."

As declarações de Patrícia geraram controvérsia.[20]

No dia 10 de julho de 2016, novamente no Jogo dos Pontinhos, Silvio pergunta sua filha, Patrícia, sobre sua opinião a respeito de homens mais velhos em relacionamento com mulheres jovens, citando ele próprio com Helen Ganzarolli: “Eu, com 85, e a Helen com 35, a diferença é pequena, você tem alguma coisa contra os homens que estão com 85 saírem com menininhas de 30 anos?” Patrícia disse: "Relacionamento sem ligação de verdade, é igual sexo sem compromisso. É superficial. É um relacionamento onde cada um busca seu interesse. Você quer uma mulher para desfilar? Ah, eu não acho legal". A declaração causou polêmica.[21]

Dudu Camargo[editar | editar código-fonte]

Em 18 de junho de 2017, durante o Jogo das Três Pistas, Silvio faz uma brincadeira com Dudu Camargo e Maisa Silva, dizendo que eles poderiam formar um casal. Maisa, no entanto, respondeu: "Se for para isso eu posso ir embora. Não estou aqui para arrumar namorado, estou para participar do programa." E, ainda, completou: "Dá licença, Silvio. Isso é um ultraje. É constrangedor você me submeter a uma situação dessas. Estou aqui para jogar o jogo. Vamos jogar?". Após muitas investidas do apresentador e de Dudu, Maisa ameaçou deixar o palco. Enquanto isso, Dudu dançou com uma garota da plateia e lhe deu um beijo na boca. O assunto viralizou nas redes sociais.[22] Após a polêmica, Maisa e Dudu foram novamente convidados a uma gravação para o programa do dia 2 de julho e, após Maisa ver o apresentador do Primeiro Impacto, abandonou o programa chorando. Com isso, a atriz foi proibida de voltar ao Programa Silvio Santos pelo próprio apresentador.[23]

Concurso de Miss Infantil[editar | editar código-fonte]

No dia 22 de setembro de 2019, o programa promoveu um concurso de miss infantil, em que avaliava meninas entre 7 e 8 anos por seus atributos físicos. Silvio declarou: "Agora, vocês do auditório, que estão com o aparelhinho (de votação), vão ver quem tem as pernas mais bonitas, o colo mais bonito, o rosto mais bonito e o conjunto mais bonito". Por serem crianças, a sexualização das meninas foi tratada como questão judicial e investigada pelo Ministério Público.[24]

Candidata negra[editar | editar código-fonte]

Em 8 de dezembro de 2019, durante uma competição musical, a candidata Jennyfer Oliver ganhou por mais votos. No entanto, apesar da vitória, Silvio Santos decidiu premiar as outras candidatas com 500 reais e ainda declarou: "Se eu estivesse na minha casa, na minha opinião, a melhor intérprete seria você, Juliani! Você é muito bonita e canta muito bem, mais R$ 500 para a Juliani!" Enquanto Jennyfer se apresentava, também, Silvio a interrompeu dizendo que a música era 'muito chata'. Suas atitudes causaram revolta e acusação de racismo na Web. [25]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

Referências

  1. «Programa Silvio Santos - Formato». Memória Globo. Globo.com. Consultado em 14 de novembro de 2016 
  2. «SBT - Programa Silvio Santos». SBT - Sistema Brasileiro de Televisão. Consultado em 14 de novembro de 2016 
  3. «"Programa Silvio Santos" completa 55 anos na história da TV». NaTelinha. Consultado em 12 de maio de 2019 
  4. Pinheiro, Felipe. «Silvio Santos: 83 curiosidades sobre o apresentador e dono do SBT». Caras. Grupo Abril. Consultado em 18 de agosto de 2014 
  5. «Programa que tirou Silvio Santos do Guinnes agora é digital». Folha.com. Grupo Folha. 1 de dezembro de 2002. Consultado em 18 de agosto de 2014 
  6. «Dados de audiência nas 15 praças regulares com base no ranking consolidado – 14/11 a 20/11 | Kantar IBOPE Media». www.kantaribopemedia.com. Consultado em 25 de novembro de 2016 
  7. [1]
  8. «Com novo visual, Silvio Santos leva bolada na cabeça durante programa e reclama:». CARAS. 20 de março de 2017 
  9. «Programa Silvio Santos cresce 41% e garante vice-liderança em 2017». SBT - Sistema Brasileiro de Televisão. Consultado em 3 de janeiro de 2018 
  10. «"Programa Silvio Santos" completa 55 anos na história da TV». NaTelinha. Consultado em 3 de junho de 2018 
  11. «SS na vice». Folha. Junho de 2008 
  12. R7 (16 de agosto de 2010). «Fantástico tem queda no Ibope e Silvio Santos melhora». entretenimento.r7.com. Consultado em 26 de setembro de 2016 
  13. «Silvio Santos bate 18 pontos e tem maior audiência desde 2008 | HORA BRASIL». HORA BRASIL. 24 de agosto de 2016 
  14. «Prêmio F5 - Apresentador do Ano» 
  15. «Conheça os vencedores do Troféu Imprensa 2016». Contigo!. 22 de maio de 2016 
  16. «Confira os vencedores do "Troféu Imprensa 2017"». www.detonatv.com.br. Consultado em 22 de abril de 2017 
  17. «Prêmio CONTIGO! Online 2018: Melhor programa de auditório - 'Programa Silvio Santos'». 2 de março de 2019 
  18. «SBT é multado pelo uso indevido de "Silvio Santos vem aí"». Veja. 30 de novembro de 2011. Consultado em 4 de dezembro de 2011. Arquivado do original em 17 de maio de 2012 
  19. «Silvio Santos é criticado por chamar João Guilherme de 'bichinha':"Homofóbico"» 
  20. «Patrícia Abravanel polemiza sobre relação homossexual: "Sou contra falar que é normal"». Consultado em 9 de maio de 2016. Arquivado do original em 3 de junho de 2016 
  21. «Patrícia Abravanel faz nova declaração polêmica e é detonada na web». Consultado em 12 de julho de 2016. Arquivado do original em 14 de julho de 2016 
  22. «Maisa Silva dá 'chega pra lá' em Dudu Camargo e Silvio Santos e vira assunto nas redes sociais» 
  23. «Maisa Silva é proibida de voltar ao programa do Silvio Santos após abandonar gravação». Consultado em 29 de junho de 2017. Arquivado do original em 30 de junho de 2017 
  24. «Concurso de miss infantil do SBT será investigado pelo Ministério Público» 
  25. «Web acusa Silvio Santos de racismo após competição polêmica» 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]