Teresa (2010)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Teresa
Teresa (ANG / MOZ)
Teresa (BR)
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero
Duração 45 minutos
Estado Encerrada
Criador(es) Mimí Bechelani
País de origem México
Idioma original Espanhol
Produção
Diretor(es) Mónica Miguel
Produtor(es) José Alberto Castro
Câmera Multicâmera
Elenco Angelique Boyer
Sebastián Rulli
Aarón Díaz
Ana Brenda Contreras
Cynthia Klitbo
Silvia Mariscal
Fabiola Campomanes
Alejandro Nones
Margarita Magaña
Ver mais
Tema de abertura «Esa Hembra es Mala» por Gloria Trevi
Tema de encerramento «Esa Hembra es Mala» por Gloria Trevi
Empresa(s) de produção Televisa
Exibição
Emissora de televisão original Canal de las Estrellas
Formato de exibição 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Transmissão original 2 de agosto de 201027 de fevereiro de 2011
N.º de temporadas 1
N.º de episódios 151
Cronologia
Programas relacionados Teresa (1959)
Teresa (1965)
Teresa (1989)

Teresa é uma telenovela mexicana produzida por José Alberto Castro para a Televisa e exibida pelo Canal de las Estrellas entre 2 de agosto de 2010 e 27 de fevereiro de 2011, substituindo Zacatillo, un lugar en tu corazón e sendo substituída por Ni contigo ni sin ti, em 151 capítulos.[1]

É um remake da telenovela homônima, escrita por Mimí Bechelani e exibida em 1959, e também da telenovela de mesmo nome exibida em 1989. Na época do lançamento, Teresa foi apontada como plágio da novela mexicana Rubí, de 2004. Vários sites apontam semelhanças entre as duas telenovelas.[2][3][4]

Foi protagonizada e antagonizada por Angelique Boyer junto com Sebastián Rulli e Aarón Díaz, co-protagonizada por Ana Brenda Contreras, Daniel Arenas, Silvia Mariscal, Cynthia Klitbo e Fabiola Campomanes, com as atuações estelares de Juan Carlos Colombo, Raquel Olmedo, Mar Contreras, Issabela Camil e Fernanda Castillo e a trama ainda contou com Margarita Magaña, Alejandro Nones, Manuel Landeta e Felicia Mercado também como antagonistas.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Teresa Chávez (Angelique Boyer) é uma jovem bela e inteligente que procura desesperadamente sair da pobreza extrema do bairro onde vive. Apesar de ser bela e de ter o apoio e amor que recebe de seus pais, ela vive resentida da vida miserável que a deixou sem sua irmã Rosa (Jéssica Segura), então planeja usar sua beleza como método para entrar no mundo luxuoso ao que tanto quer pertencer. Nem sequer o fato de ter como noivo Mariano (Aarón Diaz), um rapaz pobre da vizinhança que a adora, fazem com que Teresa mude sua maneira de pensar e seu caráter ambicioso e egoísta.

Por isso, estudando no colégio de luxo onde é bolsista, conhece Paulo (Alejandro Nones), um jovem rico e muito popular entre todas as estudantes. Teresa, vendo nele sua grande oportunidade de entrar no mundo de ricos que sempre sonhou, termina com Mariano e, com seus encantos, conquista Paulo de imediato, mas sempre lhe escondendo sua origem humilde e dizendo que na verdade é muito rica. Paulo lhe propõe casamento, mas ao descobrir a mentira de Teresa, termina o compromisso matrimonial mas oferece a ela seguir a seu lado como seu amante, Teresa se nega e então ele fica noivo de Aída (Margarita Magaña), outra estudante do colégio e pior inimiga de Teresa pois tem inveja de ela ser linda e conseguir conquistar todos os homens. Aída também é bela mas é egoísta e superficial que conta com a ajuda de seu pai Rubens (Manuel Landeta) que namora as escondidas Esperança (Fabiola Campomanes) ingenua que acha que ele a ama.

Paulo e Aída humilham Teresa, exibindo em público sua pobreza e suas mentiras, por isso ela decide se vingar, jura que jamais voltará a ser pisoteada e terá o que deseja, sem se importar de que maneira nem a que custo. Teresa torna-se amiga de seu professor Arthur de la Barrera (Sebástian Rulli), um prestigioso advogado, que propõe pagar a sua carreira por ser a melhor aluna de sua turma e sabendo que ela não tem dinheiro para pagar uma universidade. Agora, ela se dedica a conquistá-lo. No entanto, ao ver que sua amiga Aurora (Ana Brenda Contreras) se apaixonou por Mariano, ela, cheia de ciúmes, volta com ele. Simultaneamente, Teresa afasta Arthur de Paloma (Issabela Camil), sua ex-noiva que o abandonou a anos atrás e que agora voltou arrependida disposta a reconquistá-lo.

Ao ver que Mariano demorará muito em fazer carreira e dinheiro, decide ficar definitivamente ao lado de Arthur, então mente pra ele dizendo que é muito infeliz ao lado de seus pais. Luisa (Fernanda Castillo), a irmã de Arthur, se compadece dela e a leva para viver em sua casa. Ali finalmente, Teresa enlouquece Arthur de amor.

Teresa termina sua carreira e Arthur a propõe casamento, os dois se casam mas o casamento deles fracassa pois Arthur tem muito ciúmes de Mariano e Paloma tenta reconquistar Arthur, motivo pelo qual é infiel a Teresa com Paloma. Paloma descobre que Teresa dormiu com Mariano antes de se casar com Arthur, e marca um encontro com ele para dizer, mas ao chegar ao encontro é atropelada por uma caminhonete e morre no hospital. Teresa descobre a traição de Arthur e eles quase se divorciam, mas Arthur lhe oferece levá-la a Europa e ela aceita, lá ela começa a sentir carinho por Arthur e começa a se esquecer de Mariano e se apaixonar por Arthur

Passa o tempo e Teresa tem um acidente que a deixa paralisada do corpo para salvar a vida de Arthur. Ao se recuperar, Arthur e Teresa ficam mais apaixonados ainda, mas ele descobre o que houve entre Teresa e Mariano e que ela só o quer por seu dinheiro. Então Arthur aproveita o fato de está em uma crise econômica, e coloca Teresa e prova de seu amor de Teresa, o levando pra viver na vizinhança de onde saiu; ela descobre sobre a prova e a aceita, pois está apaixonada por Arthur de verdade. Cansada da crise, Teresa procura melhorar sua posição econômica para viver novamente feliz com Arthur e com dinheiro, por isso seduz Fernando (Daniel Arenas), o noivo multimilionário de Luísa, que é um mulherengo, Teresa se aproveita disso para deixa-lo louco por ela e o faz romper seu compromisso com Luisa dias antes do casamento.

Numa luta entre o que sente e sua incontrolável ambição pelo dinheiro, Teresa deixa-se levar por esta última, fingindo por Fernando um amor que, com toda a claridade, parece não sentir; mas Oriana (Raquel Olmedo), a mãe de Fernando, se opõe constantemente a ela e está decidida a fazer o que seja para separa-los, inclusive tirar a fortuna de seu filho. Teresa inicia os trâmites de seu divórcio com Arthur, para poder se casar com Fernando e ter o dinheiro que sempre quis. Ela consegue que Fernando lhe ceda ações em algumas de suas empresas e à escondidas as vende e quando por fim recebe o dinheiro da venda, deixa Fernando dizendo que não o ama.

Arthur sofre um acidente automobilístico e é auxiliado por um camponês, o qual o leva a seu rancho e lá Arthur se encontra gravemente ferido; Teresa descobre e vai em busca dele. O acha e o transfere ao hospital, aí Teresa percebe que o ama e que não pode estar sem ele.

Finalmente, depois de negar suas raízes humildes chegando inclusive a dizer que seus pais tinham morrido, toda sua família e amigos ficam contra ela, a deixando sozinha. Teresa muda sua atitude e decide mudar para ser uma pessoa melhor, doa todo o dinheiro que tirou de Fernando à fundação de Paloma procurando o perdão dele, mas ele se nega. Depois de aceitar que está sozinha, já em sua casa, sobe ao seu quarto e abraça o urso que Arthur lhe deu de presente; depois aparece Arthur, levanta-a do chão, a abraça e beija.

Finais alternativos[editar | editar código-fonte]

Foram apresentados no programa "Hoy" na segunda, 28 de fevereiro de 2011:

  • Final alternativo Nº 1: Já em sua casa, Teresa percebe que ficou completamente só, sobe ao seu quarto e abraça o urso que ganhou de Arthur com muita paixão até que decide ir embora dessa casa e iniciar uma nova vida, dias depois a vemos trabalhando como secretária, a apresentam seu novo chefe, ele diz a ela que a espera em seu escritório, ela desabotoa sua blusa, fazendo que seu decote fique aberto e vai até lá, enquanto diz sua característica frase : "Ser, ou não ser, e eu sou".
  • Final alternativo Nº 2: Já em sua casa, Teresa percebe que ficou completamente só, sobe ao seu quarto e abraça o urso que ganhou de Arthur com muita paixão até que Fernando chega ao quarto reclamando sua traição e que por sua culpa sua mãe estava doente e que ele havia perdido a mulher que amava, atira nela no abdômen, a bala atravessa seu corpo e Teresa cai e consegue abraçar de novo seu urso, e finalmente morre antes olhando para os olhos de Fernanddo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Sebastián Rulli como o protagonista Arthur
Ana Brenda Contreras como a doce e bondosa Aurora
Ator/Atriz Personagem
Angelique Boyer Teresa Chaves Aguirre / Teresa Chaves Aguirre de De la Barrera
Sebastián Rulli Arthur de la Barrera Azuela
Aarón Díaz Mariano Sanches Suárez
Ana Brenda Contreras Aurora Alcazar Coronel / Aurora Alcazar Coronel de Sanches
Cynthia Klitbo Joana Godoy / Joana Godoy de González
Silvia Mariscal Regina Aguirre de Chaves
Juan Carlos Colombo Armando Chaves Gomes
Margarita Magaña Aída Cáceres
Fabiola Campomanes Esperança Medina / Esperança Medina de Ledesma
Fernanda Castillo Luísa de la Barrera Azuela
Daniel Arenas Fernando Moreno Guijarro
Manuel Landeta Rubens Cáceres Muro
Felicia Mercado Genoveva de Alba
Dobrina Cristeva Mayra de Cáceres
Alejandro Ávila Roberto González
Óscar Bonfiglio Dr. Heitor Alcazar
Toño Mauri Dr. Hernán Ledesma Macías
Luis Fernando Peña João Antônio "Johnny" Gomes Domingues
Juan Sahagún Ramon Sanches
Gloria Aura Patricia Nájera Valverde / Patrícia Nájera Valverde de Medina
Mar Contreras Lúcia Alvares Granado
Alejandro Nones Paulo Castelhanos de Alba
Issabela Camil Paloma Duenas
Juan Diego Covarrubias Júlio Artigas
Eugenia Cauduro Vanessa Coronel de Alcazar
Raquel Olmedo Oriana Guijarro de Moreno
Guillermo Zarur Porfírio Valverde
Patricio Borghetti Martín Robles Ayala
Jessica Segura Rosa "Rosinha" Chaves Aguirre
Joana Brito Marisa de Medina
Willebaldo López Pedro Medina
Rodrigo René Pablo "Pablinho" Medina
Mario Arellano Hugo Medina
Alejandra Adame Florência Romero de Terreros / Florência Duenas Cibeles
Felipe Nájera Hugo, amante de Vanessa
María Dolores Oliva Dona Gema
Hugo Aceves Rodolfo "Nico" Mendes Lopes
Elena Torres Magda Villagrán
Eduardo Carabajal Dário
Ivonne Herrera Lena
María Pía Ivonne
Roberto Romano Raul Velez
Tere Salinas Eva
Heidi Balvanera Sasha
Montserrat de León Griselda
Sofía Castro Sofia
Alejandra Jurado Dra. Alemão
Toño Infante Fausto González
Benjamín Islas Inspetor de polícia
Talía Marcela Margarida de Sanz
Mauricio García-Muela Saul
Francisco Calvillo O Turco
José María Negri Dr. Hernández
Enrique del Olmo Juan Ramón Téllez
Elsa Cárdenas Diretora da Fundação Paloma
Milia Nader Estilista

Transmissão[editar | editar código-fonte]

No México[editar | editar código-fonte]

Em novembro de 2010, o elenco e a produção se reuniu em um restaurante para comemorar o sucesso da telenovela.[5] O mesmo ocorreu novamente para assistirem o último capítulo.[6] As fotos do encontro foram divulgadas em 1 de março de 2011.[7] O último capítulo teve duração de duas horas,[8] transmitido num domingo, foi a primeira novela das 18 horas que teve o seu final exibido neste dia.[9]

Foi reprisada pelo seu canal original de 8 de janeiro a 20 de abril de 2018 em 75 capítulos, substituindo Lo que la vida me robó e sendo substituída por Mi corazón es tuyo, ao meio-dia.[10]

No Brasil[editar | editar código-fonte]

Foi exibida no Brasil pelo SBT entre 5 de outubro de 2015 a 11 de abril de 2016, em 136 capítulos, substituindo Coração Indomável e sendo substituída por Abismo de Paixão.[11][12]

Em 1 de agosto de 2015, através do Twitter, Ana Brenda Contreras ajudou na campanha para transmissão da telenovela no SBT.[13] O SBT alterou parte da abertura original para colocar os créditos dos dubladores embaixo, que passaram a ser obrigatórios.[14] Com o tempo, também reduziu o tempo de duração da mesma.

Foi reprisada pelo SBT de 8 de outubro de 2018 a 23 de abril de 2019, em 141 capítulos, substituindo a inédita Que Pobres tão Ricos e sendo substituída pela também inédita A que Não Podia Amar[15], com um final alternativo, sendo exibido a morte de Teresa. Nessa reprise, a novela, que até então mantinha o selo "não recomendado para menores de 10 anos", foi reclassificada como "não recomendado para menores de 12 anos" em 21 de janeiro de 2019.[16]

Audiência[editar | editar código-fonte]

No México[editar | editar código-fonte]

Teve média de 18.5 pontos e é até hoje a maior audiência do horário. O último capítulo bateu recorde com 32.9 pontos de média, vencendo em peso a concorrência com o Óscar, sendo este o final de telenovela de maior audiência da década.[17] É um dos títulos mais assistidos através de streaming.[18]

No Brasil[editar | editar código-fonte]

Estreou no SBT marcando uma média considerada boa pelos padrões da emissora. Na Grande São Paulo, a telenovela marcou 8 pontos no IBOPE, superando sua antecessora Coração Indomável, garantindo a vice-liderança isolada e sendo um dos assuntos mais comentados no Twitter.[19] O segundo capítulo marcou 8 pontos de média no IBOPE, o dobro de audiência da principal concorrente, a Rede Record.[20] O quarto capítulo marcou 7,3 pontos de média, o triplo da audiência da principal concorrente.[21] Em 15 de janeiro de 2016, teve até então sua maior audiência, com 8,6 pontos de média e 9.4 de pico.[22]

Em 29 de fevereiro de 2016, marcou sua maior audiência, registrando 9,9 pontos de média[23] e picos de 11,5 pontos, mesmo número alcançado no dia 28 de março de 2016, junto com a estreia de sua sucessora, Abismo de Paixão.[24]

Repetiu o recorde no seu penúltimo capitulo, exibido no dia 8 de abril de 2016, quando marcou 9,9 pontos de média, 18,2% de share e picos de 11 pontos, ficando na vice-liderança isolada.[25] Seu último capitulo exibido no dia 11 de abril de 2016 na Grande São Paulo teve 10,8 pontos de média, share de 17% e 11,4 pontos de pico, ficando na vice-liderança isolada, e sendo a maior audiência de último capitulo de uma novela mexicana registrada desde 2006. Já no Rio marcou 11,5 de média à picos de 13 pontos.[26] Sua média geral foi de 7.6 pontos.

Reprise[editar | editar código-fonte]

A reprise da novela iniciou com 6,0 pontos de média. No segundo capítulo, marcou 6,1 pontos. No terceiro capítulo, marcou 5,6 pontos. No feriado de 12 de outubro, marcou seu pior índice até então, 4,3 pontos. Nos dias 16 de outubro e 14 de novembro, registrou 6,6 pontos, sua maior audiência até então.[27] Em 24 e 25 de dezembro, a telenovela registra outro índice negativo, 4,2 pontos. Em 31 de dezembro, a telenovela registra seu pior índice, 3,3 pontos.[28]

A reprise começou a registrar na maioria das vezes 5 pontos de média, chegando a 6 em alguns momentos, acumulando inúmeras derrotas para o Cidade Alerta da RecordTV, situação que não era vista nem mesmo na exibição original em 2015. Além disso, muitos fãs da novela criticaram a escolha pela reprise da novela, pois não seria o momento adequado para ser reprisada.[29]

Em 22 de março, registra 6,6 pontos.[30] Em 27 de março bateu seu recorde e registrou 7,4 pontos.[31] Em suas últimas semanas, a telenovela começou a registrar entre 6 e 7 pontos de média, chegando a 8 de pico em alguns momentos.[27] Em 8 de abril, registrou sua maior audiência sendo impulsionada pela estreia de A que Não Podia Amar com 7,9 pontos. No dia seguinte, bateu recorde marcando 8.4 pontos, sendo impulsionada pelo segundo capitulo de A que Não Podia Amar.[32] Em 11 de abril, registrou 8,6 pontos.[33] Seu penúltimo capítulo registrou 9,0 pontos, marca que não era vista desde a reta final de Coração Indomável.[34] Já seu último capítulo alcançou 9,6 pontos. Teve média geral de 6 pontos.

Produção[editar | editar código-fonte]

Escolha do elenco[editar | editar código-fonte]

As atrizes que foram cotadas para ser a protagonista da trama foram Sherlyn, Ana Layevska, Ana Brenda Contreras, Allisson Lozz e Maite Perroni.[35] No entanto, o diretor José Alberto Castro teve que decidir entre Aracely Arámbula e Angelique Boyer para ser a protagonista.[36] Angelique acabou ganhando a personagem.[37] Para interpretar o personagem Mariano, primeiramente foi pensado em Eugenio Siller.[38] Porém, o personagem acabou ficando com Aarón Díaz.[39] Eduardo Santamarina chegou a ser cotado para o protagonista. No entanto, o personagem ficou com Sebastián Rulli.[40]

Gravações[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

A cena do casamento foi gravada na Catedral Basílica de Zacatecas.[41]

Para celebrar o início das gravações, foi feita uma missa pela Igreja Católica, onde estiveram presentes o elenco e parte da produção de Teresa.[42] As gravações se iniciaram no dia 15 de junho de 2010,[43] terminando após oito meses, um dia antes do último episódio ser transmitido no México.[44] Estavam presentes 25 membros da equipe de produção, com o apoio da Secretaría de Turismo do Estado de Zacatecas para difundir os pontos turísticos. Os sets de filmagens foram instalados para não chamarem a atenção do público, mas durante as pausas nas gravações, alguns espectadores conseguiram fotos e autógrafos.[41]

Percusso[editar | editar código-fonte]

As cenas na casa da Aurora foram feitas em cinco horas de gravações na cidade de Cuernavaca. Segundo Castro, "A importância deste evento é que ele irá revelar as nuances dos seres humanos, Teresa, a mulher moderna que apesar de ter ambições mais excessivas, também tem sentimentos e moral ligados à realidade que a leva a se render o amor de sua vida".[45] Durante cinco dias, parte do elenco viajou para gravar algumas cenas no estado de Quintana Roo, dentre elas, algumas nas praias de Cancún.[46] Dentre outros locais de gravações distribuídos nos municípios de Guadalupe e Zacatecas, estão incluídos os Museus de Rafael Coronel e Plazuela Goitia, os hotéis Mesón de Jobito e Quinta Real, os restaurantes La Garufa e Acrópolis, o Teleférico de La Alameda e o Centro histórico Cerro de la Bufa.[41]

Problemas[editar | editar código-fonte]

Em Leonardo Da Vinci e Van Dyck, na Cidade do México, os moradares reclamaram dos caminhões da Televisa que estavam estacionados nas ruas estreitas, embargando o trânsito.[44] Em novembro de 2010, durante as gravações, o diretor José Alberto Castro se queixou da falta de profissionalismo do ator Aarón Díaz. Por meio do seu Twitter, ele reclamou do fato do ator ter faltado um compromisso de trabalho. Assim que leu a mensagem, o ator se indignou pelo fato da mensagem ter vindo a público, pois segundo ele esses assuntos são particulares e logo explicou as razões da sua ausência. Logo após o ocorrido, o diretor se desculpou.[47]

Roteiro[editar | editar código-fonte]

Sobre as críticas que estavam sendo feitas em comparação com as outras versões de Teresa, José Alberto Castro disse que "há histórias que são universais, elas não têm tempo e esta é uma delas. [...] Questionar o retorno para fazer uma nova versão, é a mesma questão da indústria cinematográfica para Scarface na década de 80 e neste momento esta história é mais adequada para época que nós estamos vivendo." Ele ainda completou , dizendo que há várias gerações "que merecem ver essa história."[48]

Faltando três dias para o fim da telenovela, Castro disse que ainda não tinha o rumo do final da trama e que ele seria ainda feito em uma reunião com o resto da produção. Ele queria um final mais adequado em relação as outras versões de Teresa.[49] Sebastián Rulli também apoiou a ideia de outro final.[49]

Lançamento em DVD[editar | editar código-fonte]

O lançamento em DVD foi feito sob licença pela Vivendi em 12 de janeiro de 2012 nos Estados Unidos e também na mesma data, foi exportado, com distribuído feita pela Televisa para o Canadá e França.[50][51] No Reino Unido, o mesmo DVD foi classificado como um dos mais vendidos na Amazon.com, mesmo sendo distribuído em seu idioma original, espanhol, com legendas em língua inglesa e sendo encontrados problemas em alguns países da Europa, devido ao código do DVD ser da região 1.[52]

A primeira versão em mídia física contém a telenovela reduzida de sua duração total de cerca de 6000 para 500 minutos, distribuídos em 4 discos. Para reduzir a duração do enredo, o foco da edição é para o elenco principal.[53]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Em 27 de outubro de 2014, o tema de abertura de Teresa, interpretado por Gloria Trevi, foi eleito como um dos seis melhores pelo Latin Post.[54]

Música Intérprete Tema de:
Esa hembra es Mala Gloria Trevi Abertura
Teresa Aarón Díaz Teresa
De mi Camila Aurora & Mariano
A Donde vamos parar Marco Antonio Solis Teresa & Mariano / Teresa & Paulo / Teresa & Arthur /
No puedo dejar de Amarte Aarón Díaz
Llegaste tú Jesse & Joy
Espacio Sideral
Rosa pastel Belanova
Niña bonita Chino & Nacho
Si tu no vuelves Miguel Bosé
Cadena de oro Cabas[55]

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmios TVyNovelas de 2011[editar | editar código-fonte]

Categoria Pessoa Resultado
Melhor telenovela José Alberto Castro Indicado[56]
Melhor atriz Angelique Boyer Venceu[57]
Melhor ator Sebastián Rulli Indicado
Melhor atriz antagonista Margarita Magaña e Angelique Boyer Indicado
Melhor ator antagonista Manuel Landeta Indicado
melhor atriz co-protagonista Ana Brenda Contreras Indicado
Melhor tema musical Esa hembra es mala por Gloria Trevi Indicado

Prêmios Bravo 2011[editar | editar código-fonte]

Categoria Pessoa Resultado
Melhor atriz Angelique Boyer Venceu
Melhor ator Sebastián Rulli Venceu

Premios People en Español 2011[editar | editar código-fonte]

Categoria Telenovela Resultado
Melhor telenovela[58] Indicado
Melhor atriz Angelique Boyer Indicado
Melhor ator Aarón Díaz Indicado
Sebastián Rulli Indicado
Revelação do Ano Alejandro Nones Indicado
Casal do Ano Angelique Boyer
Aarón Díaz
Indicado
Angelique Boyer
Sebastián Rulli
Indicado

Kids Choice Awards México 2011[editar | editar código-fonte]

Categoria Pessoa Resultado
Personagem feminino favorito de uma série Angelique Boyer Indicado
Personagem masculino favorito de uma série Aarón Díaz Indicado
Vilã favorita Angelique Boyer Indicado
Frase favorita Silvia Mariscal Venceu

Prêmios ACE 2012[editar | editar código-fonte]

Categoria Telenovela Resultado
Melhor atriz Angelique Boyer Venceu[59]
Melhor ator Sebastián Rulli Venceu[59]
Melhor direção televisiva Mónica Miguel Venceu[59]

Outras Versões[editar | editar código-fonte]

Série de TV[editar | editar código-fonte]

No começo de Agosto de 2016, foi confirmado que o canal americano Starz encomendou uma série baseada na telenovela Teresa. Uma parceria entre a Lionsgate e a Televisa, a série assim como a novela mostrará uma ambiciosa jovem latina tentando melhorar sua vida em Los Angeles. E nada vai impedi-la nessa busca por dinheiro e poder. Por enquanto, nenhum nome foi anunciado no elenco.[60]

Referências

  1. De Telenovelas. «Hoy gran estreno de Teresa, poster a color y entrada de la telenovela». 2 de agosto de 2010. Consultado em 9 de setembro de 2015 
  2. «Rubí vs Teresa, ¿quién es mejor?». Univision (em espanhol). Consultado em 17 de janeiro de 2017 
  3. «Rubí vs.Teresa: ¿Quién es la más despiadada? (VIDEOS)» (em espanhol). peru.com. 31 de dezembro de 2014. Consultado em 17 de janeiro de 2017 
  4. «Rubí o Teresa: ¿Cuál de estas dos villanas de telenovela es más malvada?» (em espanhol). www.mundotkm.com. 16 de maio de 2016. Consultado em 17 de janeiro de 2017 
  5. Caleb Torres (3 de novembro de 2010). «Celebran el éxito de 'Teresa' en Zipango». Caras (em espanhol). www.caras.com.mx. Consultado em 13 de outubro de 2015 
  6. Redação (13 de fevereiro de 2011). «Teresale gana al Oscar en rating». El Universal (em espanhol). archivo.eluniversal.com.mx. Consultado em 13 de outubro de 2015 
  7. «Fotos de las estrellas en la fiestas del final de 'Teresa'». Enelbrasero (em espanhol). 1 de março de 2011. Consultado em 13 de outubro de 2015 
  8. «'Teresa' le gana en rating al 'Oscar'». Entretenimiento Terra (em espanhol). entretenimiento.terra.com.mx. 28 de fevereiro de 2011. Consultado em 13 de outubro de 2015 
  9. «El final de "Teresa" será a fin de Febrero» (em espanhol). Todo TVN. 19 de janeiro de 2011. Consultado em 18 de setembro de 2015 
  10. Febrelatina.com. «'Teresa' substituirá 'Lo que la vida me robó' em faixa de reprises da Televisa». 14 de dezembro de 2017. Consultado em 14 de dezembro de 2017 
  11. TV Foco. «SBT anuncia novela que substituirá Coração Indomável». 8 de setembro de 2015. Consultado em 8 de setembro de 2015 
  12. «Novela inédita, "Teresa" substituirá "Coração Indomável" nas tardes do SBT». 9 de setembro de 2015. Consultado em 12 de setembro de 2015 
  13. «Protagonista de Coração Indomável faz campanha para SBT exibir Teresa». Amo Novelas. 4 de agosto de 2015. Consultado em 15 de outubro de 2015 
  14. Kelly (5 de outubro de 2015). «Vídeo: Confira a abertura da novela "Teresa"». Famosos na Web. Consultado em 24 de outubro de 2015 
  15. «"A Que Não Podia Amar" é a próxima novela mexicana do SBT - Novelas». NaTelinha. Consultado em 10 de abril de 2019 
  16. «DESPACHO Nº 7, DE 21 DE JANEIRO DE 2019 - Diário Oficial da União». Imprensa Nacional. Consultado em 24 de janeiro de 2019 
  17. «Teresa le roba el rating al Oscar» (em espanhol). El Informador. 28 de fevereiro de 2011. Consultado em 10 de outubro de 2015 
  18. «'Streaming', la nueva forma de ver TV por Internet». Siempre (em espanhol). Siempre.com.mx. 3 de outubro de 2015. Consultado em 24 de outubro de 2015 
  19. Romário Felipe (6 de outubro de 2015). «"Teresa" estreia com excelente audiência para o SBT e conquista a vice-liderança isolada». TV Show Oficial. Consultado em 6 de outubro de 2015 
  20. «Novela 'Teresa' repete resultado da estreia e registra o dobro da Record nesta terça-feira; veja consolidados». Boa Informação. 7 de outubro de 2015. Consultado em 7 de outubro de 2015 
  21. Henrique Carlos (9 de outubro de 2015). «Teresa registra o triplo de audiência da Record no confronto com o Cidade Alerta». Observatório da Imprensa. Consultado em 13 de outubro de 2015 
  22. SBTpedia.com.br TV (18 de janeiro de 2016). «Teresa bate recorde com 9 de média e Ratinho se aproxima dos 13 de pico; veja consolidados do fim de semana». Boa Informação. Consultado em 19 de janeiro de 2016 
  23. «Audiências consolidadas de segunda-feira (29/02) | Bastidores da TV». Bastidores da TV. Consultado em 2 de março de 2016 
  24. «"Teresa" registra alta audiência, bate recorde e vai a 11 pontos no SBT». TV Show. Consultado em 3 de março de 2016 
  25. «Destaques de audiências do SBT de 8 a 10 de abril». www.bastidoresdatv.com.br. 11 de abril de 2016. Consultado em 10 de abril de 2016 
  26. «SBTpedia: Com recorde, último capítulo de 'Teresa' registra 10.8 pontos de média; veja consolidados de segunda-feira». www.sbtpedia.com.br. Consultado em 12 de abril de 2016 
  27. a b «Teresa – tabela com audiência detalhada da novela do SBT». 24 de dezembro de 2018. Consultado em 27 de dezembro de 2018 
  28. Redação (2 de janeiro de 2019). «O Sétimo Guardião tem pior ibope da história das novelas das nove». Notícias da TV. Consultado em 2 de janeiro de 2019 
  29. Redação (13 de novembro de 2018). «SBT perde público das novelas da tarde para a RecordTV». Observatório da Televisão. Consultado em 9 de janeiro de 2019 
  30. «Com picos de 31, Verão 90 iguala recorde de audiência; Veja os consolidados de quinta, 21/03». O Canal. 22 de março de 2019. Consultado em 22 de março de 2019 
  31. «Sem Malhação, Espelho da Vida bate recorde; Confira os consolidados de terça, 26/03». O Canal. 27 de março de 2019. Consultado em 27 de março de 2019 
  32. TV, Notícias da (10 de abril de 2019). «Com Moro, estreia de temporada do Conversa com Bial perde para filme do SBT». Notícias da TV. Consultado em 10 de abril de 2019 
  33. João Pedro Biott (12 de abril de 2019). «Com expulsão de Hariany, BBB 19 bate recorde; Confira os consolidados de quinta, 11/07». O Canal. Consultado em 17 de abril de 2019 
  34. «"Jesus" chega ao fim com boa audiência na Record». NaTelinha. Consultado em 23 de abril de 2019 
  35. «Sherlyn podria ser la nueva "Teresa"». El Universal. 5 de maio de 2010. Consultado em 18 de setembro de 2015 
  36. «Angelique Boyer vs. Araceli Arambula por Teresa» (em espanhol). Enel Brasero. 26 de maio de 2010. Consultado em 18 de setembro de 2015 
  37. «Angelique Boyer la nueva "Teresa"». El Universal. 31 de maio de 2010. Consultado em 18 de setembro de 2015 
  38. «Eugenio Siller es Mario, protagonista de "Teresa"». Net Work 54. 19 de maio de 2010. Consultado em 18 de setembro de 2015 
  39. «Aarón Diaz, galan de la telenovela "Teresa"». El Universal. 10 de junho de 2010. Consultado em 18 de setembro de 2015 
  40. «Sebastian Rulli Joins The Cast of Teresa». Latin Gossip. 16 de junho de 2010. Consultado em 18 de setembro de 2015 
  41. a b c «Espectáculos no Zacatecas, convertido en set de grabaciones de la telenovela "Teresa"» (em espanhol). zacatecasonline.com.mx. 18 de janeiro de 2011. Consultado em 28 de outubro de 2015 
  42. «"La que no podía amar" inicia grabaciones» (em espanhol). Consultado em 6 de novembro de 2015 
  43. «Inician grabaciones de la telenovela "Teresa"» (em espanhol). Zocalo. 15 de junho de 2010. Consultado em 18 de setembro de 2015 
  44. a b «Los vecinos de "Teresa" por fin descansarán del tráfico de la filmación». Publimetro (em espanhol). publimetro.com.mx. 27 de fevereiro de 2011. Consultado em 15 de outubro de 2015 
  45. «Angelique Boyer y Aarón Díaz, con éxito en Teresa». El Informador (em espanhol). Informador.com.mx. 29 de agosto de 2015. Consultado em 6 de novembro de 2015 
  46. Redação (11 de outubro de 2010). «Angelique Boyer... `Me da miedo tu figura, Teresa´» (em espanhol). Quien.com. Consultado em 5 de novembro de 2015 
  47. «José Alberto Castro pelea en Twitter con Aarón Díaz». Tierra (em espanhol). entretenimiento.terra.com.mx. 9 de novembro de 2010. Consultado em 18 de setembro de 2015 
  48. «'Teresa' inicia grabaciones» (em espanhol). elsiglodetorreon.com.mx. 16 de junho de 2010. Consultado em 25 de outubro de 2015 
  49. a b «¿Como terminará Teresa?». Zocalo (em espanhol). zocalo.com.mx. 24 de fevereiro de 2011. Consultado em 15 de outubro de 2015 
  50. «Teresa [Import]» (em inglês). amazon.ca. Consultado em 30 de outubro de 2015 
  51. «Teresa Import USA Zone 1». Amazon.fr (em inglês). Consultado em 30 de outubro de 2015 
  52. «Teresa [Reino Unido] [DVD]». Amazon (em inglês). Consultado em 30 de outubro de 2015 
  53. «Teresa». Amazon (Estados Unidos) (em inglês). Consultado em 30 de outubro de 2015 
  54. Yara Simon (27 de outubro de 2014). «Best Telenovela Theme Songs: 'Lo Que La Vida Me Robó,' 'Maria La Del Barrio' Top List». Latin Post (em inglês). Consultado em 2 de novembro de 2015 
  55. «Músicas da trilha sonora da novela Teresa do SBT». Resumo Novelas BR. Consultado em 30 de outubro de 2015 
  56. «detelenovelas.com». 10 de janeiro de 2012. Consultado em 9 de agosto de 2012 
  57. «tvyespectáculos.com». 7 de março de 2012. Consultado em 9 de agosto de 2012. Arquivado do original em 7 de julho de 2015 
  58. «People en Español». 7 de dezembro de 2011. Consultado em 3 de novembro de 2013 
  59. a b c Universal "Sebastián Rulli fue declarado mejor actor en la 44ª edición de los Premios ACE"
  60. «Starz encomenda série inspirada na novela mexicana Teresa». Consultado em 14 de agosto de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]