Libre para amarte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Libre para amarte
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Drama
Romance
Duração 42-45 minutos
País de origem México
Idioma original (em castelhano)
Produção
Produtor(es) Emilio Larrosa
Elenco Gloria Trevi
Gabriel Soto
Eduardo Santamarina
Jacqueline Andere
Luz Elena González
(ver mais)
Tema de abertura Libre para amarte por Gloria Trevi
Tema de encerramento No soy un pájaro por Gloria Trevi
Exibição
Emissora original Canal de las Estrellas
Formato de exibição 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Transmissão original 17 de junho – 10 de novembro de 2013
Temporadas 1
Episódios 106
Cronologia
Programas relacionados Los canarios (2011)

Libre para amarte é uma telenovela mexicana produzida por Emilio Larrosa para Televisa e exibida pelo Canal de las Estrellas entre 17 de junho a 10 de novembro de 2013, substituindo Porque el amor manda e antecedendo Qué pobres tan ricos, em 106 capítulos. É um remake da série de televisão colombiana Los canarios produzido e exibido pela Caracol Televisión em 2011.[1]

A trama é protagonizada por Gloria Trevi, Gabriel Soto e Eduardo Santamarina e antagonizada por Luz Elena González, Harry Geithner e a primeira atriz Jacqueline Andere.

Audiência[editar | editar código-fonte]

Estreou com uma média de 23.3 pontos. No seu segundo capítulo, marcou 24 pontos, a maior audiência durante toda sua exibição. Sua menor audiência é de 13 pontos, alcançada em 06 de Setembro de 2013. Seu último capítulo, com duração de duas horas, teve média de 19.2 pontos. Teve média geral de 16.6 pontos.[2]

Exibição internacional[editar | editar código-fonte]

País Canal
Equador Teleamazonas
 Porto Rico Univision Puerto Rico
 Panamá Telemetro Canal 13
República Dominicana Telemicro
 Estados Unidos Univision (em breve)

Versão[editar | editar código-fonte]

  • Los canarios (2011-2012) - uma série de televisão colombiana produzida e exibida pela Caracol Televisión.

Referências

  1. «Emilio Larrosa adaptará la telenovela colombiana 'Los canarios'». TV Boricuasa. 5 de setembro de 2012. Consultado em 14 de fevereiro de 2016 
  2. «Reporte de rating "Libre para amarte"». Fórum Univision. 11 de novembro de 2013. Consultado em 27 de julho de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]