Llena de amor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Llena de amor
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 45 min. (aprox.)
Criador(es) Carolina Espada
País de origem México
Idioma original Espanhol
Produção
Produtor(es) Angelli Nesma Medina
Elenco Ariadne Díaz
Valentino Lanús
Azela Robinson
Altair Jarabo
César Évora
Laura Flores
ver mais
Tema de abertura "Llena de amor" por Luis Fonsi
Tema de encerramento "Llena de amor" por Luis Fonsi
Transmissão original 3 de maio de 2010 - 13 de fevereiro de 2011
N.º de episódios 206
Cronologia
Programas relacionados Mi gorda bella

Llena de amor é uma telenovela mexicana produzida por Angelli Nesma Medina para a Televisa e exibida entre 3 de maio de 2010 e 13 de fevereiro de 2011, substituindo Hasta que el dinero nos separe e sendo substituída por Una familia con suerte.[1]

Durante duas semanas dividiu o horário com os últimos capítulos de Hasta que el dinero nos separe.

É um remake da telenovela venezuelana Mi gorda bella, produzida pela RCTV em 2002.

Essa versão é protagonizada pelos atores Ariadne Díaz e Valentino Lanús e antagonizada por Azela Robinson e Altair Jarabo, com atuações estelas de César Évora e Laura Flores.

História[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Marianela Ruiz y de Teresa Pavón (Ariadne Díaz) é uma jovem doce, divertida e muito inteligente. Pode-se dizer que ela tem tudo, menos a beleza física, pois é uma jovem bastante gordinha. Durante anos, Marianela tem comido chocolates como antidepressivos, pois apesar de irradiar felicidade, ela se sente muito só, já que desde os oito anos viveu em um internato. A mãe Eva (Lucía Méndez), que desde a morte do marido se refugiou no álcool e que com a sua carreira artística não achou ter condições de a educar, optou por essa solução.

O dia em que deve se graduar chega, e Marianela finalmente sonha em se reunir com sua mãe, que lhe pede desculpas por tê-la abandonado tanto tempo, e lhe promete que jamais vão se separar. Marianela se entusiasma diante da ideia de voltar a estar com sua mãe, mas jamais imagina que Eva morrerá de forma misteriosa, em um terrível e misterioso acidente diante de seus próprios olhos.

À raiz disto, Marianela se vê obrigada a ir viver sem sua mãe em uma casa que lhe pertence, mas habitada pelo seu tio Emiliano (César Évora) e de sua esposa Fedra (Azela Robinson), uma mulher perversa e de maus sentimentos, que sempre odiou Eva e que não descansará até destruir a sua própria sobrinha. Dentro da casa dos Ruiz y de Teresa, Marianela sofre várias humilhações, por parte de sua tia e de Kristel (María Elisa Camargo), sua prima que constantemente fala de seu peso. Por isso, Marianela deve procurar a sua força interior para tentar vencer as adversidades que se apresentam em seu caminho. Apesar de tudo, também dentro de seu novo "lar" Marianela verá a luz, e conhecerá o amor ao reencontrar Emanuel Ruíz y de Teresa Curiel (Valentino Lanús), um jovem e bonito publicista que se tornará seu amigo e confidente, que carinhosamente a chama de "minha gordinha formosa".

Por outro lado, Marianela se refugiará constantemente em sua outra tia Netty (Laura Flores), a irmã de sua mãe, uma simpática atriz retirada do mundo do espetáculo, que tem uma pensão. Netty pouco a pouco irá ensinando sua sobrinha a se amar e se valorizar, para enfrentar todos aqueles obstáculos que se apresentam no caminho.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Ariadne Díaz - Marianela Ruiz y de Teresa Pavón / Victoria de la Garza Montiel
  • Valentino Lanús - Emanuel Ruiz y de Teresa Curiel / Lírio de Plata
  • Azela Robinson - Fedra Curiel de Ruiz y Teresa / Juana Felipa Pérez Fernández
  • César Évora - Emiliano Ruiz y de Teresa
  • Laura Flores - Ernestina "Netty" Pavón Romero
  • Alexis Ayala - Lorenzo Porta-López
  • Roberto Ballesteros - Bernardo Izquierdo
  • Roberto Palazuelos - Mauricio Fonseca Lombardi
  • Altair Jarabo - Ilitia Porta-López Rivero
  • Armando Araiza - Brandon Moreno Cervantes
  • Aarón Hernán - Máximo Ruiz y de Teresa
  • Maricarmen Vela - Carlota Ruiz y de Teresa
  • Angelina Peláez - Mamá Dolores
  • Tina Romero - Paula de Franco
  • Eduardo Liñán - León Garduño
  • Cecilia Gabriela - Camila "Muñeca" Rivero de Porta-López
  • Carlos Cobos - Benigno Cruz
  • Héctor Sáez - Comissário Agustín Tejeda
  • Patricia Martínez - Gladiola Cervantes de Moreno
  • Marcela Páez - Consuelo
  • Rafael Amador - Fidel Mendoza
  • Rosita Pelayo - Flora
  • Lorena Enríquez - Dorothy "Doris" Moreno Cervantes
  • Ricardo Margaleff - Oliver Rosales / Graciela Agustina "Chelatina" Lozano
  • Diego Amozurrutia - Axel Ruiz y de Teresa Curiel
  • María Elisa Camargo - Kristel Ruiz y de Teresa Curiel
  • Christina Masón - Gretel Ruiz y de Teresa Curiel / Manolo de la Garza Montiel
  • Ivonne Ley - Nereida Pérez
  • Mariana Van Rankin - Delicia Flores
  • Alejandro Felipe - Javier
  • Mariana Quiroz - Manzanita
  • Alberto Agnesi - André Silva
  • Mariluz Bermúdez - Hortensia Piedras
  • Michelle Renaud - Lorena Fonseca
  • Lili Goret - Carolina
  • Otto Sirgo - Juiz Félix Pantoja
  • Roberto Blandón - Ricardo
  • Raúl Magaña - Luis Felipe Ruiz y de Teresa
  • Teo Tapia - Lic. Ordaz
  • Vanessa Arias - Jacqueline Pereyra
  • Martín Cuguru - Lic. Eugenio Pacheco
  • Luis Uribe - Cap. José María Sevilla "El Lirio de Plata"
  • Rebeca Mankita - Mayela Santibáñez
  • Sergio Jurado - Dr. Arnoldo
  • Ricardo Vera - Lic. Rivas
  • Carlos Gascón - Jorge Jauma
  • Manuela Imaz - Fabiola Fonseca
  • Ricardo Franco - Alfredo
  • Georgina Pedret - Ángela
  • Fernanda López - Begoña Riquelme
  • Kelchie Arizmendi - Marilda
  • Perla Encinas - Zorayda Ruiz y de Teresa Curiel
  • Zoraida Gómez - Juana Felipa Pérez / Fedra Curiel de Ruiz y de Teresa (jovem)
  • Marcelo Córdoba - José María Sevilla (jovem)
  • Gabriela Goldsmith - Fedra de Curiel
  • Oscar Traven - Aristóteles Curiel
  • Lizetta Romo - Almudena Rodríguez
  • Lucía Méndez - Eva Pavón Romero vda. de Ruiz y de Teresa

Audiência[editar | editar código-fonte]

Estreou com 20.2 pontos. Sua maior audiência é de 24 pontos, alcançada em 21 de outubro de 2010. Já sua menor audiência é 10.4 pontos, alcançada em 24 de dezembro de 2010, véspera de Natal. Seu último capítulo teve média de 22 pontos. Teve média geral de 19.4 pontos. [2]

Outras versões[editar | editar código-fonte]

  • A versão original foi a telenovela da Venezuela Mi gorda Bella produzida pela RCTV no ano de 2002, produzida Leonor Sardi Aguilera. Foi protagonizada pelos atores Natalia Streignard e Juan Pablo Raba.
  • O canal TV3, da Malasia, também fez um remake intitulado Manjalara em 2007, produzido por Khabir Bhatia e protagonizado por Emelda Rosmila e Jehan Miskin.

Referências

  1. «Valentino Lanús estrena novela en pleno cumple». Quien. 3 de maio de 2010. Consultado em 23 de julho de 2015. 
  2. Foro Point Azul (14 de fevereiro de 2011). «Reporte de rating "Llena de amor"». Consultado em 27 de julho de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre telenovelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.