Rosa salvaje

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rosa Salvaje
Rosa Selvagem (BR)
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 30 minutos (Segunda à sexta às 21:30)
País de origem  México
Idioma original Espanhol
Produção
Diretor(es) Beatriz Sheridan
Produtor(es) Angelli Nesma Medina
Valentín Pimstein
Elenco Verónica Castro
Guillermo Capetillo
Laura Zapata
Roberto Ballesteros
Edith González
ver mais
Tema de abertura «Rosa salvaje», Verónica Castro
Exibição
Transmissão original México: 6 de julho de 1987 - 8 de abril de 1988
Brasil:20 de maio de 1991 - 28 de setembro de 1991
N.º de episódios México: 200
Brasil:114
Cronologia
Último
El precio de la fama
El extraño retorno de Diana Salazar
Próximo

Rosa Selvagem (Rosa Salvaje) é uma telenovela mexicana produzido pela Televisa e exibida entre 6 de julho de 1987 a 8 de abril de 1988

Inspirada no romances La gata e La indomable de Inés Rodena, e em uma história de Abel Santa Cruz, foi adaptada por Carlos Romero, e produzida foi Valentín Pimstein.

A trama foi protagonizada por Verónica Castro e Guillermo Capetillo e antagonizada por Laura Zapata, Liliana Abud e Edith González.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O drama conta a história de Rosa que vive com sua madrinha em um bairro muito pobre, ela é uma garota muito simples e se veste como um garoto. Ela foi abandonada pela sua mãe, Paulette. Num certo dia Rosa vai a uma mansão para roubar maçãs e conhece o dono da casa Ricardo.

Ricardo é um homem rico e que vive em constantes discussões com suas irmãs que sempre querem decidir com quem ele deve se casar.

Ricardo é bondoso com Rosa, diz que não chamará a polícia se ela lhe der algumas maçãs. Rosa se apaixona por ele, enquanto ele só decide casar-se com ela para provocar suas irmãs. Com o tempo Ricardo acaba se apaixonando por Rosa, porém suas irmãs vão fazer de tudo para atrapalhar a vida do casal.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Exibição[editar | editar código-fonte]

No México[editar | editar código-fonte]

A trama era exibida de segunda à sexta às 21:30 e apresentava capítulos de 30 minutos.

Foi reprisada pelo TLNovelas entre 24 de outubro de 2011 e 9 de março de 2012, substituindo Rosalinda e sendo substituída por Maria Mercedes[1] .

No Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil, a trama foi exibida entre 20 de maio e 28 de setembro de 1991 e foi outra novela bem-sucedida da atriz Verónica Castro, já famosa por Os Ricos Também Choram, exibida no início da década anterior.

Foi reprisada entre 4 de janeiro e 30 de julho de 1993.mas marcou uma média de 5 pontos,onde a meta era 8.Por isso o SBT cortou muitas cenas,terminando então com somente 65 capítulos.

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmio TVyNovelas 1988[editar | editar código-fonte]

Categoria Nomeado(a) Resultado
Melhor atriz protagonista Verónica Castro Ganhadora
Melhor ator protagonista Guillermo Capetillo Nomeado
Melhor vilã Laura Zapata Ganhadora

Outras Versões[editar | editar código-fonte]

  • Rosa salvaje é baseada na radionovela "La Indomable" , que por sua vez é inspirada en "La Gata", ambas de Inés Rodena.

Referências

  1. «PROGRAMACIÓN CANAL TLNOVELAS, PRÓXIMOS ESTRENOS Y FINALES». Mas Telenovelas. 31 de julho de 2011. Consultado em 5 de março de 2016. 
Ícone de esboço Este artigo sobre telenovelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.