Cara sucia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cara Sucia
Estrella (PT)
Sombras do Passado (BR)
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Drama
Duração 45 minutos aproximadamente
Criador(es) Inés Rodena
País de origem  Venezuela
Idioma original Espanhol
Produção
Diretor(es) Gabriel Walfensao
Produtor(es) Marisol Campos
Roteirista(s) Carlos Romero
Alberto Gómez
Elenco Sonya Smith
Guillermo Dávila
Gigi Zanchetta
Humberto Garcia
Chony Fuentese
Tema de abertura "Antología de caricias", por Altamira Banda Show
Exibição
Emissora de televisão original Venezuela Venevisión
Transmissão original 5 de março de 1992 a 12 de outubro de 1992
N.º de episódios 174
Cronologia
Mundo de fieras

Cara Sucia é uma telenovela venezuelana produzida por Marisol Campos e exibida pela Venevisión entre 5 de março a 12 de outubro de 1992[1].

Baseada na radionovela La gata de Inés Rodena, foi escrita por Carlos Romero e Alberto Gómez.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O amor, ódio, a maldade e as paixões entrelaçam essa bonita e realista história de amor, onde fantasmas do passado ofuscam a felicidade de um jovem casal. Miguel Ângelo faz parte de uma das famílias mais ricas de Caracas, enquanto Estrella vive muito humildemente e trabalha vendendo jornais numa esquina. Eles se conhecem e se apaixonam a primeira vista conduzindo os dois ao casamento.

Depois de casados, terão de enfrentar as imposições de Horacio e Rebecca, os pais de Miguel Ângelo, que sempre foram contra a união e tem ainda a venenosa Santa Ortigosa, a ex-namorada de Miguel Ângelo que sente uma paixão obssessiva pelo ex.

Produção[editar | editar código-fonte]

Seria protagonizada por Maite Delgado, que recusou o convite para ser animadora de TV. Diante da recusa, convidaram Sonya Smith, que até então, tinha feito apenas papéis pequenos em novelas da RCTV. Em pouco tempo, Sonya se transformou num sucesso. Ainda que a novela tenha sido tachada como "dramática demais", alcançou uma grande projeção internacional. Sonya dividia seu tempo como podia entre as gravações, seus estudos de Veterinária, família e seus muitos animais de estimação.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Sonya Smith Estrella Montenegro Campuzano
Guillermo Dávila Miguel Ángel González "Miguel Ângelo"
Gigi Zanchetta Santa Ortigosa
Humberto García Horacio González
Adolfo Cubas Antônio González "Tony"
Eva Blanco Candelaria Camacho
Humberto Tancredi Efraim Ortigosa
Chony Fuentes Rebecca González
Elio Rubens Leonardo Montenegro
María A. Avalone Karina González
Julio Capote Fermín "Fermino"
Hans Christopher Víctor Iriarte
Helianta Cruz Beba Ortigosa
Rita de Gois Carmen dos Santos
Joel de la Rosa Fabián
Eduardo Luna Ángel Vargas López "Kirikó"
Alberto Marín Padre Lombarito
Ana Martínez Asunción "Assunção"
Luis Pérez Pons Rocco
Hilda Moreno Coralia
Enrique Oliveros Oscar
Simón Pestana José Grigorio
Solmayra Castillo Dejanira
Marcelo Rodríguez Augustinho
Coromoto Roche Teresa
Deyanira Hernandez Eloísa
Gonzalo Contreras Dr. Gordillo
José Ángel Urdaneta Chuy
Eduardo Angulo Querico
Niurka Acevedo -
Alexis Escamez -

Repercussão[editar | editar código-fonte]

É uma das novelas com maior vendagem a nível internacional, com mais de 80 países, perdendo apenas para "Gata Salvaje"(Gata Selvagem). Graças à "Cara Sucia", foi a primeira vez que a Mongólia viu uma novela latina. "Sombras do Passado" foi transmitida no Brasil pela Band em 1999.

Exibição no Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil, foi exibida pela Rede Bandeirantes, entre 7 de junho e 22 de outubro de 1999, sob o título de Sombras do passado[2].

Referências

  1. «Cara sucia, telenovela». Venevisión International. Consultado em 20 de agosto de 2013 
  2. «Sombras do passao». Telenoveleiros. 27 de março de 2011. Consultado em 29 de setembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]