La Zulianita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
La Zulianita
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Drama
Criador(es) Delia Fiallo
País de origem  Venezuela
Idioma original espanhol
Produção
Diretor(es) Grazio D'Angelo
Produtor(es) José E. Crousillat
Elenco ver
Tema de abertura "La Zulianita", por Willy Chirino
Exibição
Emissora de televisão original Venezuela Venevisión
Transmissão original 5 de janeiro de 1976 - 7 de novembro de 1976
Cronologia
Programas relacionados Un refugio para el amor

La Zulianita é uma telenovela venezuelana exibida entre 5 de janeiro e 7 de novembro de 1976 pela Venevisión.[1]

Foi protagonizada por Lupita Ferrer e José Bardina e antagonizada por Chelo Rodríguez e Raúl Xiqués.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Martha María Domínguez, uma provinciana humilde de Zulia, que vai para Caracas em busca de oportunidades de trabalho, mas não tem as habilidades para conseguir isso. Finalmente, ela encontrou trabalho e alojamento graças a uma prima que trabalha como prostituta.

No bar, um cliente sem escrúpulos Lastra seduz Martha Mary, mas ela defende e ele a acusa de roubar sua carteira. A Zulianita acaba na prisão, mas consegue sair graças à boa índole do advogado Claudio Linares, dedicado a ajudar as pessoas sem recursos, já que ele também foi preso injustamente.

Logo depois, Martha Maria consegue um emprego na residência de uma família rica, Arocha. Esta família é composta do casamento de Filipe e Amélia; seus três filhos Juan Carlos, Jesus e Jennifer; Tia Olga e os filhos desta, Diana e Tony. Já em casa, La Zulianita se apaixona por Juan Carlos, apesar Claudio adverte que esta família não é confiável, pois foram eles que o mandaram para a prisão, acusando-o da morte de sua esposa e filha.

Martha Maria e Juan Carlos começam um caso e ele rompe seu compromisso com a sua namorada, Idania Ferrán. No entanto, Lastra, o cliente que molestou La Zulianita no bar é um amigo de Arocha, e diz Juan Carlos que ela é uma ladra e trabalhou como prostituta. Juan Carlos fica furioso, acreditando que sua amada tem enganado. Uma noite, ele chega em casa bêbado e dorme com Martha Mary, que está grávida, e depois zomba dela e rejeita.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Versões[editar | editar código-fonte]

  • María de nadie, telenovela realizada por Crustel S.A. em 1986 e protagonizada por Grecia Colmenares, Jorge Martínez e Cecilia Cenci.

Referências

  1. «La Zulianita, telenovela». Network. Consultado em 20 de agosto de 2013 
  2. «La Zulianita encuentra Un refugio para el amor». El Universal. 16 de novembro de 2011. Consultado em 31 de julho de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]