Emperatríz (1990)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Emperatriz
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Drama
Criador(es) Jose Ignacio Cabrujas
País de origem  Venezuela
Idioma original espanhol
Produção
Produtor(es) Marte TV
Elenco ver
Tema de abertura "Yo sin ti", por Ricardo Montaner
Exibição
Emissora de televisão original Venezuela Venevisión
Transmissão original 10 de fevereiro de 1990 - 17 de junho de 1991
N.º de episódios 211
Cronologia
La mujer prohibida
Programas relacionados Emperatriz (2011)

Emperatriz é uma telenovela venezuelana produzida pela Marte TV e exibida pela Venevisión em 1990.[1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Emperatriz Jurado é uma mulher cheia de ódio e dor que busca se vingar de Anselmo Lander, o homem que a enganou e levou sua filha quando ela nasceu.

Com a ajuda de Leonidas León, que também odeia Anselmo, Emperatriz trama um plano para destruir Anselmo e sua esposa, Alma Rosa Corona. No entanto, a vingança da Emperatriz também destrói a vida das filhas do casamento, que são órfãs e ficam separadas. A mais velha dessas garotas é filha de Emperatriz.

Anos depois, Endrina Lander, filha do meio de Anselmo e Alma Rosa, retorna a Caracas. Com o falso nome de Eugenia Sandoval, Endrina buscará se vingar de Emperatriz e recuperar suas duas irmãs, que estão perdidas.

A mais velha das meninas, Esther, retorna à Venezuela depois de viver e estudar no exterior por um ano e se apaixona por Leonidas, que agora está casada com Emperatriz. Por sua parte, a filha mais nova, Elena, cresceu com seus pais adotivos, longe de todos, e não lembra de nada.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Versões[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Emperatriz, telenovela». Vencor. Consultado em 8 de outubro de 2017 
  2. «Gaby Spanic, feliz por telenovela en Azteca». El Universal. 16 de março de 2011. Consultado em 8 de outubro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]