El abuelo y yo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
El abuelo y yo
Vovô e eu (BR)
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 45 minutos (segunda a sexta)
Criador(es) Lorena Salazar
Eduardo Quiroga
País de origem  México
Idioma original Espanhol
Produção
Diretor(es) Juán Carlos Muñoz
Produtor(es) Pedro Damián
Elenco Ludwika Paleta
Gael García Bernal
Beatriz Moreno
Jorge Martínez de Hoyos
Evangelina Elizondo
Marcelo Buquet
 Frances Ondiviela
Tema de abertura «Capitanes de la calle» por (Ludwika Paleta)
Exibição
Emissora de televisão original Televisa
Transmissão original México 20 de janeiro de 1992 - 22 de maio de 1992
N.º de episódios México 90
Brasil 85
Cronologia
Vida robada
Carrusel de las Américas
Ángeles sin paraíso

El abuelo y yo (no Brasil, Vovô e eu; em Portugal, O avô e eu) foi uma telenovela mexicana produzida por Pedro Damián para a Televisa e exibida pelo Canal de las Estrellas entre 20 de janeiro e 22 de maio de 1992

A trama foi protagonizada por Gael García Bernal e Ludwika Paleta, com atuações estrelares de Jorge Martínez de Hoyos, Evangelina Elizondo, Ivette Proal, Marcelo Buquet e Frances Ondiviela, e antagonizada por Ivette Proal, Flor Edwarda Gurrola e Wendy de los Cobos.

Sinopses[editar | editar código-fonte]

Alexandra e Daniel são dois meninos que vivem mundos totalmente diferentes mas que terminam unidos pela amizade e os sonhos.

Alexandra é uma menina doce e terna que vive num mundo de jardins e sonhos de cristal, vestidos formosos, infinidade de chapéus e contos de fadas. É uma menina cheia de fantasias e desejos de aventuras mágicas, seus pais são endinherados e possui tudo o que seus desejos possam imaginar. Mas esse mundo está bem longe de Daniel, um menino que ficou órfão, quem fez da rua seu lar, pois à morte de sua mãe, ficara desabrigado, não conhece seus parentes, só sabe que o pai de sua mamãe nunca lhe perdoou que se tenha casado e a afastou de sua vida. Agora Daniel mal tem para se comprar um bom par de sapatos.

O pequeno Daniel, que vive com seu cão "Anselmo", primeiro conhece Joaquín, um velho músico concertista que agora se tornou solitário, Daniel acha que os dois podem ser grandes colegas, sem imaginar que ele é seu avô, depois conhece Alexandra e juntos começam a percorrer novos mundos cheios de diversão e todo graças ao Avô, que se converte em sua guia e lhes ensina o verdadeiro significado da amizade e a como seguir sendo meninos. O Avô além de brindar-lhes seu apoio e carinho ensina-lhes a usar a imaginação para viajar por mundos estranhos e a sonhar, coisas que os meninos tinham deixado de fazer por resolver problemas que não lhes correspondiam.

Ao final Daniel e Joaquín descobrem que são avô e neto e seguem seu caminho juntos mas sem Alexandra.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Equipe de produção[editar | editar código-fonte]

  • Script: Lorena Salazar e Eduardo Quiroga.
  • Edição Literária: Xuitlaltzin Vázquez.
  • Cenografia: Arq. Juan Rodríguez.
  • Ambientação: Rosalba Santoyo.
  • Desenho de Vestuário: Ninoshka González.
  • Tema de abertura: "Capitanes de la calle".
  • Intérprete: Ludwika Paleta.
  • Música Original: Amparo Rubín.
  • Gerente de Produção: Paulina Viesca Azuela.
  • Direcção de Câmaras: Manuel Ruiz Espalhe.
  • Direcção de Cena: Juan Carlos Muñoz.
  • Produtor: Pedro Damián.

Exibição no Brasil[editar | editar código-fonte]

Foi exibida no Brasil, pelo SBT, entre 22 de abril e 3 de agosto de 1992, sucedendo Carrossel.

Foi reprisada pelo SBT entre 30 de setembro e 28 de dezembro de 1996, ao meio dia, e também pelo canal pago TLN entre 21 de maio e 14 de setembro de 2012 em 85 capítulos.

Exibição em Portugal[editar | editar código-fonte]

Foi exibida em Portugal, pelo Canal 1 da RTP, em 1995, antes do Jornal da Tarde.

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

A novela possui duas trilhas sonoras. A primeira é a original, lançada em 1992 pela gravadora Melody, constituída por canções interpretadas pelo próprio elenco. A segunda foi somente lançada no Brasil pela gravadora RCA, durante a exibição da novela também em 1992 pela emissora SBT, constituída por outras canções interpretadas por artistas brasileiros.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Assim como na novela Carrossel, Vovô e eu foi 2º melhor sucesso na televisão brasileira para o publico infantil. Sendo exibida com a ingrata missão de manter o ibope da novela anterior, a trama marcou 11 pontos de média durante sua exibição de abril a agosto de 1992, seis a menos em relação a Carrossel (que obteve 17), mas ainda um bom índice que foi mantido por Chispita, que foi reprisada em seguida e a última naquela época a retratar uma história infantil.
  • Duas atrizes da novela Carrossel aparecem na novela Vovô e eu, com personagens invertidos, Ludwika Paleta que interpretou a malvada Maria Joaquina interpretou a bondosa Alejandra, e Flor Edwarda Gorrola interpretou a bondosa Carmen interpreta a malvada Yoya.
  • O que deixou chocado muitos dos telespectadores, foi o acidente da Alejandra após sofrer uma queda depois de cair de um muro, e o reencontro de Daniel com seu cachorro Alcemo, que o levou a morte do após ser atropelado por um carro depois de salvar a vida do Daniel.
  • A atriz Dominika Paleta irmã de Ludwika Paleta, teve uma participação especial atuando em um capítulo.
  • O tema de abertura no Brasil era Vovô e eu, interpretado pela cantora infantil Kelly.

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmio TVyNovelas de 1993[editar | editar código-fonte]

Categoría Indicado(a) Resultado
Melhor ator principal Jorge Martínez de Hoyos Venceu
Melhor atuação infantil Gael García Bernal Venceu
Melhor atuação infantil Ludwika Paleta' Venceu
Melhor atuação infantil Flor Edwarda Gurrola Indicado

Versões[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]