Madres egoístas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Madres egoístas
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero drama
Duração 41–44 minutos
Baseado em Madres egoístas, de Mimí Bechelani
País de origem México
Idioma original espanhol
Produção
Diretor(es)
Produtor(es) executivo(s) Juan Osorio Ortiz
Cinematografia
  • Alejandro Frutos
  • Roberto Nino
Distribuição Televisa Internacional
Roteirista(s)
  • Josefina Palos y Romo
  • Luis Fernando Martínez
Elenco
Tema de abertura
  • "Madres egoístas"
    por Ernesto Cortázar II
  • "Volver a ti"
    por María del Sol
Empresa(s) produtora(s) Televisa San Ángel
Localização Cidade do México, México
Exibição
Emissora original Las Estrellas
Formato de exibição 480i (SDTV)
Formato de áudio Estéreo
Transmissão original 4 de fevereiro – 7 de junho de 1991
Episódios 80

Madres Egoístas (lit. Mães egoístas) é uma telenovela mexicana produzida por Juan Osorio para a Televisa e exibida pelo Canal de las Estrellas, entre 4 de fevereiro e 7 de junho de 1991.[1] É uma refilmagem da telenovela Madres egoístas, produzida por Valentín Pimstein, em 1963.

A trama é protagonizada por Julieta Rosen, Orlando Carrio, Chantal Andere e Enrique Novi e antagonizada por Maria del Sol.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Esta é a história de Rachel Rivas Cantu, uma jovem herdeira de uma fortuna. Orfã que foi criado por sua ama de chaves Mariana, que durante anos a odiava por causa de um passado e de uma vida que segundo ela diz ter sido roubado pelos Rivas Cantu. Rachel vai se casar com Pablo, um viúvo honesto, que tem uma filha Carmen. Eventualmente Rachel e Pablo tem outra filha, Mariana e Pablo suspeita que ela não é a pessoa que parece ser, põe a disposição de Gaby, filha de seu casamento com Rachel sob os cuidados de uma babá com a condição de que Mariana nunca chega perto dela. Passado quatro anos de imensa felicidade, o destino quer que Pablo morra de um ataque cardíaco, deixando Rachel e Gaby sozinhas e na tristeza mais profunda. Dando ouvido aos maus conselhos Mariana, Rachel interno Gaby em um colégio interno, onde por obra do destino se com Carmen, a filha do seu pai. Elas cresceram juntas sem saber que são irmãs. Mariana junto com seu filho Philip fazem com que a vida dos Rivas Cantu seja tão negra como a sua alma. Mas vários personagens dão um giro inesperado a esta maravilhosa história de amor, traição e vingança.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmio TVyNovelas 1992[editar | editar código-fonte]

Categoria Nomeado(a) Resultado
Melhor atriz jovem Chantal Andere Nomeada
Melhor ator jovem Toño Mauri Nomeado
Melhor atriz infantil Anahí Nomeada

Referências

  1. «Madres egoístas» (em espanhol). alma-latina.net. Consultado em 22 de fevereiro de 2016. Cópia arquivada em 13 de outubro de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]