La sonrisa del diablo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pela telenovela de 1970, veja La sonrisa del diablo (1970).
La sonrisa del diablo
O Sorriso do Diabo (BR)
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Drama
Romance
País de origem  México
Idioma original Espanhol
Produção
Diretor(es) Arturo Ripstein
Produtor(es) Ernesto Alonso
Elenco Rebecca Jones
Enrique Álvarez Félix
Ernesto Laguardia
Héctor Sáez
Jorge Vargas
ver mais
Tema de abertura "La sonrisa del Diablo", por Raúl Martell.
Exibição
Emissora de televisão original Canal de las Estrellas
Transmissão original 24 de fevereiro de 1992 - 31 de julho de 1992
N.º de temporadas 1
N.º de episódios 115
Cronologia
Al filo de la muerte
Triángulo (19h)
De frente al sol (21h)
Programas relacionados La sonrisa del diablo (1970)
Anjo Maldito

La sonrisa del diablo (lit. O sorriso do Diabo) é uma telenovela mexicana produzida por Ernesto Alonso para a Televisa e exibida, inicialmente, no horário nobre do Canal de las Estrellas, entre 24 de fevereiro e 31 de julho de 1992, substituindo Al filo de la muerte (às 21 horas) e sendo substituída por Triángulo (às 19 horas).

É um remake da telenovela homônima, também produzida por Ernesto Alonso e exibida em 1970 no Canal de las Estrellas.

Foi protagonizada e antagonizada por Rebecca Jones e Ernesto Laguardia, com as atuações estrelares de Enrique Álvarez Félix, Blanca Sánchez, Jorge Vargas e Héctor Sáez.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Telenovelas da Televisa

Enredo[editar | editar código-fonte]

Déborah San Román é uma jovem atraente e ambiciosa que não faz distinção entre o bem e o mal e não se detém em nada, nem mesmo em face do crime, para alcançar seus objetivos; sempre semeando destruição, suicídios, miséria moral e econômica. A jovem precisa da admiração masculina para se sentir segura, mas quando fica entediada com o amante, por sua vez, não hesita em romper com ele.

Déborah nunca amou ninguém, mas chega o momento em que ela é apaixonada por Rafael Galicia, um jovem tão inescrupuloso como ela é. Rafael é dono de uma famosa loja de antiguidades que serve de cobertura para vender itens roubados e contrabandeados com a intenção de prover segurança econômica, serviços médicos e estudos a seu irmão, já que ele é incapacitado na esteira de um acidente de trânsito que ele causou .

Durante uma das freqüentes viagens de Rafael à fronteira com os EUA, Deborah conhece Salvador Esparza, o homem por quem Laura se apaixonou. Salvador é um viúvo rico, a quem Deborah seduz facilmente com seus encantos, mas as crianças de Salvador, Beto e Patrícia, detesto desde o início, e ainda mais quando se casa com seu pai como um pressentimento de que vai atrás de sua fortuna. Laura, devastada por perder o amor de Salvador, tenta voltar para sua aldeia, mas sofre um acidente que a deixa amnésica, e durante esse estágio ela entra em um mundo até então desconhecido dela.

Quando Rafael retorna, Déborah propõe que voltem a ter relações, mas agora em segredo, já que ela se tornou uma mulher casada. Enquanto isso, Salvador começará a descobrir as maquinações e enganos de Déborah, que continuará a prejudicar e trair todos ao seu redor, mas o amor e a honestidade conseguirão derrotá-la.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Rebecca Jones Deborah San Román
Ernesto Laguardia Rafael Galicia
Enrique Álvarez Félix Salvador Esparza
Blanca Sánchez Martha Esparza
Jorge Vargas Carlos Uribe
Emilia Carranza Antonia Esparza
Jaime Garza Víctor
Gabriela Hassel Marilí Uribe
Marcela Páez Laura San Román
Ramón Abascal Beto Esparza
Katia del Río Patricia Esparza
Elena Silva Beatriz Gorozpe
Gilberto Román Roberto Hiniestra
Miguel Ángel Negrete Federico Espino
Marco Hernán Ramón Durán
Mauricio Bonet Junior Rodríguez
Ana Laura Espinosa Leonor
César Castro Ingeniero Salgado
Yolanda Ciani Casandra Adler
Rosario Gálvez Lena San Román
Alejandro Camacho Homem misterioso (atuação especial)

Equipe de Produção[editar | editar código-fonte]

  • Enredo: Fernanda Villeli, Marcia Yance
  • Original de: Luisa Xamar
  • Edição literária: Tere Medina
  • Tema musical: La sonrisa del diablo
  • Autor: Raúl Martell
  • Escenografía: José Contreras
  • Ambientação: Rafael Brizuela
  • Luminotécnico: Sergio Treviño
  • Coordenador artístico: Gerardo Lucio
  • Chefe de produção: Víctor Soto
  • Diretor de câmeras: Jesús Acuña Lee
  • Asisstente de direção: Sergio Muñoz
  • Gerente de producção: Guadalupe Cuevas
  • Diretor: Arturo Ripstein
  • Produtor: Ernesto Alonso
  • Foi uma produção de: Televisa em MCMXCII

Transmissão[editar | editar código-fonte]

Inicialmente a trama era exibida em capítulos com 30 minutos de duração. A partir de 27 de abril de 1992 passou a exibir capítulos de 1 hora, sendo exibida até às 22:00. E a partir de 27 de maio de 1992 passou a ser exibida das 19:00 às 20:00.

Exibição Internacional[editar | editar código-fonte]

Estados Unidos Univisión (1994-1996)
Estados Unidos  Galavisión
Paraguai Canal 13
Argentina Canal 9
Equador TC Televisión
Peru America Televisión

Versões[editar | editar código-fonte]

  • La sonrisa del diablo é um remake da novela de mesmo nome escrito por Luisa Xamar em 1970 e estrelado Maricruz Olivier e Norma Herrera. Também produzido por Ernesto Alonso
  • No Brasil, uma versão dessa telenovela foi feita em 1983. Era chamada de Anjo Maldito. Era comum o canal SBT adaptar textos estrangeiros para a produção de telenovelas.

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmios TVyNovelas 1993[editar | editar código-fonte]

Categoria Nominado(a) Resultado
Melhor atriz antagonista Rebecca Jones Indicado
Melhor atriz principal Blanca Sánchez Indicado
Melhor atriz coadjuvante Marcela Páez Indicado
Melhor ator juvenil Ernesto Laguardia Indicado

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]