Maricruz Olivier

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Maricruz Olivier
Maricruz Olivier em Angelitos del trapecio (1959).
Nome completo María de la Cruz Olivier Obergh
Nascimento 19 de novembro de 1935 (84 anos)
Puebla, México
Nacionalidade mexicana
Morte 10 de outubro de 1984 (48 anos)
Cidade do México, México
Ocupação Atriz
Atividade 1953—1982

Maricruz Olivier nascida Maria da Cruz Olivier Obergh (Tehuacán, 19 de novembro de 1935Cidade do México, 10 de outubro de 1984) foi uma atriz mexicana.[1] Estudou na Cidade do México durante dois anos Filosofia e Letras e atuou também na Academia André Soler .

Ela protagonizou mais de cinquenta filmes e novelas, entre os mais conhecidos podem ser citados: Teresa , filmado em 1960 , onde ela é a protagonista e atua ao lado de grandes figuras do cinema nacional mexicano e internacional, como Fernando Rey , Andrea Palma , Luis Beristain , Manola Saavedra e Beatriz Aguirre e onde ela protagonisou uma manipuladora, ambiciosa e perversa jovem, causando o caos com suas maldades entre aqueles em torno dela e que finalmente, não consegue ser feliz no campo sentimental. "Eu matei um homem" , fita dirigida no ano de 1963 , que foi dirigido por Julio Bracho , onde atua ao lado de Fernando Soler , William Murray , Jose Galvez , Andres Soler , Enrique Lizalde , etc. e onde uma mulher carrega sua obsessão para sair da pobreza ao ponto de deixar seu proprio marido doente. O direito de ser nascido , história conhecida que tem sido repetida na televisão. Foi dirigido por Tito Davison e filmado no ano de 1966 , onde desempenha o papel de Maricruz "Isabel Cristina". O filme conta a história de uma jovem que enfrenta sua família autoritária, quando se requeria o aborto de seu filho. atuam neste filme Aurora Bautista , Augusto Benedico , Julio Alemán , Roberto Canedo , Irma Lozano e Fernando Soler . "Hasta el viento tiene miedo" , fita dirigida no ano de 1967 , por Carlos Enrique Taboada , onde ela desempenha o papel de "Lucia" assistente principal. Fita que está catalogada como horror gótico e agora é considerado cult entre os fãs. Ela atua ao lado de Marga López , Norma Lazareno , Alicia Bonet etc. e desempenha o papel de uma professora submissa dominada pela autoritária "Bernarda" a diretora.

Foi também grande atriz de telenovelas, incluindo as mais memoráveis: a versão TV de Teresa (1959); Dos Caras Tiene El Destino , dirigada pelo Sr. Ernesto Alonso , no ano de 1960 ; Tempestade , dirigido por Sr. Raul Araiza , no ano de 1967 , eu não acredito em homens , dirigida por Ernesto Alonso , no ano de 1967 ; La Sonrisa Del Diablo (1970); Viviana produzido por Valentin Pimstein e dirigido por Dimitry Sarrás que desenvolve papel da Gloria, antagonista de Lucia Mendez , no ano de 1978 , que também foi seu professor em seus dias de aluna . Sua última apresentação foi em 1982 , na novela Em busca do Paraíso , dirigido por Ernesto Alonso .

A atuação de Maricruz sempre foi indiscutível; "Eu podia interpretar perfeitamente odiava tanto o papel de vilã como a vítima de auto-sacrifício. Algo que você lembra sobre ele sao seus diálogos, poderia desenvolver, comum no mundo real, mas situações inusitadas muito cotidianas que enfrentam a câmera, como escovar os cabelos na frente de um espelho, durante o desenvolvimento do seu personagem"

Morreu solteira e nao deixou filhos, em outubro de 1984 , na Cidade do México , Distrito Federal, vitima de parada cardíaca causada por câncer de pâncreas com a idade de 49 anos. Seus restos descansam no Jardim Pantheon , na mesma cidade.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

  • La niña de los hoyitos (1984)
  • Tres mujeres en la hoguera (1979) .... Gloria
  • Pobre niño rico (1974)
  • El deseo en otoño (1972) .... Elena
  • Trampa para una niña (1971)
  • El oficio más anti

guo del mundo (1970) .... Libertad

  • Matrimonio y sexo (1970)
  • Claudia y el deseo (1970) .... Claudia
  • Tres noches de locura (1970) .... (segmento "Luisa")
  • Ha entrado una mujer (1970)
  • Crónica de un cobarde (1970)
  • El deseo en otoño (1970)
  • Estafa de amor (1970)
  • El caballo Bayo (1969)
  • Las pecadoras (1968)
  • Hasta el viento tiene miedo (1968) .... Lucía
  • Cómo pescar marido (1967)
  • Un dorado de Pancho Villa (1967) .... Amalia Espinosa
  • Adiós cuñado (1967)
  • La muerte es puntual (1967)
  • Las amiguitas de los ricos (1967) .... Lía
  • El derecho de nacer (1966) .... Isabel Cristina
  • La vida de Pedro Infante (1966) .... María Luisa León
  • Despedida de soltera (1966) .... Teresa
  • He matado a un hombre (1964) .... Carmen
  • Los novios de mis hijas (1964) .... Lupe
  • Sol en llamas (1962) .... Isabel
  • Teresa (1961) .... Teresa Martínez
  • Chicas casaderas (1961) .... Marcela
  • Los laureles (1961)
  • Quinceañera (1960) .... María Antonia
  • La sombra en defensa de la juventud (1960)
  • El joven del carrito (1959)
  • Angelitos del trapecio (1959) .... Tina
  • Tres desgraciados con suerte (1958)
  • Los mujeriegos (1958)
  • Esposa te doy (1957)
  • Cada hijo una cruz (1957) .... Amalia
  • Pura vida (1956) .... Esperanza
  • El asesino X (1955)
  • Si volvieras a mi (1954) .... Eva
  • El gran autor (1954)
  • Orquídeas para mi esposa (1954)
  • La extraña pasajera (1953) (como María de la Cruz) .... Carmela
  • Esos de Pénjamo (1953) (como María de la Cruz Olivier)

Referências

  1. «Maricruz Olivier en archivo de telenovelas y biografías». Network, archivo. Consultado em 17 de janeiro de 2014 [ligação inativa]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]