Vida robada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vida robada
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero drama
Duração 41–44 minutos
Baseado em Ha llegado una intrusa, de Marissa Garrido
País de origem México
Idioma original espanhol
Produção
Diretor(es) Luis Velez
Produtor(es) Rafael Urióstegui
Produtor(es) executivo(s) Carlos Sotomayor
Cinematografia Carlos Guerra Villarreal
Distribuição Televisa Internacional
Roteirista(s) Marissa Garrido
Elenco
Tema de abertura "In Surge of"
por Attila Galamb
Empresa(s) produtora(s) Televisa San Ángel
Exibição
Emissora original Las Estrellas
Formato de exibição 480i (SDTV)
Formato de áudio Estéreo
Transmissão original 2 de outubro de 1991 – 17 de janeiro de 1992
Episódios 80
Cronologia
Programas relacionados Ha llegado una intrusa (1974)
Vida Roubada (1983–1984)

Vida robada (lit. Vida roubada) é uma telenovela mexicana transmitida pelo Las Estrellas em 1991, produzida por Carlos Sotomayor.[1] É uma refilmagem de Ha llegado una intrusa, produzida por Valentin Pimstein em 1974. Em 1983, o SBT produziu uma versão brasileira intitulada Vida Roubada, adaptada por Raimundo Lopez e estrelada por Suzy Camacho e Fausto Rocha.

Foi protagonizada por Erika Buenfil e Sergio Goyri, nos papéis antagônicos Cynthia Klitbo e Rosa María Bianchi e as participações estelares de Fernando Luján, Sonia Furió e Juan Carlos Colombo.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gabriela é uma boa e generosa mulher, que estuda em uma universidade sem saber quem pagou por sua educação, já que ela não tem família. Depois de uma série de circunstâncias decide substituir um colega de classe, Leticia, uma menina rica e ambiciosa, que depois de fugir nunca mais voltou para casa. Ela se move para "La Encina", a fazenda onde Leticia vive e descobre que ela era uma terrível filha e que sua família a despreza. Gabriela consegue conquistar o amor de Don Ramon, o pai de Letícia. Ele é casado com Irene, uma mulher bem mais jovem e que domina à vontade com seus caprichos. Irene odeia Gabriela Leticia, pois a considera um rival para a herança de Don Ramon. Gabriela se apaixona pelo engenheiro Carlos Medina, que é um funcionário de Don Ramon. Ele é um homem nobre, forte e determinado. Carlos se sente atraído por Gabriela, mas acreditando que ela é Leticia, tenta lutar contra seus sentimentos. Mas Gabriela o conquista e consegue se casar com ele. Neste ponto da história reaparece a verdadeira Leticia. Ela se apaixona por Carlos e consumida pelo ciúme, tenta separar o casal. Em seguida, Carlos sofre um terrível acidente ...

Em torno do casal outros personagens se desenvolvem: Rubén é um médico bom e honesto que se torna um rival de Carlos, porque ele ama sinceramente Gabriela. Sua irmã Nelly se apaixona por Carlos. Desesperada, ela se envolve com um homem casado e fica grávida.

Rosita é prima de Rúben e Nelly e se criou com eles porque ela era órfã . Ela está dividida entre o amor de dois homens: Jorge e Luis.

Gabino, que vive com Carlos, o quer como um irmão. Ele se apaixona pela verdadeira Leticia e ela se aproveita dele.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Vida robada» (em espanhol). alma-latina.net. Consultado em 23 de fevereiro de 2016. Cópia arquivada em 6 de junho de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]