Casa dos Artistas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Casa dos Artistas
Informação geral
Formato Talent show
País de origem  Brasil
Idioma original (em português)
Produção
Apresentador(es) Silvio Santos
Regina Volpato
Diego Becker
Exibição
Emissora de
televisão original
Brasil SBT
Transmissão original 28 de outubro de 2001 - 18 de outubro de 2004
N.º de temporadas 4
Cronologia
Programas relacionados Big Brother Brasil
A Fazenda

Casa dos Artistas foi uma série de talent show brasileira exibida pelo SBT entre 2001 e 2004, composto por um grupo de famosos disputando o prêmio principal. A primeira temporada rendeu a maior audiência da história do SBT.

Temporadas[editar | editar código-fonte]

Casa dos Artistas 1[editar | editar código-fonte]

Estreou no dia 28 de outubro de 2001,sem divulgação prévia (sem propagandas, chamadas ou qualquer tipo de informação do programa), e teve sua final exibida em 16 de dezembro de 2001.[1]

Participantes[editar | editar código-fonte]

Participante Profissão Resultado
Bárbara Paz Atriz e modelo Vencedora
em 16 de dezembro de 2001
Supla Cantor 2º lugar
em 16 de dezembro de 2001
Mari Alexandre Atriz e modelo 3º lugar
em 16 de dezembro de 2001
Patrícia Coelho Cantora e compositora 8ª eliminada
em 16 de dezembro de 2001
Alexandre Frota Ator 7º eliminado
em 16 de dezembro de 2001
Mateus Carrieri Ator 6º eliminado
em 9 de dezembro de 2001
Taiguara Nazareth Ator 5º eliminado
em 2 de dezembro de 2001
Nana Gouvêa Modelo 4ª eliminada
em 25 de novembro de 2001
Núbia Óliiver Modelo 3ª eliminada
em 18 de novembro de 2001
Marco Mastronelli Ator e modelo 2º eliminado
em 11 de novembro de 2001
Leandro Lehart Cantor e compositor Desistente
em 7 de novembro de 2001
Alessandra Scatena Assistente de palco 1ª eliminada
em 4 de novembro de 2001

Casa dos Artistas 2[editar | editar código-fonte]

Estreou no dia 17 de fevereiro de 2002, e teve sua final exibida em 19 de maio de 2002.[2]

Participantes[editar | editar código-fonte]

Participante Profissão Resultado
Rafael Vanucci Cantor e ator Vencedor
em 19 de maio de 2002
Ellen Roche Atriz, modelo
e cantora
2º lugar
em 19 de maio de 2002
André Gonçalves Ator 3º lugar
em 19 de maio de 2002
Joana Prado Modelo 11ª eliminada
em 19 de maio de 2002
Suzana Alves Modelo 10ª eliminada
em 19 de maio de 2002
Gustavo Mendonça Modelo e assistente de palco 9º eliminado
em 12 de maio de 2002
Ricardo Macchi Modelo e ator 8º eliminado
em 5 de maio de 2002
Syang Cantora 7ª eliminada
em 28 de abril de 2002
Vítor Belfort Lutador 6º eliminado
em 21 de abril de 2002
Cynthia Benini Jornalista e atriz 5ª eliminada
em 14 de abril de 2002
Analice Nicolau Modelo e jornalista 4ª eliminada
em 7 de abril de 2002
Mariana Kupfer Radialista e apresentadora 3ª eliminada
em 31 de março de 2002
Karina Alves Modelo 3ª eliminada
em 31 de março de 2002
Mário Velloso Cantor 2º eliminado
em 24 de março de 2002
Carola Scarpa Socialite Desistente
em 13 de março de 2002
Xis Rapper Desistente
em 11 de março de 2002
Lulo Scroback Cantor 1º eliminado
em 3 de março de 2002

Casa dos Artistas 3: Artistas e Fãs[editar | editar código-fonte]

A terceira temporada estreou no dia 2 de junho de 2002.[3] A edição trouxe uma mudança de formato: cada participante trazia um fã para competir no programa. Com final exibida em 28 de julho do mesmo ano, a competição terminou com a vitória do fã da personal trainer Solange Frazão, Sérgio Paiva, que ganhou 400 mil reais.[4]

Participantes[editar | editar código-fonte]

Participante Profissão Resultado
Sérgio Paiva Fã de Solange Frazão Vencedor
em 28 de julho de 2002
Bernardo Romero Fã de Luiza Ambiel 2º lugar
em 28 de julho de 2002
Flávio Mendonça Modelo 3º lugar
em 28 de julho de 2002
Solange Frazão Personal trainer 9ª eliminada
em 28 de julho de 2002
Luiza Ambiel Atriz e modelo 8ª eliminada
em 28 de julho de 2002
Flávia Cavalcanti Fã de Jorge Pontual 7ª eliminada
em 28 de julho de 2002
Jorge Pontual Ator 6º eliminado
em 28 de julho de 2002
Agnaldo Timóteo Cantor e político 5º eliminado
em 28 de julho de 2002
Adriane Garcia Fã de Flávio Mendonça 4ª eliminada
em 30 de junho de 2002
Marcelo Mathias Fã de Carola Scarpa 3º eliminado
em 23 de junho de 2002
Carola Scarpa Socialite 2ª eliminada
em 16 de junho de 2002
Silvana Santos Fã de Agnaldo Timóteo 1ª eliminada
em 9 de junho de 2002

Casa dos Artistas 4: Protagonistas de Novela[editar | editar código-fonte]

Estreou no dia 15 de agosto de 2004, e teve sua final exibida em 17 de outubro de 2004.[5] No programa, 14 aspirantes à atores ficaram confinados na Casa dos Artistas (que virou uma escola de dramaturgia) recebendo aulas de interpretação, canto e dança e sendo testados por grandes nomes da teledramaturgia Brasileira. O objetivo do programa era encontrar um protagonista para um telenovela do SBT. A cada semana os alunos recebiam aulas, ensaiavam uma esquete (pequena cena) e passavam pelos testes.

Participantes[editar | editar código-fonte]

Participante Resultado
Carol Hubner Vencedora
em 17 de outubro de 2004
Claudio Milebeu 2º lugar
em 17 de outubro de 2004
Eduardo Gonçalves 3º lugar
em 17 de outubro de 2004
Alexandre Carlomagno 11º eliminado
em 17 de outubro de 2004
Pedro Paulley 10º eliminado
em 17 de outubro de 2004
Michele Hille 9ª eliminada
em 11 de outubro de 2004
Cyda Baú 8ª eliminada
em 4 de outubro de 2004
Vanessa Pires 7ª eliminada
em 27 de setembro de 2004
Paola Rodrigues 6ª eliminada
em 20 de setembro de 2004
Alle Mañas 5º eliminado
em 13 de setembro de 2004
Leandro Marinho 4º eliminado
em 6 de setembro de 2004
Liz Vargas 3ª eliminada
em 30 de agosto de 2004
Bianca Soares 2ª eliminada
em 23 de agosto de 2004
Reginaldo Cruz 1º eliminado
em 16 de agosto de 2004

Audiência[editar | editar código-fonte]

A estréia do programa obteve média de 33 pontos, contra 25 pontos do Fantástico. Foi a primeira derrota do jornalístico dominical em 28 anos.[6] Por diversas vezes, ameaçou a audiência da novela O clone, chegando a superar algumas vezes.[7] Na grande final, o programa atingiu uma média de 47 pontos, com picos de 55, mantendo a liderança isolada. No mesmo horário, a Globo ficou com 18 pontos.[8]

A segunda edição do programa estreou com uma média de 42 pontos e picos de 50, alcançando a liderança absoluta. No mesmo horário, a Globo ficou com 23 pontos.[9] Aos domingos, o reality vencia o Fantástico, e até mesmo o Big Brother Brasil[10] [11] , porém nos dias da semana não ameaçava mais a novela global como antes.[12] Nas semanas finais, a audiência perdeu um pouco de força e no dia 12 de maio de 2002, o reality empatou com o Fantástico, com média de 29 pontos para os dois programas.[13] A grande final desta segunda edição obteve média de 40 pontos e picos de 50, inferior ao da edição passada. Mesmo assim, conseguiu a liderança no Ibope.[14]

A terceira edição estreou com uma média de 30 pontos, e desta vez não alcançou a liderança. No mesmo horário, a Globo ficou com 32 pontos.[15] Ao longo dos dias, o ibope desta edição em relação às outras caiu significativamente e já não era mais vista como ameaça.[16] Na grande final, o reality voltou a surpreender e marcou 33 pontos, com picos de 43 e venceu o confronto com o Fantástico. Esta foi a primeira vez, nesta edição, que o SBT conseguiu vencer a Globo.[17]

A quarta edição estreou com 18 pontos de média, com picos de 23.[18] Já a grande final, registrou 14 pontos de média e picos de 17.[19]

Fim do programa[editar | editar código-fonte]

Durante os anos em que a Casa dos Artistas esteve no ar, o programa ganhou grande polêmica e acusações pela imprensa de plágio de um modelo existente da Endemol (só a Rede Globo, exibiria em janeiro de 2002, o Big Brother Brasil, que tinha contrato com a Endemol). A Rede Globo entrou na Justiça do Estado de São Paulo para impedir a exibição do programa, que foi suspenso por dois dias, mas a Justiça deu ganho de causa ao SBT. Contudo, a Rede Globo recorreu. Nas noites de domingo de novembro e dezembro, enquanto era exibida a Casa dos Artistas, o SBT conquista pela primeira vez o primeiro lugar em audiência naquele horário, em enfrentamento com o programa Fantástico da Rede Globo. Com medo de novos processos e acusações de plágio, o SBT desiste de produzir o programa em 2004. Em março de 2015, o Superior Tribunal de Justiça considerou o programa como plágio do Big Brother Brasil e condenou o SBT a pagar uma multa em torno dos 18 milhões.[20]

Referências

  1. "SBT estréia "A casa dos Artistas"". Estadão. 29 de outubro de 2001. Consult. 4 de setembro de 2015. 
  2. ""Casa dos Artistas 2" estréia hoje". Estadão. 17 de fevereiro de 2002. Consult. 4 de setembro de 2015. 
  3. "Participantes de Casa dos Artistas 3 são definidos". Babado IG. 2 de junho de 2002. Consult. 4 de setembro de 2015. 
  4. "Fã de Solange Frazão vence a "Casa dos artistas 3"". Estadão. 29 de julho de 2002. Consult. 4 de setembro de 2015. 
  5. "Participantes da Casa dos Artistas já estão confinados". Virgula. 15 de agosto de 2004. Consult. 4 de setembro de 2015. 
  6. "SBT pega Globo de surpresa". O Globo. 30 de outubro de 2001. Consult. 4 de setembro de 2015. 
  7. ""Casa dos Artistas" bate "O Clone" pela primeira vez". Folha Ilustrada. 16 de novembro de 2001. Consult. 4 de setembro de 2015. 
  8. "SBT bate recorde de audiência com final de Casa dos Artistas". Terra. 17 de dezembro de 2001. Consult. 4 de setembro de 2015. 
  9. Daniel Castro (18 de fevereiro de 2002). ""Casa 2" estréia com vitória no Ibope". Folha de S.Paulo. Consult. 4 de setembro de 2015. 
  10. ""Casa dos Artistas" vence confronto com "Big Brother"; audiência migra". Folha Ilustrada. 11 de março de 2002. Consult. 4 de setembro de 2015. 
  11. ""Casa" vence, mas tem seu pior desempenho desde a estréia". Folha Ilustrada. 18 de março de 2002. Consult. 4 de setembro de 2015. 
  12. ""Casa dos Artistas" tem menos da metade do Ibope de "O Clone"". Folha Ilustrada. 19 de março de 2002. Consult. 4 de setembro de 2015. 
  13. ""Casa", do SBT, empata com "Fantástico" uma semana antes da final". Folha Ilustrada. 13 de maio de 2002. Consult. 4 de setembro de 2015. 
  14. "SBT vence Globo com final da Casa dos Artistas 2". Terra. 19 de maio de 2002. Consult. 4 de setembro de 2015. 
  15. "Na terceira versão da Casa dos Artistas, Silvio Santos mistura famosos com fãs e ainda inclui animais para levantar a audiência". Terra. 10 de junho de 2002. Consult. 4 de setembro de 2015. 
  16. Carla Meneghini (23 de junho de 2002). ""Casa dos Artistas 3" já não dá tanto Ibope". Folha Ilustrada. Consult. 4 de setembro de 2015. 
  17. "Com final da "Casa 3", SBT volta a bater "Fantástico" no ibope". Folha Ilustrada. 29 de julho de 2002. Consult. 4 de setembro de 2015. 
  18. "Mais de 3 milhões viram "Casa 4" só na Grande SP". Terra. 16 de agosto de 2004. Consult. 4 de setembro de 2015. 
  19. "Casa dos Artistas 4 chega ao fim com média de 14 pontos no Ibope". Area Vip. 17 de outubro de 2004. Consult. 4 de setembro de 2015. 
  20. ""Casa dos Artistas" é julgado como plágio e SBT perde ação milionária". Na Telinha. 25 de março de 2015. Consult. 4 de setembro de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.