Ricardo Macchi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Emblem-scales.svg
A neutralidade deste artigo ou se(c)ção foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão deste artigo.


Ricardo Macchi
Nome completo Ricardo Macchi
Nascimento 10 de abril de 1970 (49 anos)
Porto Alegre, RS, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Ator e Produtor

Ricardo Macchi (Porto Alegre, 10 de abril de 1970) é um ator e produtor cultural brasileiro.

Sindicalizado como artista em 1987. Fez seu primeiro comercial de televisão com 15 anos de idade. Trabalhou no mercado nacional e internacional, modelo da agência Italy Models Milão, fez diversas campanhas internacionais. Porém, alcançou fama nacional no papel de Igor na telenovela Explode Coração e no reality show Casa dos Artistas com Silvio Santos no SBT em 2002 onde conheceu a assistente de palco do Qual É a Música? em que engatou um namoro Ellen Roche. Em 2007/2008 fez parte do elenco do fenômeno de audiência Os Mutantes: Caminhos do Coração na RecordTV.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Estreou no teatro em 1991/1992 no musical Blue Jeans, dirigido por Wolf Maya, ganhador do prêmio Molière de melhor montagem. Participou da montagem de Hair em 1993, dirigido por Jorge Fernando. Em 1999/2000, participou da peça Deu Broadway na Cabeça, dirigida por Cininha de Paula.

Na televisão, estreou em 1995 como o protagonista da telenovela Explode Coração, de Glória Perez.[1][2]

A partir de 1996, passou a produzir, dirigir, roteirizar e apresentar documentários de responsabilidade social: Educação ambiental, visão sociológica, totalizando 33 títulos abordando temas como desenvolvimento sustentável, água - essência da vida, superaquecimento, qualidade do ar, populações ribeirinhas, tráfico de animais, biopirataria, Amazônia, áreas de proteção ambiental (APAs), Cidade de Deus, uma Visão Diferente (Projeto Grão), Anil Comunidade Padrão, A História do Complexo do Alemão , Deficientes Brasil 14.8%, Guia de Saúde Eletrônico entre outros. Estes documentários lhe valeram o Troféu JK[3] Categoria Empreendedor da Década pelos 14 anos de investimentos utilizando recursos próprios em documentários sobre responsabilidade social, em abril de 2010.

Em 2002, protagonizou a peça "Jeffrey - De Caso com a Vida", com direção de Gilberto Gawronski.

Em 2011, voltou ao horário nobre da rede Globo quando atuou em uma propaganda da FIAT, ao lado do ator estadunidense Dustin Hoffman.[4] [4][1]

Em maio de 2013 teve o nome de seu personagem colocado no texto da autora Maria Adelaide Amaral, de forma pejorativa, houve protesto do ator em sua página de uma rede social e repercutiu nos principais veículo de mídia em todas plataformas do Brasil, a autora voltou atrás no uso do personagem e modificou o texto retirando o personagem Igor de propriedade e responsabilidade da Rede Globo.


Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Ricardo Macchi namorou a atriz Ellen Rocche, ele citou o "trabalho e a amizade" como motivo do termino do relacionamento. Eles se separaram após oito anos de namoro.[3][5]

Política[editar | editar código-fonte]

Concorreu a uma vaga de deputado federal nas eleições no Rio Grande do Sul em 2014, pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) mas não obteve o número de votos necessários para a candidatura.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

No Cinema[editar | editar código-fonte]

  • 2011 - Surferssauros Tubarões de Copacabana - Thiago
  • 2015 - O Maníaco do Facebook - Tinder
  • 2017 - Os Parças - Borges

Teatro[editar | editar código-fonte]

  • 1991 - Blue Jeans, dir. Wolf Maya
  • 1992 - Blue Jeans, dir. Wolf Maya
  • 1993 - Hair, dir. Jorge Fernando
  • 1999 - Deu Broadway na Cabeça, dir. Cininha de Paula
  • 2002 - Jefrey, dir. Gilberto Grawonsck
  • 2013/2014 - Coisas que Porto Alegre Fala
  • 2018 - “Que Mundo É Este?” Ópera Rock

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Também participou da casa dos artistas no sbt

  1. a b Clara Passi (30 de janeiro de 2013). «Eterno cigano Igor, Ricardo Macchi quer fazer novela e conta por que foi 'esquecido'». O Globo. Patricia Kogut. Consultado em 04 de outubro de 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. «Ricardo Macchi cansou de rir de si mesmo». Folha de S.Paulo. F5. 25 de maio de 2013. Consultado em 04 de outubro de 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. a b Juliana Maselli (22 de maio de 2010). «Ricardo Macchi confirma separação de Ellen Roche, mas afirma: 'Nos amamos'». Globo.com. Ego. Consultado em 04 de outubro de 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  4. a b Priscila Bessa (31 de agosto de 2011). «Ricardo Macchi faz sucesso em comercial ao lado de Dustin Hoffman». iG. Consultado em 04 de outubro de 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  5. «Ellen Roche e Ricardo Macchi se separam». Meia Noite. 13 de maio de 2010. Consultado em 04 de outubro de 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)