Gera Samba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Gera Samba
Informação geral
Origem Salvador, Bahia
País  Brasil
Gênero(s) Pagode baiano
Período em atividade 1992 - atualmente
Gravadora(s) Polygram do Brasil
Afiliação(ões) É o Tchan
Integrantes Marinho Fersan - vocalista
Day Ferreira - vocalista
Ex-integrantes Beto Jamaica
Compadre Washington
Débora Brasil
Carla Perez
Jacaré
Cris Mel - vocalista
Washington - vocalista e banjo
Carlinhos - Guitarra
Alemão - Surdo
jacaré - rebolo
Eduardo - pandeiro
Gui - atabaque
Léo - percussão
Página oficial instagram.com/grupo_gerasambaoficial

O Gera Samba é um grupo brasileiro de pagode baiano, com uma música próxima ao samba de roda, surgido em Salvador, Bahia.

O conjunto obteve uma única premiação pela ABPD com o álbum de estúdio É o Tchan, que foi lançado em 1995 e certificado em 1996 com disco de platina duplo pelas mais de 500 mil cópias vendidas no país.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O grupo formou-se em 1992 com dez músicos. Passou por algumas transformações ao longo do tempo. No início, o Gera Samba mantinha um estilo frouxo de pagode tendo como uma de suas músicas mais famosas da época "A Cordinha".

Antes de estourar, o Gera Samba só se apresentavam em barzinhos e bailes populares em clubes de Salvador. Os músicos, que se conheceram na escola, tinham empregos paralelos para sobreviver.[2] O no início era formado só por homens mas, em 1994, colocaram duas dançarinas para fazer as performances.[3] Na época, o grupo era comandado pelos vocalistas Compadre Washington e Beto Jamaica.[4]

Mais tarde, o grupo teve que passar pelas primeiras transformações. Um delas é o fato de surgir uma nova manifestação de pagode, um estilo próprio da segunda geração do pagode, de grupos como Gera Samba tendo como a canção mais famosa "É o Tchan" de 1995. Neste ano, houve a primeira cisão do grupo. Dois músicos saíram do Gera e fundaram outro grupo, o Terra Samba.

Em 1996, o grupo foi a sensação do Carnaval de Salvador, com hits como "É o Tchan", "Paquerei", "Beco do Siri" e "Pega, Rex".[2]

Em 1997, ocorreu a segunda cisão. Parte do Gera Samba tornou-se um outro grupo de pagode, que devido ao sucesso do álbum de 1996, passou a se chamar É o Tchan!. Este às vezes mistura pagode e ritmos regionais inclusive a axé music, mas manteve o padrão sensual dos sambas-pagode de grupos famosos, como o seu antecessor Gera Samba. No mesmo ano, lançou o então novo hit "Swing de Rua" e o grupo apareceu em alguns programas de TV, mas que em 1998 fez muito sucesso na regravação de uma outra banda de swingueira chamado Patrulha do Samba.

Desde essa época até hoje, o Gera Samba não sofreu mais esses tipos de transformações. No entanto, em 2003 o restante do grupo decide voltar ao grande sucesso.

Em 2015, a banda comandada pelo vocalista Marinho Fersan, mais conhecido como “Furacão do Recôncavo”, apostou no samba de raiz.[5][6]

Em 2016, a banda passou a ser comandada pela vocalista Cris Mel.[4][7][8][9][10][11] A primeira música de trabalho era "Pole Dance".[12][13]

Em 2021, estreia a nova formação, pilotada pelos vocalistas Marinho Fersan e Day Ferreira, que lançam a música "É Verão Salvador".

Discografia[14][editar | editar código-fonte]

Notas e referências

  1. «CERTIFICADOS». Pro-Música Brasil. Consultado em 1 de fevereiro de 2023 
  2. a b «Folha de S.Paulo - Gera Samba comemora sucesso - 20/2/1996». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 1 de fevereiro de 2023 
  3. «Saiba tudo, inocente! Relembre as principais fases do É o Tchan, desde a época de Gera Samba». R7.com. 31 de maio de 2014. Consultado em 1 de fevereiro de 2023 
  4. a b «Vocalista do Gera Samba, Cris Mel ficou apreensiva ao assumir banda: 'Deu tudo certo' - Notícia - Bahia Notícias». www.bahianoticias.com.br. Consultado em 1 de fevereiro de 2023 
  5. «Com 23 anos de carreira, Gera Samba muda de ritmo e aposta em samba de raiz». R7.com. 23 de maio de 2015. Consultado em 1 de fevereiro de 2023 
  6. marrom, Publicado por. «Gerasamba volta com novo vocalista – Blog do Marrom». Consultado em 1 de fevereiro de 2023 
  7. BA, Do G1 (14 de maio de 2016). «É O Tchan faz participação na 1ª edição do ensaio do Gera Samba». Música na Bahia. Consultado em 1 de fevereiro de 2023 
  8. iBahia, Redação (5 de junho de 2016). «Cris Mel fala sobre a responsabilidade de comandar o Gera Samba». iBahia.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2023 
  9. Bahia, Redação Bem (4 de julho de 2016). «|Outra loira no pagode». Bem Bahia | Seu canal completo!. Consultado em 1 de fevereiro de 2023 
  10. «Nova formação da Gera Samba agita noite de samba na San Sebastian». Consultado em 1 de fevereiro de 2023 
  11. iBahia, Redação (9 de maio de 2016). «Primeiro ensaio do Gera Samba terá participações especiais». iBahia.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2023 
  12. «Cris Mel é a nova vocalista do Gera Samba». IGUAIMIX.COM \\\ Notícias de Iguaí e Sudoeste da Bahia. Consultado em 1 de fevereiro de 2023 
  13. marrom, Publicado por. «Gera Samba volta com cantora no comando – Blog do Marrom». Consultado em 1 de fevereiro de 2023 
  14. http://www.lastfm.com.br/music/Gera+Samba

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Flag of Brazil.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.